27 May 2018


Chocolate quente e sua história ao redor do mundo

Publicado em Gastronomia
Avalie este item
(0 votos)

Somos obcecados por chocolate, mas a história do chocolate quente é ainda mais fascinante e, não importa se você prefere apreciar esta bebida com açúcar, mais apimentada, cremosa, rala ou até coberta de queijo, uma coisa é certa: ela vai te levar numa viagem ao redor do mundo.

Equador

Os maias levam o crédito por inventar o chocolate quente, mas a versão deles era bastante apimentada e amarga demais para os padrões de hoje. Atualmente, você pode começar sua jornada na terra natal de outra civilização antiga sulamericana - a herança inca no Equador inclui a versão emblemática do chocolate quente deste país: servido bem adocicado e coberto de queijo.

Para experimentar tanto a versão tradicional quanto a contemporânea, visite o Cacaro & Cacao, um pequeno café que também serve chocolate em Quito e faz as vezes de museu não oficial da história do chocolate quente, hospede-se próximo, na Casa Joaquin Boutique Hotel.

Espanha

No começo do século XVII, o chocolate quente se tornou uma das bebidas favoritas da aristocracia espanhola e sua popularidade seguiu firme até o século XXI. Para muitos espanhóis, café da manhã significa um chocolate quente bem cremoso (praticamente uma pasta), que é apreciado com churros.

Os moradores locais concordam que um dos melhores, mais ricos e cremosos chocolates quentes da Espanha pode ser encontrado em uma das ruas principais de Barcelona, a La Ramblas. As opções são diversas: de carrinhos que vendem na rua até cafés mais chiques. Se você quer uma acomodação também sofisticada, os InLoft apartments estão bem por ali, no coração da cidade.

Jamaica

O chocolate quente rapidamente ficou popular na Europa, mas não veio somente da América Latina. No fim do século XVII, Hans Sloane visitou a Jamaica e se apaixonou pelo método de fazer chocolate quente das Ilhas Caribenhas. A forma caribenha envolvia misturar cacau puro moído com água quente, no entanto, antes de introduzir a bebida para a aristocracia inglesa, Sloane adicionou leite quente. Em 1797, o chocolate quente originário da Jamaica atingiu uma reputação tão refinada que ganhou o apelido de "a bebida dos deuses". Visite o berço desta bebida divina e passe uma semana açucarada na búcólica acomodação Goblin Hill Villas.

Países Baixos

O cacau em pó foi primeiro produzido em massa em 1892 nos Países Baixos, onde eventualmente acabou tomando a forma sólida e aí nasceu o amado chocolate em barra. Mas os holandeses amam o chocolate de todas as formas, e a Chocolátl em Amsterdam é uma autointitulada "galeria do chocolate".

Visite um dos "chocolabs" desta loja e aproveite para pegar um chocolate quente (chocolademelk) para te esquentar enquanto você passeia pelo centro da cidade. Você também pode se dar uma vista da cidade de tirar o fôlego se hospedando no DoubleTree Sky Lounge.

México

O chocolate quente é apreciado em várias combinações deliciosas pelo México e é geralmente vendido em blocos redondos ou hexagonais. Esses blocos então são dissolvidos em água quente, leite ou creme, antes de serem misturados e temperados com mais chocolate, canela, baunilha ou pimenta.

Dê uma passada no El Moro, na Cidade do México, para experimentar um dos melhores chocolates quentes do país. É uma churreria que foi fundada em 1935 e fica aberta 24 horas por dia. Essa é a oportunidade de você satisfazer seu desejo de chocolate quando quiser e depois relaxar no Gran Hotel Ciudad de Mexico, que fica logo na esquina.

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Website.: www.folhadoabc.com.br/media/k2/users/anos.png

Destaques

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu