17 Jan 2018

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

A Secretaria de Defesa Social de Diadema divulgou nesta semana um levantamento com os resultados das ações realizadas na cidade por seus órgãos integrantes (Guarda Civil Municipal, Defesa Civil, Serviço de Mediação de Conflitos, Junta de Serviço Militar e Canil e Teatro de Fantoches).

Em razão das constantes fiscalizações, alguns índices de criminalidade sofreram quedas, como infrações ao Código de Trânsito Brasileiro. “Todo esse trabalho preventivo realizado por meio das blitze e fiscalizações foram fundamentais na redução desse tipo de ocorrência”, afirma o secretário de Defesa Social de Diadema, Marcel Lacerda Soffner.

A GCM (Guarda Civil Municipal) realizou em 2017, 54.390 rondas, contra 40.052 no ano anterior (acréscimo de 36%). As rondas escolares tiveram um acréscimo maior. Foram feitas 14.178 rondas em 2017 contra 9.627 em 2016 (47% a mais).  A Guarda também realizou blitze somente com seu efetivo e também em operações de presença integrada -Polícias Civil e Militar.

Diadema Legal

As ações de prevenção desenvolvidas pela secretaria também se estenderam à fiscalização de funcionamento de bares e controle de emissão de ruídos.  O Programa Diadema Legal percorre a cidade, em todos os dias de semana, vistoriando as ações de bares e outros infratores.

Mediação de Conflitos

Outra ação que colabora para a redução de índices de criminalidade no município é o trabalho feito pelo Serviço de Mediação de Conflitos. Ele é um meio de pacificação alternativo de solução de controvérsias, conflitos, divergências e disputas em geral com o objetivo de facilitar a solução amigável entre as partes.

O Serviço registrou aumento no número de acordos (quando se estabelece a solução e são formalizadas as responsabilidades e direitos das partes, sendo elaborado um Termo de Acordo, assinado pelas partes e pelo mediador, com cópia para cada uma das partes). Em 2016 foram firmados 17 acordos e no ano passado esse número subiu para 22, um acréscimo de 29%. “O aumento de ações foi resultado de um trabalho de divulgação efetiva, no qual a Secretaria intensificou as informações sobre o Serviço e seu funcionamento, ao realizar palestras tanto para os funcionários públicos de Diadema quanto para os munícipes”, afirma o secretário Soffner. Em 2017, foram feitas 204 palestras, contra 170 em 2016 (aumento de 20%).   

 Junta Militar

A Junta de Serviço Militar de Diadema é subordinada tecnicamente à 4ª Circunscrição do Serviço Militar por intermédio da 18ª Delegacia de Serviço Militar, todas subordinadas ao Ministério da Defesa. É presidida pelo prefeito do município e administrada no âmbito da Secretaria de Defesa Social.

No ano passado, foram dispensados do Serviço 15.300 jovens; em 2016 foram 9.800 jovens (aumento de 56%). Em uma das dispensas, realizada no dia 18 de outubro, na Praça da Moça, 1.200 jovens receberam o CDI (Certificado de Dispensa da Incorporação).

Canil/ Teatro de Fantoches

Em 2017, o Canil e o Teatro de Fantoches realizaram 270 apresentações para 27.827 pessoas. O Canil da GCM iniciou suas atividades em maio de 2008. Em quase nove anos de atividades já conquistou diversos títulos, incluindo o de bicampeão do Campeonato de Cães de Polícia das Guardas Civis Municipais do Brasil. Ele trabalha com apreensão de drogas e patrulhamento, em apoio às operações de fiscalização, em conjunto com a Polícia Militar. Também tem papel socioeducativo, com apresentações em eventos nas escolas, como o Programa Cidade na Escola – Canil nas Escolas.

O Grupo de Teatro de Fantoches da GCM leva mensagens de conscientização e educação às crianças de forma bem divertida com seus bonecos que parecem ter vida própria. Os GCMs Casagrande, Riccetto e Lima criaram uma equipe do Teatro de Bonecos em 2016, que obteve apoio do Comando.

E não são apenas as crianças que se divertem com essa turma. O grupo já visitou, em 2016, o Lar do Ancião 2 em Diadema, entregando um kit de presente para cada um dos moradores do local. 

Tagged sob

Foi aprovado o pedido do Vereador César Oliva pelo Consórcio Intermunicipal Grande ABC sobre a descentralização da retirada de medicamentos de alto custo.

Atualmente a retirada dos medicamentos para os moradores da região do ABC está centralizada na farmácia do Componente Especializado da Assistência Farmacêutica (FCEAF), junto ao Hospital Mário Covas, localizado na cidade de Santo André. O vereador César Oliva solicitou que os munícipes de São Caetano do Sul consigam retirar estes medicamentos no próprio município. O prefeito José Auricchio Júnior, que participou do projeto no Consórcio, quer liberar uma área no Atende fácil para esta finalidade.

“A justificativa do meu pedido tem como base reclamações e reinvindicações de diversos munícipes que possuem dificuldades para se deslocarem até a cidade de Santo André mensalmente, quinzenalmente ou semanalmente a depender da dosagem da medicação necessária ao tratamento. A aprovação deste meu pedido é uma grande conquista e a proposta do Consórcio agora só fica pendente a aprovação do Governo do Estado para que ainda este ano os munícipes possam retirar seus medicamentos em nossa cidade”, finaliza César Oliva. 

Tagged sob

O restaurante Madero inaugurou oficialmente, durante almoço, para imprensa e convidados, nova unidade Container, na quinta (11), na avenida Kennedy 1.200, em São Bernardo. Toda a renda arrecadada com a venda dos lanches e combos, durante o almoço, foi entregue a Instituição Monsenhor Antunes. A grande novidade da nova unidade é o Container grafitado pelo consagrado artista plástico Rimon Guimarães.

Tagged sob

Mesmo depois do período de melhor época de vendas que ocorre no Natal, o comércio varejista em São Bernardo começa este janeiro de 2018 com saldões e ofertas para os consumidores. A Acisbec (Associação Comercial e Industrial de São Bernardo do Campo) estima que os descontos cheguem a até 70% nas lojas de ruas e nos shoppings.

A liquidação objetiva queimar os estoques, mas também atrair o consumidor que vai fazer as trocas de presentes de Natal. A promoção deve continuar ao longo do mês.

O presidente da Acisbec, Valter Moura, lembra que o saldão é uma ação positiva para manter as vendas aquecidas pós-Natal. “É uma boa oportunidade para os varejistas venderem o excedente e um atrativo para os consumidores que podem adquirir produtos com descontos expressivos. Nesta época tem muita gente que vai até a loja para fazer uma troca e acaba comprando por causa das promoções”, explica.

Tagged sob

Com a chegada de 2018, a maioria de nós provavelmente já está pensando nas viagens que queremos fazer ao longo do ano. A Booking.com criou um calendário de preços para 2018, para ajudar os viajantes de todos os orçamentos a encontrar o destino de melhor custo-benefício para cada mês do ano.

Para formar estas recomendações, a Booking.com primeiro analisou o preço médio por diária de acomodações de 3, 4 e 5 estrelas nas cidades mais procuradas do mundo. Então, para determinar quais cidades recomendar para qual mês, houve uma análise da visão geral anual das flutuações de preços para determinar as melhores semanas para se hospedar nos destinos escolhidos*. O resultado? Um roteiro de lugares perfeitos para riscar da sua lista de sonhos de viagem para 2018.

 

Janeiro

  • Copenhague (Dinamarca) estava 41% mais acessível em janeiro do que no mês mais caro do ano.
  • San Diego (EUA) estava 37% mais acessível em janeiro do que no mês mais caro do ano.
  • Pequim (China) estava 19% mais acessível em janeiro do que no mês mais caro do ano.

 

Fevereiro

  • Las Vegas (EUA) estava 43% mais acessível em fevereiro do que no mês mais caro do ano.
  • Lisboa (Portugal) estava 42% mais acessível em fevereiro do que no mês mais caro do ano.
  • Quioto (Japão) estava 37% mais acessível em fevereiro do que no mês mais caro do ano.
  • Buenos Aires (Argentina) estava 16% mais acessível em fevereiro do que no mês mais caro do ano.

 

Março

  • Budapeste (Hungria) estava 33% mais acessível em março do que no mês mais caro do ano.
  • Kuta (Indonésia) estava 33% mais acessível em março do que no mês mais caro do ano.
  • Montreal (Canadá) estava 22% mais acessível em março do que no mês mais caro do ano.
  • Singapura estava 13% mais acessível em março do que no mês mais caro do ano.

 

Abril

  • Oslo (Noruega) estava 29% mais acessível em abril do que no mês mais caro do ano.
  • Toronto (Canadá) estava 27% mais acessível em abril do que no mês mais caro do ano.
  • Zurique (Suíça) estava 15% mais acessível em abril do que no mês mais caro do ano.
  • Jakarta (Indonésia) estava 9% mais acessível em abril do que no mês mais caro do ano.

 

Maio

  • Melbourne (Austrália) estava 22% mais acessível em maio do que no mês mais caro do ano.
  • Orlando (EUA) estava 18% mais acessível em maio do que no mês mais caro do ano.
  • Moscou (Rússia) estava 14% mais acessível em maio do que no mês mais caro do ano.
  • Bangkok (Tailândia) estava 13% mais acessível em maio do que no mês mais caro do ano.

 

Junho

  • Miami (EUA) estava 39% mais acessível em junho do que no mês mais caro do ano.
  • Hong Kong estava 29% mais acessível em junho do que no mês mais caro do ano.
  • Chiang Mai (Tailândia) estava 26% mais acessível em junho do que no mês mais caro do ano.
  • Liverpool (Reino Unido) estava 17% mais acessível em junho do que no mês mais caro do ano.

 

Julho

  • Abu Dhabi (Emirados Árabes) estava 46% mais acessível em julho do que no mês mais caro do ano.
  • Nova York (EUA) estava 25% mais acessível em julho do que no mês mais caro do ano.
  • Estocolmo (Suécia) estava 23% mais acessível em julho do que no mês mais caro do ano.
  • Seul (Coréia do Sul) estava 22% mais acessível em julho do que no mês mais caro do ano.

 

Agosto

  • Nova Orleans (EUA) estava 55% mais acessível em agosto do que no mês mais caro do ano.
  • Rio de Janeiro (Brasil) estava 40% mais acessível em agosto do que no mês mais caro do ano.
  • Bruxelas (Bélgica) estava 32% mais acessível em agosto do que no mês mais caro do ano.
  • Mumbai (Índia) estava 20% mais acessível em agosto do que no mês mais caro do ano.

 

Setembro

  • Cidade do México (México) estava 46% mais acessível em setembro do que no mês mais caro do ano.
  • Nuremberg (Alemanha) estava 42% mais acessível em setembro do que no mês mais caro do ano.
  • Kaohsiung (Taiwan) estava 33% mais acessível em setembro do que no mês mais caro do ano.
  • Washington, D.C. (EUA) estava 26% mais acessível em setembro do que no mês mais caro do ano.

 

Outubro

  • Patong Beach (Tailândia) estava 42% mais acessível em outubro do que no mês mais caro do ano.
  • Tallinn (Estônia) estava 30% mais acessível em outubro do que no mês mais caro do ano.
  • Auckland (Nova Zelândia) estava 16% mais acessível em outubro do que no mês mais caro do ano.
  • Los Angeles (EUA) estava 14% mais acessível em outubro do que no mês mais caro do ano.

 

Novembro

  • Málaga (Espanha) estava 35% mais acessível em novembro do que no mês mais caro do ano.
  • San Francisco (EUA) estava 31% mais acessível em novembro do que no mês mais caro do ano.
  • Atenas (Grécia) estava 31% mais acessível em novembro do que no mês mais caro do ano.
  • Seminyak (Indonésia) estava 21% mais acessível em novembro do que no mês mais caro do ano.

 

Dezembro

  • Veneza (Itália) estava 58% mais acessível em dezembro do que no mês mais caro do ano.
  • Guangzhou (China) estava 36% mais acessível em dezembro do que no mês mais caro do ano.
  • Amsterdã (Holanda) estava 35% mais acessível em dezembro do que no mês mais caro do ano.
  • Atlanta (EUA) estava 24% mais acessível em dezembro do que no mês mais caro do ano.

 

Tagged sob

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu