17 Jan 2018

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Os preços de materiais escolares variam muito entre lojas, inclusive online, por isso é importante pesquisar e planejar as compras para economizar sem ter que abrir mão da qualidade nos estudos das crianças.  

Para quem tem filhos, esse é um dos maiores gastos do início do ano e devido à falta de educação financeira, diversas despesas se acumulam e as famílias se perdem em meio a tantas contas para pagar, muitas vezes ultrapassando o limite de seu orçamento financeiro.

Para começar, sempre recomendo que pensem no quanto precisam trabalhar para conseguir seu salário. A partir daí, fica fácil valorizar esse dinheiro, aprendendo a pesquisar preços e, principalmente, a negociar os valores das compras.

Então, o primeiro passo é realizar um diagnóstico da vida financeira da família, para saber exatamente quais são os ganhos e gastos mensais e quanto poderá dispor para a aquisição do material escolar. Elaborei algumas orientações sobre o assunto, são elas: 

  1. Essa despesa é recorrente, ou seja, precisa fazer parte do planejamento anual. Para que os gastos não fiquem muito pesados em janeiro, é válido poupar durante todo o ano para conseguir fazer os pagamentos à vista e obter bons descontos; 
  1. Antes ir às compras, a família pode analisar itens do ano passado e selecionar tudo o que pode ser usado novamente este ano, como tesoura, régua e mochila, por exemplo; 
  1. No caso dos livros, vale a pena procurar pais de alunos mais velhos para emprestar ou comprar por um preço mais acessível, se estiverem em boas condições de uso; 
  1. Algo interessante é reunir alguns pais e comprar itens em atacado, como caixas de lápis, cadernos e agendas; 
  1. A partir daí, é preciso fazer muitas pesquisas e traçar um orçamento para ter noção do gasto total; 
  1. Não é preciso necessariamente comprar todos os itens na mesma loja, mas se for fazer é válido pedir descontos; 
  1. No dia das compras, converse com o(s) filho(s) sobre o orçamento, para que não corram o risco de se deixar levar pelo impulso e gastar mais do que o planejado; 
  1. O ideal é sempre fazer os pagamentos à vista, mas se não for possível, opte por poucas parcelas que caibam no bolso, para não comprometer as finanças de 2018 por vários meses.

Fonte: Reinaldo Domingos, do canal Dinheiro à Vista e presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin - www.abefin.com.br). 

Tagged sob

Referência em partos de alto risco na microrregião de Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra, o Hospital de Clínicas Dr. Radamés Nardini, de Mauá, dá um salto de qualidade no atendimento e vem se tornando modelo também em humanização. Dos 1.944 partos realizados na Maternidade do equipamento municipal em 2017, 60% foram normais e 40% cesáreas.

Estamos investindo em tecnologia e em qualificação profissional para garantir que as gestantes tenham o melhor atendimento possível em Mauá. As mulheres têm de ser tratadas com dignidade e respeito. Essa é a orientação que damos a todos os colaboradores da nossa rede de Saúde. Estamos aplicando o conceito de humanização de todos os atendimentos na Saúde”, diz o prefeito Atila Jacomussi.

Dentre os procedimentos, o destaque fica por conta da redução da taxa de episiotomia (corte feito na região lateral da vagina para facilitar a saída do bebê nos partos normais) de 58%, em 2016, para 34%, no ano passado. O resultado segue tendência mundial de diminuir a aplicação da técnica.

Para se ter ideia, no Brasil, 54% das mulheres são submetidas ao corte nos partos, segundo pesquisa da Fiocruz. No caso de primíparas (primeiro filho), o índice chega a 74%. Embora facilite a saída do bebê, a episiotomia pode deixar sequelas na mulher, como laceração, frouxidão na região perineal e dificuldade nas relações sexuais.

Ao longo de 2017, o hospital intensificou as ações para melhorar a condução do parto normal e evitar complicações à saúde materna e fetal. No caso da episiotomia, a meta é chegar brevemente a um patamar abaixo dos 30% - conforme apontam pesquisas internacionais (entre 15% e 30%) e preconiza a OMS (Organização Mundial de Saúde) –, mantendo o procedimento apenas para casos específicos, quando há indicação.

O sucesso na redução de episiotomias no Nardini também é atribuído à inserção de enfermeiros-obstetras e obstetrizes para a condução dos partos normais de baixo risco. A participação deles, que mantêm sintonia com a equipe médica, mais que dobrou de 2016 para 2017: de 25 para 55 procedimentos mensais em média, respectivamente.

Humanização

O fato de 60% dos partos realizados em 2017 terem sido normais já coloca o Hospital Nardini de Mauá como referência no Grande ABC em partos humanizados. “A taxa de cesáreas chega a 40% pelo fato de recebermos gestantes de alto risco e já sermos uma referência regional na realização de procedimentos complexos”, explica Juliana Antonio dos Santos, coordenadora de Enfermagem da Maternidade. Ainda assim, o índice é considerado baixo se comparado às maternidades particulares (90%) e ao SUS (52%).

Segundo Juliana, o conceito de humanização no Nardini vem sendo constantemente ampliado, do acolhimento diferenciado ao puerpério (período pós-parto). Atualmente, o hospital dispõe de recursos como a bola suíça e iniciativas como a visita guiada à Maternidade, dentro do projeto “Conhecendo a Cegonha”, que permite que as gestantes (a partir do terceiro mês), e seus acompanhantes, conheçam o ambiente que irão percorrer no dia do parto e toda a estrutura do local (Pronto-Socorro, Pré-Parto, Centro Obstétrico, Alojamento Conjunto e UTI Neonatal).

A utilização da bola suíça antes do trabalho de parto é uma técnica bastante difundida e que reduz substancialmente o desconforto pré-parto, promovendo às gestantes o alívio das dores e a melhoria da mobilidade pélvica (o que vai facilitar o trabalho de parto). Na maternidade do Hospital Nardini, o método alcança 100% de adesão e aprovação das pacientes. Todas as orientações de exercícios e posicionamento são supervisionadas por enfermeiros-obstetras e obstetrizes.

Outros métodos de promoção do parto humanizado já estão em estudo para serem adotados. “A humanização do parto não é um produto que nos é entregue pronto. É um processo e estamos a caminho de torná-lo cada vez mais humano”, acredita Juliana.

Primeiro bebê

Em 2017, foram 1.600 atendimentos mensais em Ginecologia e Obstetrícia no Pronto-Socorro e 220 internações/mês. Na Maternidade, foram registrados 955 nascimentos de bebês do sexo feminino e 986 do sexo masculino, totalizando 1.941 nascidos vivos.

O primeiro bebê de 2018 em Mauá foi uma menina. Luciela Cristina Ferraz Bueno nasceu, de parto normal, às 20h19 do dia 1º de janeiro, com 3,290 kg e 48 cm. A mãe fez todo o pré-natal na UBS Vila Assis e não precisou passar pela episiotomia, mantendo o períneo (área muscular entre a vagina e o ânus) íntegro. Dentro do processo humanização, ela contou com o acompanhante presente o tempo todo.

Tagged sob

Nesta terça-feira (16) a Prefeitura realiza a primeira edição do Pedal Noturno de Santo André em 2018. O ponto de encontro dos participantes será o espelho d´água do Paço Municipal, com concentração a partir das 20h e saída prevista para as 20h30. Assim como no ano passado, o passeio será realizado todas as terças-feiras e a cada semana os participantes percorrerão um trajeto entre 12 km e 15 km.

A atividade continuará a contar com quatro percursos diferentes, na Vila Luzita, Vila Guiomar, Vila Alzira ou bairro Campestre. A cada semana será realizado um destes trajetos, que terá o acompanhamento de funcionários do Departamento de Lazer, Departamento de Engenharia de Tráfego (DET) e Guarda Civil Municipal. Para participar, basta estar no local antes da saída, não havendo necessidade de prévia inscrição. A atividade é indicada para maiores de 12 anos. Crianças e adolescentes com menos de 16 anos deverão estar acompanhados de um responsável. Também é indicado o uso de equipamentos de segurança, bem como preparo físico.

O Pedal Noturno de Santo André – Mais Pedal é uma iniciativa das Secretarias de Cultura, de Mobilidade Urbana e de Segurança Cidadã. Mais informações podem ser obtidas através do telefone 4433-0753.

Tagged sob

Cooperativa de Consumo realizará no período de 18 de janeiro a 18 de fevereiro sua tradicional campanha de Volta às Aulas com ofertas e condições especiais de pagamento. Com esta ação, a Coop prevê elevar suas vendas da categoria em torno de R$ 5% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Durante o período, será possível encontrar mochilas, lápis, borrachas e cadernos de várias marcas, sendo algumas licenciadas e, nas compras acima de R$ 40,00, o cliente ganha na hora um estojo como brinde.

Todas as aquisições de material escolar, efetuadas nas 14 lojas participantes da rede, poderão ser pagas em até 12 vezes sem juros no Cartão Coop Fácil e em 10 vezes sem juros nos demais cartões de crédito. Fazem parte da promoção as unidades da Coop de Tatuí; São José dos Campos; Piracicaba; Sorocaba; Ribeirão Pires; Diadema; Barão de Mauá, em Mauá; Industrial e Perimetral, em Santo André, e Joaquim Nabuco, em São Bernardo do Campo.

Sobre a Coop: atualmente, a Coop é considerada a maior Cooperativa de Consumo da América Latina, possui 1,7 milhão de cooperados, mais de 5,9 mil colaboradores diretos, 31 unidades, sendo 23 no Grande ABC, uma em Piracicaba, três em São José dos Campos, duas em Sorocaba e duas em Tatuí, além de três postos de combustíveis e 14 drogarias de rua. Por ser uma cooperativa, oferece vários benefícios para quem é cooperado, como cursos gratuitos para promover o aumento de renda dos participantes

Tagged sob

A Prefeitura da Estância Turística de Ribeirão Pires, por meio da Secretaria de Saúde e Higiene, entregou nesta segunda-feira, dia 15, a sede do programa federal Melhor em Casa, que leva atendimento e acompanhamento domiciliar a pacientes que não podem se locomover até unidades da rede municipal. Durante a cerimônia de inauguração do espaço, que contou com a presença do prefeito Adler Teixeira – Kiko, e do vice-prefeito Gabriel Roncon, também foi realizada a entrega de novo veículo (Chevrolet Spin) que será de uso exclusivo do Melhor em Casa.

 

“A humanização da saúde é o ponto de partida para as grandes transformações que podemos e estamos realizando na rede municipal de Ribeirão Pires. Agora, a equipe do Melhor em Casa conta com base de trabalho que garante melhores condições para o atendimento prestado aos moradores. Quem tem ou já teve um familiar ou pessoa próxima em situação em que não pode se locomover para fazer um tratamento ou acompanhamento em unidade de saúde sabe da grandiosidade deste trabalho. Estamos levando dignidade e carinho para a população”, afirmou o prefeito.

 

Rodrigo Santos Ribeiro, 33 anos, aprovou o atendimento prestado pelo Melhor em Casa, que atendeu em domicílio sua mãe, Elci Santos Ribeiro, 63 anos. A moradora do Barro Branco recebeu cuidados da equipe antes e após cirurgia para desobstrução de artéria. “Só tenho a elogiar e agradecer pelo atendimento. A saúde é primordial e esse cuidado é sempre bem vindo”, disse.

 

Localizada na Avenida Santo André, 7, no Centro Alto, a sede abrigará equipe especializada formada por duas médicas, enfermeira, fisioterapeuta, além de profissionais que cuidam da parte administrativa. Por meio do programa federal, que repassa mensalmente ao município R$ 50 mil, a Prefeitura realiza atendimento e acompanhamento de internações domiciliares.

 

Há, atualmente, 130 pacientes da rede municipal de saúde cadastrados no programa. A formalização do Melhor em Casa em Ribeirão Pires foi efetivada pela Prefeitura no início de 2017, com a apresentação de projeto ao Ministério da Saúde e adesão ao programa federal.

 

“O programa era realizado em anos anteriores informalmente, sem estrutura para o bom desenvolvimento do trabalho dos profissionais. Com a adesão do município junto ao Ministério da Saúde, a inauguração de nova sede e a entrega de veículo de uso exclusivo para a equipe, estamos fortalecendo o atendimento prestado e garantindo ainda mais qualidade ao serviço domiciliar, que faz toda a diferença para quem mais precisa desta atenção”, observou a secretária de Saúde e Higiene, Patrícia Freitas.

 

Para receber este atendimento, o paciente deve apresentar laudo médico solicitando a inclusão no Melhor em Casa. A equipe multidisciplinar do programa realiza visita ao paciente para avaliação do caso e iniciar os cuidados necessários, estabelecidos de acordo com a condição de cada quadro.

Tagged sob

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu