21 Mar 2019


S.Bernardo intensifica ações contra os estragos da chuva

Publicado em Cidades
Avalie este item
(0 votos)

A Prefeitura de São Bernardo despendeu, na terça (12), mais um grande efetivo de profissionais que trabalharam para a recuperação da cidade após a forte chuva do último domingo (10). Depois de decretar estado de calamidade pública, na tarde de segunda (11), a Administração segue mobilizada com um intenso plano de ação para realizar os atendimentos aos moradores atingidos.

O município, por meio da Secretaria de Ação Social (SAS), fez cerca de 400 atendimentos  na Subprefeitura do Rudge Ramos, onde está concentrada toda assistência à população atingida pela enchente. Entre as ações empreendidas estão isenção do IPTU, de vale-refeição e vale-transporte gratuito, atendimento social, auxílio-aluguel, bem como acordo junto à Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) para uso gratuito de água fornecida pela concessionária por 30 dias, como forma de colaborar na limpeza de casas e do entorno, entre outras medidas. Também foi feita a doação de 3.000 itens, entre vestuário, alimentos e produtos de limpeza e de higiene pessoal.

O prefeito Orlando Morando iniciou, desde a manhã de terça (12), uma série de vistorias nos bairros mais atingidos pelas chuvas de domingo. Entre os locais visitados pelo chefe do Executivo está um escorregamento de terra na Estrada Eiji Kikuti, no Conjunto Três Marias. Foi informado que não há abalos estruturais nos edifícios, em vistoria confirmada pela Defesa Civil.

A Rua da Bica, na Vila São Pedro, outro ponto afetado, foi vistoriado pelo chefe do Executivo. Esta via teve grande deslocamento de terra e de material, sem vítimas fatais. Até o momento, 20 imóveis foram interditados. “Estamos fazendo o possível para deixar este local limpo, contamos com grande quantidade de funcionários da Secretaria de Serviços Urbanos, e com o apoio da Defesa Civil, que tem feito o possível para levar mais segurança aos moradores. Estamos trabalhando para buscar recursos junto ao Governo Federal para fazer um muro de contenção para evitar futuros deslizamentos”, afirmou o prefeito.

Em caráter preventivo, a Defesa Civil interditou outros 90 imóveis nos seguintes bairros: Demarchi, Vila Esperança, Jesus de Nazareth, Areião, Jardim Santo Inácio, Vila São José e Ferrazópolis, Taboão, Jardim Jussara, Jardim Telma, Golden Park, Pedreira, Grotão, Nova Baeta e Batistini. Os moradores foram encaminhados para atendimento pela SAS na subprefeitura do Rudge Ramos.

Paralelamente, cerca de 70 funcionários diretos da Administração e mais de 180 indiretos atuam em um grande trabalho de limpeza da cidade, com a  lavagem de ruas e bocas de lobo e todos os demais serviços necessários, até o final desta semana. A cidade tem recebido apoio da Defesa Civil do Estado e do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).

ELEVATÓRIA DA VILA HELENA – O prefeitotambém vistoriou a Elevatória da Vila Helena, que compõe um dos seis equipamentos de combate às enchentes localizadas nos arredores da Vila Vivaldi. Este equipamento foi acometido por uma inundação na cabine de força, teve os painéis elétricos queimados, impossibilitando o funcionamento das bombas. Foram instaladas duas novas bombas, com capacidade para 1.000 metros cúbicos por hora, no local. Ao mesmo tempo as bombas originais foram religadas, por meio de geradores externos, depois de saírem da submersão. As demais estruturas apresentaram condições adequadas de funcionamento, porém, não foram suficientes para comportar o volume atípico e inesperado de água estimado em 177 mm pela Defesa Civil do Estado.

Além desta elevatória, a cidade de São Bernardo dispõe de 11 piscinões, sendo 10 do Governo do Estado e um do município, além de mais cinco estações elevatórias. As estruturas sob responsabilidade da administração são: o piscinão Tanque das Mulatas, com capacidade para armazenar 11.000 m³ de água, a estação elevatória da Rio Claro (37.000 m³), estação elevatória da Vivaldi (28,500 m³), estação da Vila Helena (4.000 m³), estação da Nelson Patrizzi (850 m³), estação da Ipiranga (5.500 m³) e estação da Jacquey (6.200 m³).

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Website.: www.folhadoabc.com.br/media/k2/users/anos.png

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu