11 Aug 2020


São Bernardo ganha Primeira Pista de Skate Olímpica do Estado

Publicado em Esportes
Avalie este item
(0 votos)

Referência mundial e considerada o berço do skate na região, a pista de skate do Parque da Juventude, em São Bernardo, recebeu reforma completa, após ser fechada em novembro de 2018, quando foi destruída por fortes chuvas. A empresa responsável pela reforma é a PUG Skateparks, há anos no mercado e especialista no que há de mais moderno em construção de pistas de skate, sempre com projetos autorais. A PUG tem à frente Caio Peres, Thiago Gonçalves e Murilo Peres, skatista profissional, campeão brasileiro de skate na modalidade Park 2019 e irmão de Caio, que auxilia na parte técnica, no desenvolvimento dos projetos e na construção das pistas.
Murilo começou a andar de skate ainda criança influenciado pelo irmão e já viajou o mundo participando de competições. “O Murilo traz pra PUG e para o Brasil um conhecimento diferenciado, viaja desde os 9 anos, já esteve nos Estados Unidos, Oceania e Europa. Quando se fala de picos de skate, já conheceu quase todos do mundo. O Murilo tem a visão na criação, um conhecimento técnico a nível mundial, 100% especializado no uso da pista. Isso é nosso diferencial, que foi a semente para criarmos a PUG. Crescemos em pistas de skate feitas por pessoas que não andam de skate, não são do meio, ou até andam, mas, que não projetaram pistas usuais”, afirma Caio. “Quando estou criando uma pista, na minha cabeça, já estou andando nela. São meros detalhes e alterações na fase da construção, que no final fazem toda a diferença. Essa parte de criação tem que ter muito cuidado, é a parte onde nada pode dar errado”, comenta Murilo.

São Bernardo
Em São Bernardo, a princípio, a pista receberia reparos e reforma, sem grandes mudanças. No entanto, no decorrer da obra, foi decido em conjunto entre a Prefeitura de São Bernardo, a Intermédica, a LZA Engenharia e Gerenciamento e a PUG Skateparks, que um novo projeto seria realizado, com a manutenção da estrutura, porém com uma modernização de toda a pista, que contemplaria as modalidades olímpicas.
“Conseguimos pegar a parte que não estava tão danificada, do meio para esquerda e restaurá-la com a introdução de vários obstáculos novos dando prioridade para o pessoal do BMX. Da metade para direita introduzimos os conceitos Park e Street e mantivemos o Tribanks”, recuperando toda superfície e melhorias no acabamento, comenta Caio.
“Não podíamos começar uma pista do zero, tínhamos que respeitar algumas coisas da construção antiga, como a parte estrutural, para assim, ser um ponto de partida para sabermos o que poderíamos criar. Pegamos pontos que já existiam na pista e adaptamos para se encaixarem nos padrões olímpicos. A pista atenderá as necessidades das competições. Buscamos ao máximo, introduzir obstáculos que servirão de base para que as pessoas que andarem de skate, consigam andar em qualquer outra pista. Teremos uma pista funcional, para todas as idades”, completa Murilo.
Construída na década de 1980, a pista de skate de São Bernardo é considerada um marco na história do skate brasileiro. Murilo afirma que era necessário respeitar a história da pista, atender as necessidades das pessoas que andam no local desde a década de 1980 e todas as modalidades e níveis de skate. “Foi muito trabalhoso ajeitarmos cada detalhe, pois o que mais queremos é ter uma pista de qualidade. Preocupamo-nos com a funcionalidade da pista e com quem vai utilizá-la”, comenta Murilo.
A nova estética da pista é outro diferencial do projeto. O local, que antes era feito de granilite, era considerado um “deserto branco de concreto”. De acordo com Caio, “pensamos na estética em conjunto com a funcionalidade, que sempre tem um pigmento num lugar ou outro do concreto, tanto para uma paginação arquitetônica como identificação de planos e rampas facilitada durante o percurso”.

 

 

"A pista de São Bernardo é um marco cultural do skate brasileiro. Uma pista que ultrapassou gerações. O Caio e o Murilo Peres fizeram um trabalho incrível. Iniciamos uma nova fase da pista de São Bernardo, agora com oportunidade de formar outra geração do skate. É uma hora feliz para o skate brasileiro” - Bob Burnquist (skatista e o maior medalhista do X Games)

“Um dos grandes problemas que detectamos desde que a atual gestão assumiu a direção da CBSk não é somente a quantidade de pistas que há no Brasil, mas a qualidade delas. Temos a certeza de que essa reforma vai deixar a pista atualizada com o mais alto padrão técnico para a prática do skate, pois foi conduzida e acompanhada de perto por especialistas desse mercado. Por toda importância histórica da pista do Parque da Juventude, em São Bernardo, ficamos muito felizes por essa reinauguração. A pista abre espaço para novos nomes e também se torna mais um espaço público para as sessões de treino dos skatistas que hoje se preparam na luta por uma vaga nas Olimpíadas de Tóquio”
Eduardo Musa, presidente da Confederação Brasileira de Skate (CBSk)

“Comecei a andar de skate em São Bernardo, na primeira versão da pista. Na minha formação como skatista sempre foi muito importante a pista de São Bernardo porque eu era de Santo André e era local de São Bernardo. Para mim, que sou e sempre fui local de lá, é importante ver que com o tempo a pista vai se atualizando e acompanhando a evolução do skate. Fico feliz com isso porque se abrem oportunidades para todo mundo. Comecei a andar lá quando era só um bowl e passei por todas as fases. Fico feliz de ver como ela está hoje, bem atual, totalmente nova. É muito bacana acompanhar toda essa evolução e fazer parte dessa história de São Bernardo”
Sandro Dias, diretor de Esportes da Confederação Brasileira de Skate (CBSk)

"Tenho 24 anos, sou skatista profissional há mais de 10 anos. Uma grande parte do meu começo foi aqui em São Bernardo. Vou guardar estas lembranças pro resto da vida. Mais de 12 anos depois estou podendo reviver isso com a abertura dessa nova pista. Uma experiência incrível poder andar de novo aqui”
Pedro Barros, skatista profissional 

"Essa é uma das melhores pistas da América Latina, talvez até do mundo. Agora teremos uma pista de nível moderno, possibilitando que a galera aprenda muito mais, se divirta e evolua no skate”
Felipe Foguinho, skatista profissional 

"Acredito que será a pista mais completa que teremos em São Paulo. A intenção é fazer treinamentos da Seleção Brasileira no local”
Edgard Vovô, Técnico da Seleção Brasileira de Skate

"Ando de skate há 41 anos. Tinha 9 anos quando conheci a pista de São Bernardo, me apaixonei. Vinha todos os dias. Essa pista sustentou várias gerações do skate. Fico feliz de estar participando desse momento”
Marco Aurelio Fonseca "Jeff Cocon"

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu