16 Oct 2018

Publicado em MIRANTE
Avalie este item
(0 votos)

Haja grana
Quem acompanha o noticiário de Brasília pelos jornais sobre o Caso Cachoeira faz, para si mesmo, a seguinte pergunta: como é que o contraventor faz para atender a tantos pedidos de dinheiro? Um deputado pediu R$ 150 mil para pagar as despesas do time de futebol de seu filho que iria disputar alguns jogos nos Estados. O senador Demóstenes um dia pede R$ 1 milhão e na outra semana solicita a compra de uma caixa de vinho do qual cada garrafa custa mais de R$ 40 mil. Outros pedem dinheiro para campanha política,etc. Talvez, seria interessante colocar Cachoeira para comandar a Casa da Moeda, não?

De bengala
Os jornais paulistanos e os noticiários de TV mostraram o ex-presidente Lula, na quinta (3), andando com o apoio de uma bengala ao participar de um seminário sobre a África organizado pelo BNDES, no Rio. Foi sua segunda aparição pública. Falando aos presentes, segundo a mídia, “leu um texto para evitar improvisar para não se estender. Deu ainda pequenos sinais de cansaço e parou algumas vezes para beber água”.

Pedágio
Virou moda agora nos meios políticos a solicitação de pedágio mensal para quem recebe uma benesse por parte de quem está no poder, quer seja um emprego público ou  alguém interessado em se  candidatar a prefeito ou conseguir vaga para ser candidato a vereador e por aí vai. Anos atrás, os meios políticos diziam que uma indicação para disputar eleição para chefia do Executivo, com apoio de quem está no poder, chegava a R$ 300 mil por mês, desde que fosse eleito. Também anos atrás, surgiu o pedágio para quem pretendia ser indicado para o cargo de secretário municipal com a recomendação de que seria “dono do pedaço”. Enfim, o pedágio corre solto no mundo político. Esses comentários surgem nos meios políticos locais sem que sejam dados nomes aos bois.

Candidato
Um grupo de empresários de Santo André, unido em torno de um nome com credibilidade, quer emplacá-lo como candidato a vice-prefeito em uma das chapas que vai disputar as eleições neste ano.

Mídia
O prefeito Ravin atravessa um inferno astral. Diariamente, a mídia coloca-o na manchete de primeira página sobre o caso Semasa. Haja força para agüentar tudo e não desanimar.

Reunião
O pré-candidato a prefeito pelo PT, Carlos Grana, que apareceu sorridente na comemoração de Primeiro de Maio, em São Bernardo, já começa a marcar encontros com entidades classistas de Santo André que representam profissões liberais. Nesta segunda, às 8h, estará em uma delas para conversar com os associados da entidade.

Inauguração
O prefeito Luiz Marinho, São Bernardo, começa a realizar (apressar) as inaugurações das obras que estão sendo feitas na cidade, pois as eleições estão aí. Segundo informações, Marinho pretende reabrir de vez a Avenida Lions, em Rudge Ramos, no próximo sábado (12). Aliás, o trabalho realizado nessa avenida, evidentemente, pela demora, deve ter tirado o sono de Marinho por várias semanas. Diariamente, o engarrafamento de veículos por lá era enorme.

Contatos
Com a pré-candidatura para prefeito decidida, o deputado Alex Manente (PPS) começou a realizar contatos com outros partidos e também com lideranças em bairros da cidade. Também procura ampliar a sua equipe que vai trabalhar na campanha  eleitoral, que será longa. Repercute ainda na cidade o Encontro Partidário, na Associação dos Funcionários Públicos local, onde duas dezenas de políticos de renome prestigiaram o evento.

Quem será?
Aumenta a disputa entre os interessados em ser companheiro de chapa do prefeito Marinho, que vai disputar a reeleição em outubro deste ano. Todos os partidos aliados querem indicar o vice, bem como o diretório municipal quer “chapa pura”, o prefeito e o vice do PT. Por outro lado, meios políticos locais, nas conversas reservadas, revelam que aumentou a chance do vereador Tunico Vieira (PMDB) ser o vice do Marinho. Dizem até que houve conversa entre o vice-presidente Michel Temer e o prefeito Marinho.

Preferência
Um jornal local publicou o resultado de pesquisa realizada em São Caetano, devidamente registrada na Justiça Eleitoral. Na pesquisa espontânea, Regina Maura (PTB) tem 21% contra 15% do vereador Paulo Pinheiro (PMDB). No levantamento com os nomes dos candidatos, Pinheiro obteve36% contra 34% de Regina Maura. O candidato do PT, Edgard Nóbrega, 6% e Eder Xavier (PCdoB), 2%. O jornal, que publicou a pesquisa, na hora de colocar a manchete sobre o assunto, deu preferência para a pesquisa espontânea, na qual a candidata do prefeito estava na frente.

Na Justiça
O Partido Comunista do Brasil (PCdoB), diretório de São Caetano, entrou na Justiça Eleitoral da cidade, por meio do Processo nº 14-04.2012.6.26.0269, para fazer uma representação eleitoral (1404/2012) contra a pré-candidata Regina Maura (PTB) e as seguintes publicações: ABC Repórter, Jornal de São Caetano, Diário do Grande ABC, Folha de São Caetano, Folha do ABC, ABCNews e Tribuna do ABCD. O motivo: “prática de condutas que caracterizam propaganda eleitoral antecipada, abuso de poder político e abuso de poder econômico, ferindo e desequilibrando o princípio da isonomia eleitoral”.

Disputa
Meios políticos de São Caetano revelam que cresce a disputa para ser candidato a vice-prefeito na chapa encabeçada por Regina Maura.

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Website.: www.folhadoabc.com.br/media/k2/users/anos.png
Mais nesta categoria: 28 DE ABRIL DE 2012 »

Destaques

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu