28 Nov 2021


As urnas e a sucessão municipal em 2012

Publicado em Editorial
Avalie este item
(0 votos)
Até o final de outubro, o ex-governador José Serra (PSDB) e a ex-ministra Dilma Rousseff (PT) prosseguem com a campanha eleitoral até a realização do segundo turno, no domingo (31).

Mas, o que interessa ao ABC é saber como foi o resultado dos candidatos locais nas urnas, principalmente em relação à sucessão municipal de 2012. Em Santo André e São Bernardo, os atuais prefeitos são candidatos à reeleição e, em São Caetano, o prefeito Auricchio, que exerce o segundo mandato, não poderá se candidatar.

Em Santo André, o prefeito Aidan Ravin (PTB), obviamente, vai disputar a reeleição e para isso pautou sua atuação no comando da atual administração com o objetivo de reelegerse. No entanto, é necessário conduzir o trabalho da máquina administrativa em benefício dos moradores. E Aidan cumpre esse trabalho com muita dedicação e para cativar ainda mais os moradores, nos eventos beneficentes realizados na cidade, mostra o seu lado brincalhão que cativa todos os presentes. Nos votos dos candidatos a deputado, os que conseguiram boa votação foram candidatos de fora. Entre os vereadores locais que disputaram o pleito, o que se destacou mais foi Gilberto do Primavera (PTB) com 12,7 mil votos para deputado estadual e Vanderlei Siraque (PT), para federal, com 66,5 mil votos conquistados somente na cidade. Com isso, Siraque se pontifica com potencial para disputar a prefeitura pelo PT em 2012. Resta saber se Miriam Belchior, ex-esposa de Celso Daniel, assessora e amiga da candidata Dilma, vai deixar de lado sua pretensão se candidatar a prefeita de Santo André.

Em São Bernardo, o prefeito Luiz Marinho, neste pleito, deixou sua vontade de se candidatar ao governo estadual para se reeleger prefeito em 2012. Seus auxiliares, a exemplo do que aconteceu em Santo André na reeleição do ex-prefeito Avamileno em 2004, estimularam vários vereadores, políticos e filhos de políticos a se candidatarem a deputados nestas eleições com a finalidade de prejudicar a votação de dois adversários: ex-prefeito William Dib (PSDB), que se elegeu para federal, com 50,6 mil votos conquistados na cidade e o deputado Orlando Morando (PSDB), reeleito para estadual, com 63,0 mil votos somente em São Bernardo. Assim, se Dib e Morando entrarem em acordo, um dos dois pode enfrentar o Paço em condições de ganhar a eleição para prefeito em 2012. Outro candidato com potencial para disputar a prefeitura, ainda aliado ao prefeito Luiz Marinho, é o deputado Alex Manente, reeleito (PPS), e que obteve na cidade 68,1 mil votos. Resta saber se união entre o deputado Manente e o prefeito Marinho vai permanecer até 2012. Outros com boa votação na cidade foram os deputados Vicentinho (PT), reeleito, com 56,7 mil votos e Ana do Carmo (PT), com 54,0 mil votos.

Em São Caetano, o prefeito Auricchio (PTB) testou a sua força eleitoral ao apoiar dois candidatos da região a deputados federal e estadual. Para federal, apoiou o ex-prefeito de São Bernardo, William Dib, que obteve na cidade 9,6 mil votos e para estadual, o deputado Alex Manente, que conseguiu 10,0 mil votos. No entanto, o poder de força eleitoral do prefeito foi desafiado por vereadores locais que apoiaram o deputado Orlando Morando, que atingiu a 8,9 mil votos, perdendo por pouco para Manente e Dib. Quer dizer, os vereadores que apoiaram Morando mostraram assim que possuem votos suficientes para apoiar uma candidatura contra o ungido a ser escolhido pelo prefeito em 2012.

Última modificação em Sexta, 29 Outubro 2010 19:53
Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Main Menu

Main Menu