21 Jan 2022


Natal, trégua para reflexão

Publicado em Editorial
Avalie este item
(0 votos)

Natal, trégua para reflexão

É dezembro. De repente, surgem as pequenas luzinhas douradas envolvendo as árvores das calçadas, as decorações natalinas da cidade penduradas nos postes, os piscas-piscas coloridos, as árvores de Natal nas portas dos prédios, das lojas, dos shoppings e os imensos papais noéis colocados nas fachadas das casas. Os prédios, as casas, as calçadas, os shoppings e os prédios públicos ficam todos enfeitados nesta época do ano. Essa iluminação moderna e maravilhosa que, a cada ano, se moderniza e se modifica para melhor, evidentemente, serve para anunciar a aproximação do Natal. Antes era um ou outro imóvel que se iluminava para a chegada do Natal. Agora, parece que todos se conscientizaram de que o Natal precisa cada vez mais ser iluminado.

Com isso, as luzes do Natal mostram o outro lado das pessoas no seu dia-a-dia: mais abertas ao diálogo, à confraternização e também decididas a dar um pouco mais de amor ao próximo. Mesmo com todos os tipos de dificuldades, o trabalhador brasileiro, antes de tudo, um sofredor, mostra o seu lado humano neste período do ano. Na TV, no entanto, há outro Natal. Os filmes de propaganda oferecem mil sugestões para mexer com o lado consumista de cada um. O bom é que isso faz muito bem danado à economia do país.
O Natal é uma trégua para a reflexão. É tempo de buscar a paz interior, da harmonia, entendimento, confraternização, reconciliação e de todos os preceitos oriundos do Cristianismo. É o dia de aniversário de Jesus Cristo, que criou uma religião, ou filosofia de vida, denominada de Cristianismo. O dia 25 de dezembro é consagrado à lembrança de que Jesus Cristo viveu entre nós. Sofreu e morreu na cruz, deixando um legado de princípios éticos e morais que, se fossem seguidos à risca, tornariam a vida mais feliz. O Natal, por esse motivo, é dedicado à reflexão, a análise de nosso comportamento, de nossa vida e das coisas que passam à nossa volta. O dia de Natal deve ser marcado pela prática do bem e pela oração. Não é apenas uma questão religiosa, mas um período importante para meditar, refletir, analisar à luz dos ensinamentos deixados por Jesus Cristo. Se todos fizessem isso, pelo menos uma vez por ano, o mundo seria um lugar bem melhor para se viver.
Mas, o que destoa de tudo isso é a maioria dos políticos brasileiros, que agem sem ética,  sem moral e sem honestidade em um cargo público, pois foram escolhidos pelos eleitores (povo). Ocupam os cargos públicos apenas para tirar vantagem para si e que nada faz em benefício dos que os elegeram. Neste atual governo federal, sete ministros já deixaram seus cargos por corrupção, tráfico de influência, enriquecimento ilícito em poucos anos, etc. Esse amora-lismo político só pode levar à corrupção.
Ainda bem que o Natal é mais importante que isso. A trégua é mais que necessária e, assim, as coisas ruins devem ser deixadas de lado. Nada mais justo. Desse jeito, podemos comemorar e homenagear Jesus Cristo no dia de seu aniversário.

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Main Menu

Main Menu