21 Mar 2019

Publicado em MIRANTE
Avalie este item
(0 votos)

Aumento do STF
Segundo levantamento do Paraná Pesquisas, 89,4% dos brasileiros não consideram justo o reajuste de 16,38% nos salários dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal). Apenas 8,1% dos entrevistados afirmou que o reajuste foi correto e 2,5% não responderam. O levantamento ainda perguntou se o momento da votação no Senado foi o mais adequado. Dentre os entrevistados, 91,1% afirmaram que os senadores deveriam ter esperado o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) assumir para votar o acréscimo.

Candidato
Apesar de ter dito que não iria opinar na disputa pela presidência da Câmara dos Deputados, o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), se reuniu, na segunda (12), com o deputado federal reeleito João Henrique Caldas, conhecido como JHC, do PSB de Alagoas, que é candidato.  

Emblemático
Na última semana, o futuro ministro da Justiça, Sergio Moro, concedeu entrevista exclusiva ao Fantástico, enquanto que o deputado federal mais votado de São Paulo, Eduardo Bolsonaro (PSL), concedeu exclusiva ao jornal O Estado de S.Paulo.  Após as duas entrevistas, ficou sugerido, algumas diferenças na Agenda de Segurança, de combate a corrupção e na área de Justiça, entre o futuro ministro, Moro, que terá amplos poderes anunciados por Jair Bolsonaro e o núcleo duro do bolsonarismo, representado pelo filho Eduardo.

Diferença
Moro não é favor de algumas medidas defendidas por Eduardo, como o enquadramento do MST como grupo terrorista; o excludente de ilicitude (quando policiais em ação terão excluída a pena, caso reajam em ação) e a redução de maioridade penal. O futuro ministro defende as audiências de custódia e os mutirões para combater o encarceramento em massa.

Replay
Mesmo antes do depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à juíza federal substituta, Gabriela Hardt, o núcleo petista já afirmava e repetia que Lula teria sido eleito no primeiro turno e que Sergio Moro condenou Lula para eleger Jair Bolsonaro (PSL).  Na quarta (14), Lula afirmou: “vocês até já conseguiram me tirar do processo eleitoral. Porque sabiam que se eu fosse candidato eu ganhava no primeiro turno”.

Panela
O ex-presidente Lula, em sua primeira audiência, com a juíza Gabriela Hardt, disse: “não sei se a senhora é casada, mas seu marido entende pouco de cozinha como eu. Não discuto cozinha”, disse Lula. E ouviu da juíza:  “sou divorciada e não discuto nada de cozinha’”.
 
Desempenho
Os advogados de Lula comemoram o desempenho do petista no depoimento. Segundo defesa, a acusação abandonou a tese de que o ex-presidente é proprietário, para adotar discurso de que ele se beneficiou da reforma.

Brasília
O governador eleito João Doria (PSDB) esteve em Brasília, na quarta (14), onde participou do Fórum de Governadores, junto a outros governadores eleitos de 20 Estados. O encontro contou com a participação do próximo presidente, Jair Bolsonaro (PSL).

Professor
O ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB) voltará a lecionar. Os cursos escolhidos são Medicina e Gestão Pública, na Universidade Nove de Julho (Uninove), em Mauá.

Incinerada
A Delegacia Seccional de Santo André incinerou mais de uma tonelada de drogas, apreendidas ao longo de seis meses nas cidades de Santo André, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra. A queima das drogas apreendidas ocorreu em Cosmópolis, no interior de São Paulo.

Afastamento
Não foram só os prefeitos Orlando Morando, São Bernardo e Paulo Serra, Santo André, que se afastaram do Executivo por alguns dias. Muitos funcionários públicos estão de férias pós-campanha.

Sobe
O prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), elevou a fatia reservada para emendas parlamentares no Orçamento de 2019 ao teto de R$ 400 mil por gabinete. O montante irá equivaler a R$ 8,4 milhões em indicações, contando os 21 vereadores.

Desce
Apesar disso, alguns pagamentos a fornecedores e prestadores de serviços continuam atrasados, alguns originários da gestão anterior, que foram parcelados a perder de vista, pela nova gestão; outros, que foram gerados no governo Paulo Serra e também acumulam meses de atraso.

Sem médicos
O ABC deverá perder 81 profissionais que atuam no Programa Mais Médicos, após o governo de Cuba anunciar a suspensão do atendimento. Das sete cidades, apenas São Caetano não conta com médicos do programa. Os profissionais prestavam atendimento na área de Atenção Básica, em UBSs e em programas de Saúde da Família.

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Website.: www.folhadoabc.com.br/media/k2/users/anos.png
Mais nesta categoria: 24 de Novembro de 2018 »

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu