20 Apr 2018

Publicado em MIRANTE
Avalie este item
(0 votos)

Palocci
"Não sabemos ainda se o depoimento de Antonio Palocci irá encerrar a carreira política de Lula, mas é mais ou menos certo que encerrou a carreira de Antonio Palocci, na segunda (11), segundo o articulista Celso Rocha de Barros, na coluna Poder na Folha de São Paulo. Mesmo que não seja publicamente renegado pelo Partido dos Trabalhadores - discurso oficial é que as delações são uma forma de coerção - está claro que o ex-ministro dificilmente voltará a ter vida partidária. É uma boa oportunidade, portanto, para refletir sobre o sujeito que talvez tenha sido o quadro político mais talentoso de sua geração. Palocci teve papel fundamental na conformação do lulismo, um dos maiores sucessos da história política brasileira. Em geral, a conversa de "conquistar a confiança do mercado" é papo furado, mas em 2003 o problema era real. E quem resolveu foi Antonio Palocci.

Deixa defesa
O advogado José Roberto Batocchio deixou a defesa do ex-presidente Lula da Silva em casos que envolvem o ex-ministro Antonio Palocci (Fazenda e Casa Civil nos governos Lula e Dilma Rousseff), de acordo com o que foi publicado no Estadão de terça (12). O criminalista defendeu Palocci na Lava Jato. Em maio, Batocchio deixou a defesa do ex-ministro, que negocia uma delação premiada. Na quarta (6), Palocci, em depoimento ao juiz Sergio Moro, acusou Lula. Botocchio defende Palocci em processo fora da Lava Jato.

Eike quer pagar
O empresário Eike Batista ofereceu o pagamento de multa de cerca de R$ 55 milhões à Justiça no acordo de delação premiada que está para ser homologado pelo Supremo Tribunal Federal nas próximas semanas. O valor seria de "ressarcimento" por toda a propina que Eike teria pago a agentes públicos. A Lava Jato do Rio identificou, na Operação Eficiência, que Eike teria repassado US$ 16,5 milhões ao ex-governador Sérgio Cabral (PMDB), supostamente para obter vantagens indevidas nos negócios. O valor do ressarcimento prometido por Eike será mais alto do que a fiança de R$ 52 milhões que pagou à 7ª Vara Federal do Rio.

Banho de Luz
O programa de Banho de Luz, segundo a Prefeitura de Santo André, vai melhorar a iluminação pública na cidade com a substituição das lâmpadas de vapor de sódio, com tom amarelado, por tecnologia de LED, considerada mais potente e econômica. O prefeito Paulo Serra (PSDB) deseja a instalação do novo sistema em 20 mil postes da cidade até o fim do mandato, em 2020. Não foi divulgado ainda o gasto com o projeto.

Protesto
Dias atrás, na Câmara de Santo André foi marcada por manifestações. Seis pessoas fizeram suas reivindicações na tribuna livre. Os assuntos foram os seguintes: reajuste salarial, vale-refeição dos servidores públicos, possíveis mudanças na gestão do Semasa, contratação de concursados pela GCM (Guarda Civil Municipal) e mobilização contra o projeto de lei sugerido que prevê a utilização de espaços religiosos para a instalação de creches, como medida para ajudar a eliminar o déficit de vagas na rede municipal.

Cemitérios
Santo André está reduzindo taxa de serviços funerários. Os valores cobrados por uso de salas de velório e de sepultamento em jázigos temporários tiveram queda de 20% a 70%, se comparados com os preços praticados anteriormente. Informações: 4433-3544.

Licitação
Foi aberta a licitação para construção de quatro corredores de ônibus e um terminal pela Prefeitura de São Bernardo. Essa decisão faz parte do pacote anunciado em 2012 pelo ex-prefeito Luiz Marinho (PT), que previa a construção de 12 pistas exclusivas para transporte público na cidade. O edital prevê a contratação de projetos para as obras terminal Batistini e dos corredores São Pedro, com 6 km de extensão, Rotary de 2,4 km de extensão; Castelo Branco com 4,25 km e Galvão Bueno de 6,3 km de extensão.

Mudou
A professora Cleide Bochixio, que atuava como secretária adjunta, na Prefeitura de Santo André, mudou para exercer o mesmo cargo oficialmente na Secretaria Estadual de Educação, dirigida pelo Dr. José Renato Nalini. Segundo a professora Cleide, a saída aconteceu em tom de amizade e aceita também pelo prefeito Paulo Serra (PSDB) e também pela titular da Pasta, Dinah Zekcer (PTB). O secretário José Roberto Nalini, colunista deste Jornal, entrou em contato com Cleide para fazer o convite para ir para São Paulo

Troca
Foi anunciado, dias atrás, a troca de secretários do governo de José Auricchio Júnior, São Caetano, em apenas nove meses de mandato. A alteração foi na Secretaria da Pessoa com Deficiência. A professora Adriana Fonseca, ex-diretora de Educação, assumiu o cargo no lugar de Cristiano Gomes, que deixou a pasta alegando que vai seguir o novo projeto profissional. Antes, o governo tucano tinha trocado a gerencia de outras quatro secretarias, sendo que a de Governo já sofreu duas alterações de comando. A primeira mudança foi na Secretaria de Mobilidade Urbana, que ocorreu nos primeiros dias de gestão. Marcelo de Souza deixou a vaga para Filinto Teixeira. Marília Marton Correa ficou com o cargo na Secretaria do Governo. A Pasta de Assistência e Inclusão foi ocupada por Magali de Cássio Rosolen.

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Website.: www.folhadoabc.com.br/media/k2/users/anos.png
Mais nesta categoria: 30 de Setembro de 2017 »

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu