17 Jan 2019

Publicado em GUILHERME LAZZARINI
Lido 74 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Trabalhadores que são registrados sob a Lei das Consolidações Trabalhistas e ganham 10 mil reais por mês são poucos. Cargos como diretor de marketing de multinacionais, engenheiros de grandes empresas e posições que requer grandes cobranças e responsabilidades dentro das corporações conseguem ser registrados com esse valor.
Logo se você ganha dez mil reais, o governo te tira 27,5% de impostos como FGTS, INSS, INPS, PIS, COFINS, e então você fia com 7.250. Porém, você custa para empresa os dez mil que você recebe mais outros dez mil só de imposto que a empresa tem que pagar sobre você enquanto colaborador registrado. Você está custando 20 mil reais para empresa, seu salário é dez mil, mas o governo te come r$ 2.750. Vamos arredondar para 2.700.
Daí você tem 7,2 mil para gastar correto? Errado! Você precisa pagar contas, fazer despesa, pôr gasolina no carro, a lista é grande..., portanto vamos tirar 50% desse valor já que todos os produtos e serviços consumidos têm impostos sobre eles. Uma simples garrafa de água, por exemplo é taxada em 70% sobre seu preço,  e assim segue o governo comendo nosso dinheiro, grana essa que até pode ser devolvida na declaração de imposto anual, porém com um valor irrisório se comparado ao que pagamos de imposto sobre todos os produtos que consumimos.
Assim, dos 7,2 mil que você recebe, só ficará com R$ 3.625, e a empresa gasta 20 mil reais contigo, ou seja quase 85% do que você custa é imposto. E pra você sobra 15%: muito prazer, sou o Escravo do Estado! Tudo isso para que você tenha um sistema educacional falho, transporte público que deixa a desejar, hospitais que não prestam e todos os outros serviços pífios governamentais. Com esse valor, entretanto, você vai pagar escola para os filhos, convênio médico para não apodrecer na fila do INSS dentre outras belezas.
O show não pode para, então o espetáculo segue quando percebemos que políticos vão para o Sírio Libanês , Albert Einstein, andam de helicóptero, têm apartamentos funcionais luxuosos e é tudo você que paga - veja como eles apenas fazem as leis aos seus próprios interesses roubando dinheiro honesto do trabalhador.
Para que possamos tropeçar no mínimo de felicidade um país tem que oferecer Liberdade e Segurança. Brasil pode ser um país ‘livre’ para se expressar, embora estejamos presos a um sistema corrupto; e, sim, devemos ficar preocupado ao sairmos pelas ruas. Não tem como ser feliz num país como esse. Os políticos cavam a própria cova no quesito segurança, pois eles soltam os presos em épocas comemorativas, mas andam com equipe de guarda-costas: O país não oferece segurança, não importa a classe econômica.
Aí a pessoa fala: ‘Pô, mas você quer sair do Brasil? Não é melhor ficar e lutar para transformar isso num lugar melhor para se viver? Bem, uma coisa é batalhar por algo que sabemos que podemos conquistar, outra coisa é ser ingênuo e achar que vai dar certo: Brasil, país da ‘desesperança’. Não sou adepto de uma política paternalista do tipo ‘hoje é você quem manda, falou tá falado!’ mas respeito quem acredita que ‘amanhã será outro dia’ na luta por um Brasil melhor, pois os políticos desde a era Médici até hoje ‘inventam o pecado, mas esquecem de inventar o perdão’.

 

“O importante não é vencer todos o os dias, mas lutar sempre” - autor desconhecido

 

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Website.: www.folhadoabc.com.br/media/k2/users/anos.png
Mais nesta categoria: Um país improvável »

Deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated.Basic HTML code is allowed.

Destaques

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu