21 Aug 2018


Treinamento criado na UFSCar permite atividade física sem lesão

Publicado em Esportes
Avalie este item
(0 votos)

Há quase duas décadas, uma técnica desenvolvida na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) tem ajudado diversas pessoas a praticarem atividade física sem impacto e com movimentos que não lesionam o corpo. O Treinamento Corretivo Postural (TCP), que pode ser aplicado tanto em atividades físicas, no esporte de alto rendimento, em práticas pedagógicas ou terapêuticas e também no ambiente de trabalho, é indicado para jovens, adultos e idosos. Os exercícios podem ser realizados em academias, escolas, hospitais e clínicas de recuperação.
O TCP busca atingir sobretudo indivíduos sedentários, com dores, tímidos e sem preparo físico. A prática do método melhora o sistema cardiorrespiratório, o gasto calórico aliado à liberação de endorfina, perda de gordura, ganho de força, maior eficácia na prevenção de doenças, menos cansaço e, consequentemente, um melhor condicionamento físico. A equipe brasileira de rafting, esporte radical no qual os atletas descem corredeiras em botes infláveis, é um dos times do País que treina com o TCP.
A professora Ana Cláudia Duarte, do Departamento de Educação Física e Motricidade Humana (DEFMH) da UFSCar e criadora da prática, conta que os resultados são evidentes. "A equipe tem sido vitoriosa em todas as competições que participou e sem o registro de lesões", comemora ela. Além disso, a professora atuou por 16 anos em uma empresa de São Carlos aplicando o TCP à ginástica laboral dos trabalhadores. "O funcionário não está preocupado com a maneira como vai agachar, mas sim com o parafuso que ele precisa apertar. Nossa função é despertar a consciência corporal dos funcionários para que o movimento seja automatizado da forma correta", exemplifica a docente.
Duarte destaca que o TCP "é o primeiro método de correção postural que pode ser realizado em grupos, de forma descontraída" e pode ser utilizado em qualquer tipo de exercício. "Ele é um complemento para garantir a qualidade do movimento. Nós passamos aos praticantes a filosofia do treinamento, que permite gasto calórico considerável. A repetição é fundamental para que os movimentos sejam executados corretamente", explica a pesquisadora.
Vários estudos sobre os benefícios do TCP foram realizados no Laboratório de Nutrição e Metabolismo aplicados ao Exercício da UFSCar. "Nossas pesquisas têm um rigor científico bastante apurado, com resultados fidedignos", garante Duarte. Ela aponta que a infraestrutura do Laboratório permitiu também o estabelecimento de parcerias com outros docentes e instituições, como a Universidade de São Paulo (USP), para o aprofundamento das pesquisas. 
Uma das primeiras marcas registradas da UFSCar, no ano de 2006, o TCP é ensinado em curso de especialização para profissionais da área da Saúde. As inscrições para a pós-graduação, cujas aulas são semipresenciais, estão abertas até o dia 14 de abril. Mais informações em www.tcp4.faiufscar.com ou pelo telefone (16) 3351-8379.

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Website.: www.folhadoabc.com.br/media/k2/users/anos.png

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu