26 May 2020

Publicado em GUILHERME LAZZARINI
Lido 117 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Existem pais espirituosos que, quando num despretensioso passeio pelo campo, ele apanha uma flor, a assopra e - o leve voar das pétalas - faz com que uma criança dê a mais pura das risadas, e é a melhor gargalhada já registrada, pois saiu do coração sincero de um pequeno de dois anos, seu filho. Existem pais práticos que com um simples aquecedor de cabelo conseguem fazer os mais belos dos rabos-de-cavalo. Há os pais bobos que, para divertir um filho de oito meses, começam a gesticular um monte de mímicas sem sentido, além de incompreensivas coreografias, cujo resultado é amorosamente eficiente. Pais que sabem tirar proveito de um sábado a noite e colocam a filha de três anos e meio sobre a pia de mármore do banheiro e iniciam uma dança improvisada diante do espelho; pais carinhosos, que não param de beijar a careca do filho de três meses ou até mesmo que não param de apertar as bochechas gordas; pais nerds que gostam de ensinar de tudo um pouco até mesmo artes-marciais.
Todo pai é um herói – pelo menos para os filhos! Imagina que seu filho adolescente está sentado num skate a descer uma ribanceira e lá embaixo sua caçula está no meio do caminho, mas, você, O pai, a salva no instante em que o carrinho poderia chocar-se a ela. Há uma festa em sua casa e seu filho de oito anos vem trazendo o bolo, ele anda da cozinha até a sala, tropeça e o bolo voa das mãos, porém, antes mesmo de tocar o chão, você, O pai, salva o bolo no ar.
Há o pai aventureiro que, ao esquiar na neve, segura seu filho junto ao seu esqui e o mantém numa posição em que o pequeno consegue abrir os braços e sentir a verdadeira sensação de voar; ou o pai que surfa numa prancha bem grande e, na onda, mantém o filho no equilíbrio da vida. Há o pai companheiro que, em um berço de 1,65m de comprimento, se encolhe todo só para, em seu peito acolhedor, cochilar junto ao seu bebê. E há os pais simples que não têm medo de trocar uma, três, ou dez fraldas por dia só por causa de um mero cheiro ruim.
Os meus filhos têm 12 e 11 (gêmeos), e confesso que não tenho aproveitado as crianças como eu gostaria por motivos de força profissional.Nós não conseguimos ser todos os pais do mundo, tampouco não é o tipo de pai mais legal ou mais bonito que fará a alegria de seus filhos; e sim o tipo de pai que o seu coração escolhe ser, pois serão eles que farão desse mundo um lugar me-lhor para viver – e você será o eterno responsável, independente do resultado.

“Ser filho é agradecer todos os dias a oportunidade de ter um pai” – autor desconhecido.

 

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Mais nesta categoria: Iniciativa »

Deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated.Basic HTML code is allowed.

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu