19 Sep 2021


Taxa de internação por Covid diminui em Santo André

Publicado em Cidades
Avalie este item
(0 votos)

Santo André alcançou o índice de 81% da população adulta imunizada contra Covid-19 com pelo menos uma dose de vacina. Até esta  sexta-feira (23), 444.620 pessoas haviam recebido a primeira dose e 149.645 pessoas estavam com o esquema vacinal completo. O avanço na vacinação, somado às demais estratégias, vem refletindo na queda gradativa de internação de pessoas infectadas com o vírus no município.

“Vacinação em ritmo acelerado e que comprova a eficácia da proteção, já que impacta diretamente no avanço dos casos e na taxa de ocupação dos nossos hospitais. Vamos seguir com gestão e responsabilidade, para garantir a proteção da nossa gente”, afirmou o prefeito Paulo Serra.

Nos últimos 30 dias, 553 pacientes, com idade entre 31 e 70 anos, ficaram internados por complicações da Covid-19 em equipamentos da rede municipal. Cerca de 80% destes munícipes não haviam recebido nenhuma dose de vacina. Outros 14% tinham recebido a primeira dose e 6% tinham sido imunizados com as duas doses ou dose única. 

De acordo com o boletim epidemiológico desta sexta, 244 pessoas estão internadas em Santo André com Covid-19, sendo que 178 munícipes estão em leitos sob gestão pública. Em 22 de junho a cidade contava com 575 pessoas internadas, sendo que 359 estavam em equipamentos sob gestão pública. A atual taxa de ocupação leitos de enfermaria, considerando equipamentos públicos e privados é de 22%, a ocupação dos leitos de UTI chega a 36%.

Hospitais de campanha - O Hospital de Campanha do Complexo Pedro Dell’Antonia está com 42% da taxa geral de ocupação. Já o hospital instalado na UFABC (Universidade Federal do ABC), que está sem ocupação desde o dia 29 de junho, começou a ser desmobilizado nesta sexta-feira.

Com cautela e muita organização, a Secretaria de Saúde iniciou a transferência dos leitos de média e alta complexidades, de forma gradual, para o CHM (Centro Hospitalar Municipal), garantindo o município permaneça com a capacidade de atendimento.

Santo André segue monitorando a evolução da pandemia para definir novas medidas e se mantém estruturada para o atendimento aos pacientes, uma vez que foi a primeira cidade da região a montar hospitais de campanha. Na área hospitalar, além do CHM (Centro Hospitalar Municipal) há o Hospital da Mulher para receber pacientes que necessitem de internação.

Santo André conta ainda com um Centro de Enfrentamento à Covid-19 e o suporte de UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) e unidades de saúde.

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu