20 Apr 2018


Veja a lista dos restaurantes Michelin por menos de R$100

Publicado em Gastronomia
Avalie este item
(0 votos)

De acordo com a pesquisa realizada pela Geofusion em parceria com a Mastercard, com amostra exclusiva em regiões urbanas brasileiras, houve um aumento de 4,72% do potencial de despesas com a alimentação fora de casa em 2017, fato que pode ser relacionado a uma pequena melhora do cenário econômico nacional marcado por alguns acontecimentos que ajudam a combater o cenário de crise, dentre eles, o massivo saque do FGTS, controle da inflação e a retração do índice de desemprego. A Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes), confirma uma melhora do setor no segundo semestre de 2017, e ainda estima um crescimento de 4,5% em 2018. Paulo Solmucci Junior, presidente-executivo da associação, constata que, somente 25% dos estabelecimentos declararam estar operando com prejuízo no último trimestre de 2017, contra 39% no terceiro trimestre de 2016.

A expectativa positiva do setor pode estar correlacionada à uma melhora da renda do brasileiro. O estudo Nielsen 360º Consumer View 2017, aponta um crescimento de 11% na renda familiar dos brasileiros, que mostram estar mais conscientes com suas despesas, fato evidente na variação de apenas 1% do índice de gastos apurado na pesquisa entre 2016 e 2017. Com o aumento da renda e gastos mais controlados, pode ser possível que haja mais predisposição dos consumidores, que cada vez mais valorizam a experiência do consumo em vez do produto em si, em frequentar locais mais diferenciados - e mesmo assim não deixando para trás o consumo consciente - ou até renomados, pagando um preço justo ou planejado com antecedência para caber no bolso. É desde o ano de 2015 que o Guia Michelin, feito pelo grupo, avalia os milhares de restaurantes de São Paulo e do Rio de Janeiro por meio de seus inspetores -  funcionários anônimos da companhia - encarregados de avaliar e até premiar os estabelecimentos com as cobiçadas estrelas Michelin. Quanto mais estrelas o local possuir (de 1 até 3), mais recomendado o restaurante é. Outra categoria presente no guia é a Bib Gourmand, que relaciona uma ótima qualidade gastronômica por um bom preço. No Brasil, é possível consumir em um estabelecimento reconhecido pela Michelin por menos de R$100 (por pessoa) na categoria Bib Gourmand tanto em São Paulo quanto no Rio de Janeiro.

Para um restaurante premiado com 1 estrela, o consumidor desembolsa, no mínimo, uma média de R$ 183 (por pessoa) em São Paulo, e R$ 112,5 (por pessoa) no Rio de Janeiro.

O Cuponation, plataforma de descontos online pertencente à alemã Global Savings Group, compilou em um infográfico interativo uma lista com o gasto médio por pessoa nos 51 restaurantes premiados pela Michelin no Brasil. Confira e faça sua próxima reserva em um local reconhecido pelo sabor excelência.

Última modificação em Quarta, 21 Março 2018 12:09
Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Website.: www.folhadoabc.com.br/media/k2/users/anos.png

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu