17 Jan 2019

Publicado em MIRANTE
Avalie este item
(0 votos)

Reeleição

O presidente nacional do PSL, Luciano Bivar, decidiu apoiar a reeleição do deputado federal Rodrigo Maia (DEM) à presidência da Câmara dos Deputados. O DEM comemora. A deputada federal eleita Joice Hasselmann (PSL), também comemorou o anúncio do apoio do partido dela à reeleição de Maia. Porém, criticado por um internauta, no Twitter, rebateu: “qual seria a opção? Afundar o governo? Não ter bloco pra aprovar nada? Fazer beicinho de criança birrenta e prejudicar milhões de brasileiros por isso? Brincar de Polianas? Ora, me poupe! Vamos pensar minha gente”.

 

Presentes

Apenas dois ex-presidentes e suas respectivas esposas estiveram na primeira fila das cadeiras para convidados no Salão Nobre do Palácio do Planalto, sede do Executivo, onde aconteceu parte das solenidades da posse do presidente Jair Bolsonaro, José Sarney (MDB), que deixou o Senado em 2015, mas, continua bastante atuante nas decisões de seu partido e o senador Fernando Collor (PTC). Segundo o Itamaraty todos os ex-presidentes foram convidados para a posse, menos Lula, que está preso.

 

Ausentes

Dilma Roussef (PT) e Fernando Henrique Cardoso (PSDB), ex-presidentes, não compareceram a posse.  Renan Calheiros (MDB), candidato à presidência do Senado, também não participou da sessão solene.

 

13º

Durante a campanha, Jair Bolsonaro (PSL), durante live no Facebook, afirmou que não só não acabaria com o 13º salário, mas, prolongaria o benefício para quem recebe Bolsa Família. Então, na quarta (2), logo após assumir o Ministério da Cidadania, Osmar Terra disse que irá cumprir a promessa de Bolsonaro e pagar um 13º no Bolsa Família. “Temos que fazer avançar o que já foi feito na área do Bolsa Família, juntar mais com a área do trabalho e renda. Vai ter o décimo-terceiro do Bolsa Família. O presidente prometeu e nós vamos cumprir. É claro que vamos precisar de mais Orçamento também, vamos discutir Orçamento”, disse durante seu discurso.

 

Destaque

Na posse do presidente Jair Bolsonaro, sua esposa e primeira-dama Michelle roubou a cena, com belíssimo discurso em Libras (Língua Brasileira de Sinais), no parlatório do Palácio do Planalto. A primeira-dama quebrou protocolo e discursou antes do marido em solenidade de posse. Enquanto Michele discursou em Libras, uma intérprete leu o texto do pronunciamento. As duas se emocionaram e choraram durante a cerimônia. Michelle disse que a comunidade surda e as pessoas com deficiência serão valorizadas.

Destaque I

As palavras de Michelle Bolsonaro, lidas por uma intérprete, emocionaram a todos: “gostaria de modo muito especial de dirigir-me à comunidade surda, às pessoas com deficiência e a todos aqueles que se sentem esquecidos: vocês serão valorizados e terão seus direitos respeitados. Tenho esse chamado no meu coração e desejo contribuir na promoção do ser humano”, disse.

 

Terceirizados

Ocupantes de cargos terceirizados na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, foram dispensados, na terça (2), primeiro dia útil do governo de Jair Bolsonaro, assim que chegaram ao trabalho. E segundo o jornal Correio Braziliense, ainda haverá mais enxugamento, nas próximas semanas. Os terceirizados, em sua maioria, trabalham em áreas como limpeza, secretarias, manutenção, prevenção, transporte e vigilância. O motivo para o corte é suspeita de contratos irregulares, com excesso de aditivos.

 

Benção

O Núncio Apostólico do Equador, Dom Andrés Carrascosa, representou o Papa Francisco, na posse do presidente Jair Bolsonaro, na terça (1). Dom Andrés transmitiu as congratulações do Papa ao novo presidente do Brasil. Em carta assinada pelo secretário de Estado do Vaticano, cardeal Pietro Parolin, o Papa Francisco nomeou Dom Andrés como legado pontifício. O legado é um representante do Papa perante as Igrejas Particulares ou perante o governo de um Estado, sempre enviado para uma missão extraordinária em nome do Pontífice.

 

Mensagem

De acordo com a carta escrita em latim, datada 20 de dezembro, o Sumo Pontífice parabeniza e envia sua benção ao recém empossado presidente da República Federativa do Brasil. A mesma benção se estende a todo o povo brasileiro.

 

Criminosos

Sergio Moro, em seu discurso de posse como ministro da Justiça, na quarta (2), afirmou: “O Brasil não será um porto seguro para criminosos e jamais, novamente, negará cooperação a quem solicitar por motivos político partidários” e ainda defendeu a prisão de condenados na segunda instância: “ (...) no processo criminal, a regra deve ser a da execução da condenação criminal após o julgamento da segunda instância  (...) Processo sem fim é justiça nenhuma.”

 

Presença

Dos prefeitos do ABC, o único que compareceu a posse do novo governador de São Paulo, João Doria, foi o prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, acompanhado da primeira-dama e deputada estadual eleita, Carla.

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Website.: www.folhadoabc.com.br/media/k2/users/anos.png
Mais nesta categoria: 12 de Janeiro de 2019 »

Destaques

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu