28 Nov 2021

Publicado em Editorial
Avalie este item
(0 votos)

Santo André completa 468 anos, nesta quinta (8). O nome do município teve origem na antiga vila de Santo André da Borda do Campo. A vila foi fundada por João Ramalho, que se casou com a índia Bartira "flor de árvore", em tupi, filha do cacique Tibiriçá, da tribo dos Guaianases. Em 8 de abril de 1553, o seu pedido de transformar a região em que vivia em Vila foi atendido pelo governador-geral Tomé de Sousa.
Em 1558, Ramalho passou a governar a vila como alcaide-mor. Em 1560, devido às rivalidades entre os padres jesuítas de Piratininga e o alcaide, além dos conflitos com os povos indígenas da Confederação dos Tamoios, o governador-geral Mem de Sá decidiu transferir a vila para os campos de Piratininga, onde, desde 1554, já se localizava o Colégio de São Paulo, erguido no atual Pátio do Colégio.
O povoado que viria a constituir a cidade de Santo André surge com a inauguração da estação de trem São Bernardo, da Estrada de Ferro Santos-Jundiaí, em 16 de fevereiro de 1867. Esta estação se situava na então Freguesia de São Bernardo, vinculada à cidade de São Paulo.
O nome "Santo André" ressurge em 1910, com a criação de um distrito às margens da São Paulo Railway ou Estrada de Ferro Santos-Jundiaí. Nesta época, a região constituía o bairro da Estação, do município de São Bernardo. E, por meio da Lei nº 1.222-A de 14/12/1910, foi criado o Distrito de Paz de Santo André, compreendendo o bairro da Estação.
Em 1938, o interventor federal Ademar de Barros determina, pelo Decreto nº 9.775 de 30/11/38, que o Distrito de Santo André passa a ser a sede do município, e não mais a vila de São Bernardo, o que se justificaria pela maior prosperidade do Distrito de Santo André, em virtude da proximidade com a ferrovia. O próprio nome do município é alterado para Santo André e a antiga sede municipal passa a ser considerada como o Distrito de São Bernardo, que posteriormente obtém sua autonomia, em 1944.
Atualmente, Santo André tem uma população estimada em 721.368 habitantes, em área de 175,782 km². É a 8ª cidade mais desenvolvida do Estado de São Paulo e a 15ª em todo o Brasil. É a 10ª maior economia do Estado e ocupa a 29ª posição no País, segundo dados do PNUD/ONU.
Este ano, é o segundo aniversário da cidade celebrado durante a pandemia do novo coro-navírus, porém, nesta data, a cidade passa pela fase mais crítica, com a taxa de ocupação dos leitos de UTI em 90% e 78% em enfermaria. Apesar disso, o prefeito Paulo Serra (PSDB), que foi reeleito, em outubro último, com 76,88% dos votos válidos, o que além de representar uma enorme aprovação dos andreenses, marcou a quebra de um ciclo que vinha se repetindo na cidade há 20 anos, pelo fato dos últimos prefeitos não terem conseguido se reeleger; afirmou, em entrevista exclusiva, que Santo André não colapsou, ou seja, não faltou atendimento para nenhum morador da cidade e que o município já aplicou 90% das vacinas que recebeu, segundo o prefeito, os 10% restantes são armazenados como reserva técnica para a vacinação não parar.
Apesar dos efeitos nefastos da crise sanitária na economia da cidade e na população, com mais de 1,5 mil famílias enlutadas, os moradores não podem perder a esperança para que venham dias melhores. Santo André, parabéns pelos 468 anos!

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Mais nesta categoria: Solidariedade para doar »

Main Menu

Main Menu