28 Nov 2021

Publicado em Editorial
Avalie este item
(0 votos)

São Caetano completa, nesta terça (28), 143 anos de gloriosa existência. O município, além de liderar o ranking das melhores cidades para se viver no Brasil, exibe índices invejáveis de desenvolvimento econômico, social e urbano. Também possui o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) mais alto do País, sendo 0,862. São Caetano é ainda, a cidade com o 48º maior PIB do Brasil.
O município possui cerca de 158.825 mil habitantes, de acordo com os últimos dados do IBGE. Possui 15.331 km², tem frota de 101,3 mil veículos, renda per capita de R$ 2.043,74 (0,891); longevidade: 78,2 anos (0,887) e índice de Educação de 0,811. No ranking de países, com esses números a cidade ficaria na 30ª posição, entre a Grécia e a Estônia. O valor do metro quadrado em São Caetano é de R$ 6.971 em média, segundo o FipeZap, também variando de acordo com os bairros.
Foi fundada em 28 de julho de 1877 por imigrantes italianos. No entanto, São Caetano escreve sua história desde 1553, quando João Ramalho fundou a Vila de Santo André, época em que os bandeirantes exploravam o território brasileiro em busca de riquezas naturais. Em 1671, surgiu a Fazenda de São Caetano, após Fernão Dias Paes Leme arrematar um sítio o doar aos padres locais. O local era ainda distrito de Santo André, quando em 1947, surgiu a Sociedade Amigos de São Caetano, para lutar pela independência política-administrativa. Com o passar dos anos, a área foi progredindo e foi então em 1877, que o Governo Imperial adquiriu a propriedade para fundação de um núcleo colonial. A cidade progrediu economicamente e em 1948 foi acrescentado o “do Sul” em seu nome para diferenciá-la da cidade de São Caetano, em Pernambuco.
São Caetano leva algumas vantagens em relação às demais cidades do ABC. Embora possua alguns cortiços espalhados pelas áreas periféricas, não possui favelas. Também exibe os menores índices de criminalidade da região e oferece excelente qualidade de vida aos seus moradores, com transporte público de bom nível, prestação de serviços de qualidade, eficiência no atendimento médico na rede pública e segue ostentando, brilhantemente, o título de cidade brasileira de primeiro do mundo.
Durante a pandemia, virou destaque no noticiário nacional, com ações e projetos no combate ao novo coronavírus. São Caetano se consagrou como um dos municípios brasileiros que mais realizou a testagem em massa contra a Covid-19, até mesmo em idosos, entre outras ações inovadoras, como testes em drive-thru e o Disque Coronavírus. Também foi a única cidade do ABC, por meio da Universidade de São Caetano do Sul (USCS), a ser credenciada para a testagem da vacina CoronaVac. Cerca de 600 voluntários da área de Saúde irão receber doses da vacina, já na próxima semana.
Na área política, está sob a administração de José Auricchio que já chega ao 12º ano como prefeito de São Caetano e, com isso, ganha vantagem, em relação aos adversários, pela experiência. Conhece a cidade na palma da mão. Também participou de grandes conquistas para o município, sendo as mais exitosas na área de Saúde, afinal, também é médico. Só no Complexo Hospitalar da cidade, no qual acompanha o desenvolvimento desde quando, em 1996, na gestão do prefeito Tortorello, foi diretor clínico do Hospital Márcia Braido; investiu em uma completa modernização. Além disso, tem demonstrado ser um grande articulador político regional. Nas últimas eleições, obteve a façanha de eleger um deputado estadual no município, mesmo sem a cidade ter quociente eleitoral para isso. Parabéns São Caetano! Nossos sinceros votos a essa cidade tão próspera!

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Mais nesta categoria: Volta às aulas? »

Main Menu

Main Menu