19 Jun 2019

Publicado em GUILHERME LAZZARINI
Lido 306 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Você é mãe. Pega o carro, chega atrasada na empresa e, antes que possa dar bom dia, ouve uma bronca do chefe. As pessoas naquele local sequer olham uns aos outros, a vida toma proporções complicadas, você começa a se estressar e sente sua saúde indo para o ralo.
A semana tem sido um porre. Quando acha um tempo vago em sua estreita  agenda você tenta visitar o médico, terapeuta, psiquiatra a fim de saber por que o mundo está indo na contramão. Os filhos não os vê, pois para garantir o pão nosso-de-cada-dia, sua jornada começa antes de eles acordarem e você vai pra cama quando já estão dormindo.
Aí vem o domingo, uma tarde ensolarada e vai fazer o quê? Aproveitar seus filhos... Errado! Você vai querer descansar e dormir profundamente sem saber de nada. Só quer respirar o que não respirou a semana toda, relaxar o que não relaxou durante seis dias. Você não está nem aí para cavalinho, pula-pula, amarelinha, futebol, video-game. Ao contrário. Desejaria que estivesse sozinha num campo cheio de flores sentindo o ar puro da natureza ao som do silêncio, sem falar com ninguém, mas a realidade dá murros na cara dos sonhos.
E, por falar em flores, quando você leva sua filha à escola a pé, a menina quer parar no meio do caminho para apanhar rosas e margaridas. 'Flores, menina? que flores o quê... deixa disso e anda logo que estou com pressa, não percebe?' Dias vão, dias vêm, e você não realiza que seus filhos estão crescendo ao mesmo tempo em que almeja galgar degraus na empresa, a fim de comprar sua casa e trocar seu carro: coisas supérfluas para o amor que os filhos querem te oferecer - do jeito deles, claro.
Agenda lotada, notificações eletrônicas, toques de celular, está difícil esquecer isso. E, justamente naquele dia quando você está para sair de casa e com pressa a fim de levar seu filho menor na natação, ele revira a dispensa na busca de saborear um gostoso chocolate. O verbo saborear, aliás, há muito, já foi abolido de seu vocabulário: só resta um gosto amargo, (e por opção sua!). Dentro do carro, já na garagem, seu caçula insiste em investir um bom tempo a fim de prender o ursinho no cinto de segurança. 'Vamos logo com isso menino, senão chegaremos atrasados'. 'Atrasado',  esse sim, é um vocábulo onipresente no seu dicionário.
Hoje, seu filho pula de alegria quando você chega esgotada do trabalho, mas o que você quer é um travesseiro sob sua cabeça. Hoje seu filho pede pra ler um livro; amanhã as páginas estarão viradas e ele vai dar atenção aos amigos. Tempo para brincar com os filhos, ler uma historia, ajudá-los na lição, nunca poderá ser menos importante do que o seu chefe.
Hoje, você reflete sobre isso, mas agora seus filhos te esqueceram, pois eles já estão crescidos!

 

“Beleza exterior é como água: exposta ao sol, evapora!” - autor desconhecido.

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Website.: www.folhadoabc.com.br/media/k2/users/anos.png

Deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated.Basic HTML code is allowed.

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu