17 Jan 2019

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Não há dúvidas, um dos pratos mais antigos que existem no cardápio das pessoas, independente da cultura, é o peixe. Fonte de proteínas, essa carne possui nutrientes e vitaminas que trazem muitas vantagens ao organismo. Desde a época medieval o peixe era muito comum nas mesas, a própria igreja incentivava o consumo, então, a espécie fazia parte da refeição dos nobres e camponeses.

Já na atualidade, há muitas variações de menu, mas um tipo que sempre dá água na boca em muitos adeptos ao alimento e que veio de fora, é a comida japonesa. Peixe cru é sempre uma pedida para quem quer sair da mesmice, assim como o bacalhau, que também é famoso aqui e faz sucesso na culinária portuguesa. Alguns países que estão localizados em ilhas, como por exemplo a Islândia ou o Myanmar, é natural que o consumo seja elevado.

Diante de muitas culturas gastronômicas ao redor do mundo, aqui no Brasil, dois tipos estão fazendo muito sucesso entre os brasileiros. Segundo pesquisa, salmão e atum então entre os peixes prediletos na terra tupiniquim. E de acordo com especialistas, o consumo deste tipo de carne pode trazer benefícios do coração até o cérebro. Ou seja, além de deliciosos fazem bem à saúde!

Hábitos mais saudáveis

O levantamento “Hábitos alimentares dos brasileiros – preferências, dietas e tendências de consumo”, realizada pela Banca do Ramon, mostra que os alguns tipos de peixes estão entre os queridinhos dos brasileiros.  No ranking de favoritos, ficaram salmão (50%), atum (27%), sardinha (19%) e cavalinha (4%). Segundo a nutricionista e consultora da Banca do Ramon, Juliana Tomandl, passar a consumir mais peixes nas refeições é totalmente benéfico para o corpo. “São muitas vantagens, pois o peixe possui algumas propriedades que são essenciais para o organismo, como o ômega 3, que é associado à memória e a melhor capacidade leitura, até mesmo com menos problemas de comportamento. A falta dele pode causar desatenção e dificuldade de aprendizagem, porém, este nutriente também preserva a audição e ajuda até mesmo na perda de peso”, explica a especialista.

Mesmo que essas espécies estejam entre os prediletos, o brasileiro ainda não consome a quantidade indicada pelo IBGE. De acordo com o instituto, no Brasil, a média de consumo é de  9,5 kg de peixe por ano, mas a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), recomenda que o ser humano ingira 12 kg ao ano. “Ainda que o peixe faça parte da nossa cultura que foi herdada de outros países, como Portugal e Japão, e também dos indígenas, por meio da caça, não estamos muito habituados com este tipo de alimentação, porém, há uma mudança crescente nos costumes alimentares do brasileiro, existe uma vontade por refeições mais saudáveis e com qualidade, e o peixe, certamente, se enquadra como um alimento que faz bem à saúde”, detalha Tomandl.

Para além da boa memória- Uma das principais vantagens que o peixe oferece e que as pessoas mais conhecem é o estimulo à memória, por causa do ômega 3, mas a nutricionista da Banca do Ramon, explica que são inúmeros benefícios ao corpo. ‘’É um tipo de gordura, mas que é considerada boa ao organismo, além de estimular  a memória e ajudar a acelerar as respostas cerebrais, ele age reduzindo as inflamações, controla níveis de colesterol, protege o corpo de doenças cardiovasculares, melhora a disposição e previne aterosclerose, que é o acumulo de gordura nas paredes das artérias e também dentro delas’’, afirma.

Não é à toa que muitas pessoas buscam capsulas de ômega 3 para consumir durante o dia para ter uma vida mais saudável, mas, o mais indicado é passar a consumir peixe nas refeições. ‘’Recorrer as fontes naturais sempre será a melhor opção, se possível, comer duas porções de salmão e atum durante a semana, que são espécies muito ricas em ômega 3, já fazem uma diferença para quem come’’, detalha a especialista.  

Mar de nutrientes- Porém, engana-se quem acredita que no peixe apenas o ômega 3 faz bem ao organismo, além dele, existem outras substâncias que são muito benéficas ao ser humano. Veja a seguir outros componentes que são encontrados, especialmente, no salmão e atum, e trazem muitas vantagens:

Magnésio- O atum é muito rico em magnésio, que também é conhecido como um mineral anti-estresse. Quando falta essa substancia no organismo, resulta em cansaço e na falta de enzimas que ajudam a produzir energia no corpo. Além de ser essencial para o funcionamento dos nervos e músculos.

Cálcio- Já o salmão possui uma boa quantidade de cálcio, que é responsável em manter os ossos e os dentes fortes, evitando a osteoporose e raquitismo. ‘’O nutriente também ajuda a manter os batimentos do coração regulares, além de auxiliar o sistema nervoso a trabalhar melhor’’, conta Tomandl.

Selênio- O atum contém selênio, um antioxidante que ajuda a prevenir o envelhecimento e o amadurecimento celular, isso ajuda a afastar os riscos de tumores. Outra vantagem, é que o componente ajuda a manter a elasticidade dos tecidos e para as mulheres pode aliviar os incômodos menstruais.

Vitamina A- O salmão possui vitamina A que tem vários benefícios ao organismo, com ação protetora dos olhos, dos cabelos e da pele, ainda fortalece o sistema imunológico e dos órgãos reprodutivos. “A vitamina A também previne o envelhecimento precoce, doenças cardiovasculares e câncer”, diz a nutricionista.  

Fósforo- Assim como o cálcio, o fósforo também é responsável pela boa formação dentária e óssea. Além disso, é importante para o funcionamento dos rins, fornece mais energia ao corpo e contribui com o metabolismo de amidos e gorduras.

Preparo

É importante salientar que todos esses nutrientes listados acima, são encontrados tanto no salmão quanto no atum, mas a quantidade varia de acordo com cada espécie. Outros peixes, como a própria sardinha e cavalinha, também possuem minerais que são essenciais ao corpo. ‘’De um modo geral, os peixes são bem nutritivos, basta escolher qual tipo mais agrada e passar a incluir nas refeições, se houver variações, melhor para o paladar. Outro ponto importante é o modo de preparo, fazê-los fritos, como a opção à milanesa que é escolhida por muitas pessoas, acaba sendo prejudicial, pois, dessa forma, se consome muita gordura saturada, que são extremamente prejudiciais’’, finaliza Tomandl.  

Tagged sob

Santo André ganha, no bairro Bela Vista, na terça (15), às 20h, uma casa de vinhos que já nasce como uma referência para a apreciação da bebida: a Permont Enoteca. Na inauguração haverá  coquetel, com recepção feita pelos sócios e amigos Celene Peralta e André Montanari.

Localizada na Rua Laura, a Permont tem ambientações diferenciadas para atender com conforto o consumo no local, além da realização de cursos, degustações semanais, jantares harmonizados, Clube do Vinho, confrarias, reuniões de negócios e orientações personalizadas para a demanda de cada cliente.

As prateleiras da Permont expõem 150 rótulos de grandes importadoras, entre as quais Decanter, Mistral e Adega Alentejana. A enoteca oferece vinhos das melhores procedências da França, Itália, Portugal, Espanha, Chile, Argentina, Uruguai, Estados Unidos, África do Sul, Eslovênia, além de nacionais.

Para o consumo no local, o cardápio é composto por tábuas de frios, antepastos e bruschettas. Vale lembrar que os jantares harmonizados e os eventos levarão a assinatura de chefs convidados. Para o consumo local, a carta de bebidas contará também com cervejas artesanais, chopes e destilados.

Ambiente- De inspiração rústica contemporânea que preserva os tijolos aparentes da construção, original, a casa conta com três pisos para acomodar com conforto cerca de 60 pessoas. No primeiro, o destaque são os móveis confeccionados em peroba rosa e lustre de cristal; o segundo andar é acessado por escada de inspiração industrial e conta com lounge e bar intimista. Acima, o roof tem espaço indoor e outdoor.

Empório- Com funcionamento de terça-feira a sábado, a Permont Enoteca também conta com empório de produtos diferenciados, tais como queijos, azeites, massas, temperos, funghi e tartufo.

Tagged sob

O prefeito de Diadema Lauro Michels visitou, na sexta (11), as empresas de infraestrutura digital Aceco TI e Green 4T que, estimuladas pelo Programa Municipal de Incentivo ao Desenvolvimento Econômico e Social, lançado no ano passado pela Prefeitura de Diadema, estão completando três meses de instalação no município. Com a mudança, as novas empresas investiram na cidade cerca de R$ 3 milhões e criaram mais de 170 novos empregos.

Durante a visita, que contou também com os secretários municipais Laércio Soares, do Desenvolvimento Econômico e Trabalho; Francisco Rocha, de Finanças; e Paulo Fares, de Comunicação; o prefeito Lauro Michels conheceu as instalações das empresas, na avenida Fábio Eduardo Ramos Esquivel, região central. “Quero agradecer, parabenizar e dar as boas vindas à Aceco TI e Green 4T por terem escolhido Diadema para investir. Vocês trouxeram mais investimentos e conhecimento tecnológico à cidade. A Prefeitura quer incentivar a vinda de empresas de todos os portes”, disse. “Vale ressaltar que a chegada dessas empresas contribuem para firmar uma nova vocação econômica da cidade no ramo da tecnologia”, concluiu.

De acordo com diretor da Aceco TI e Green 4T, Eduardo Marine, o município tem diversos atrativos como a localização privilegiada, boa oferta de escolas técnicas e mão de obra. “Mas o fundamental para que mudássemos para Diadema foi a segurança jurídica oferecida pelo plano de incentivo da Prefeitura”, explicou o diretor, que disse ainda que a nova sede da empresa vai atender cerca de 220 clientes da Grande São Paulo.

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Laércio Soares, contou que a pasta ofereceu às novas empresas todo o suporte e orientação. “Essas primeiras empresas contribuíram para confirmar a importância desse Programa Municipal de Incentivo ao Desenvolvimento Econômico e Social. As empresas ganham incentivos e a cidade recebe mais investimento, empregos e desenvolvimento no ramo da tecnologia”, disse o secretário municipal Laércio Soares.

Desenvolvimento

Nos últimos anos, a Prefeitura de Diadema vem promovendo o Fórum da Cidade que tem por objetivo principal discutir e promover o desenvolvimento do município, estimulando a participação de todos os segmentos sociais e econômicos. Para condução desse processo foram estabelecidos vários eixos: indústria, comércio, serviço e tecnologia, habitação, meio ambiente e infraestrutura e mobilidade.

Dentre diversas iniciativas que visam o desenvolvimento de Diadema, a Prefeitura lançou, em setembro de 2018, o Programa de Incentivo ao Desenvolvimento Econômico e Social para o município, por meio das secretarias de Finanças, Desenvolvimento Econômico e Trabalho e Assuntos Jurídicos com o objetivo de auxiliar a recuperação da atividade econômica, por meio de incentivos e estímulos fiscais para empresas industriais, comerciais e de prestação de serviços, gerando mais emprego, mais renda e por consequência, melhorar a economia do município.

Na oportunidade do lançamento, o prefeito Lauro Michels, disse que o programa vai tornar o município mais atrativo para que novas e antigas empresas façam investimentos em Diadema, promovendo mais produção postos de emprego.“As empresas já em funcionamento que ampliarem, modernizarem ou reativarem sua atividade econômica no município também poderão ser beneficiadas com os incentivos fiscais. A administração vai promover benefícios que poderão ser concedidos por meio de de descontos em tributos municipais como IPTU, ITBI, entre outros”, explicou o prefeito.

Outras iniciativas da Prefeitura também estão em execução como maior mobilidade nos centros comerciais; investimento em transporte coletivo e corredor de ônibus; modernização da iluminação pública; ampliação de câmeras de segurança; novo Plano Diretor; Pólo de Tecnologia; Programa Parcelamento Incentivado; entre outras.

Tagged sob

O Planetário e Cinedome de Santo André promove, no sábado (26), o primeiro minicurso de astronomia voltado para pessoas com mais de 60 anos. Na programação, que acontece das 8h às 10h, estão conceitos da astronomia e dados sobre a história da ciência que estuda os astros, bem como informações sobre o reconhecimento do céu noturno. As inscrições podem ser feitas até o dia 23 de janeiro, pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.. O curso é gratuito.

De acordo como o professor Marcos Pedroso, responsável pelo curso, o objetivo da iniciativa é atingir um público que participa com frequencia das sessões do Planetário que acontecem aos finais de semana e que demonstra grande interesse sobre o assunto. “Vamos falar também sobre a forma como o céu noturno estimulou e influenciou os primeiros astrônomos, sobre temas relacionados a mitologias e expressões populares relacionadas às estrelas e constelações. Além disso, vamos mostrar na cúpula do planetário fenômenos astronômicos como eclipses, chuvas de meteoros, nebulosas entre outros”, contou Pedroso.

A poluição do céu das grandes cidades, que impede a visão das estelas com nitidez, também será um dos temas. “Muitas dessas pessoas passaram suas infâncias em regiões onde ainda não havia esse tipo de problema, portanto o planetário quer viajar no tempo para apresentar um céu repleto de estrelas e quem sabe resgatar lembranças emotivas e positivas aos participantes”, concluiu Pedroso.

O preenchimento das 230 vagas disponíveis ocorrerá de acordo com a ordem de envio dos e-mails de inscrição. Os participantes receberão um certificado de participação.

Tagged sob

O sonho da moradia própria de 32 famílias de São Bernardo foi transformado em realidade, na sexta (11), com a entrega das chaves dos apartamentos no Condomínio Nova Tulipa, no bairro Parque São Bernardo, pelo prefeito Orlando Morando. A conclusão do edifício marca o início de uma nova etapa de entregas da Prefeitura na área habitacional. Até a segunda quinzena de fevereiro, serão entregues mais 97 unidades do programa Minha Casa, Minha Vida, desta vez, no bairro Jardim Silvina.

O prédio entregue nesta sexta-feira faz parte de um conjunto de cinco edifícios de moradias populares em construção no Parque São Bernardo, que, juntos, ampliarão a oferta habitacional da cidade em 156 unidades, beneficiando famílias previamente cadastradas junto à secretaria de Habitação, que antes ocupavam áreas de risco e foram incluídas no programa de bolsa-aluguel. A previsão é que todas as entregas deste projeto sejam concluídas em agosto deste ano.

Os 32 apartamentos contam com 42 metros quadrados cada e são compostos por dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. Também foram realizadas melhorias na urbanização, como pavimentação do acesso ao prédio, totalizando investimento de R$ 1,35 milhão. “Esta entrega faz parte um grande programa habitacional em andamento na cidade, que está sendo realizado com planejamento e seriedade, aliado ao maior plano de regularização fundiária já realizado em São Bernardo. Esta é uma região que passa por uma profunda transformação, com obras que trarão benefícios permanentes em diversas áreas”, discursou o prefeito Orlando Morando.

A cerimônia também contou com presença dos moradores contemplados e seus familiares, além do vice-prefeito e secretário de Serviços Urbanos, Marcelo Lima, dos secretários João Abukater (Habitação), Luciano Eber (Obras e Planejamento Estratégico), Carlos Alberto dos Santos (Segurança Urbana), e vereadores. “Este prédio é fruto de um contrato assinado há oito anos e que só nesta gestão saiu do papel, sendo concluído no prazo de um ano e três meses, com todos os trâmites de documentação concluídos. Por isso, hoje é um dia de muita alegria, porque saímos com a missão de ajudar estas famílias a realizarem os seus sonhos concluída”, enfatizou Abukater.

Para a professora Eliete Lima, de 36 anos, o recebimento das chaves da casa onde irá morar com sua filha de 18 anos é um marco em sua vida. “É um momento muito especial, não apenas para mim, mas para todos os contemplados. Depois de tanta luta e espera, vamos poder recomeçar nossa história”, disse. Em abril de 2018, 12 unidades habitacionais já haviam sido entregues no Conjunto Habitacional Padre Léo Comissari, localizado no Jardim Silvina, além de cinco unidades comerciais. As entregas fazem parte de um projeto habitacional que totaliza 36 apartamentos, divididos em três torres.

Além disso, a Prefeitura está dando andamento à construção de novos projetos habitacionais, como o residencial Independência, no bairro Montanhão, que conta com 420 unidades, divididas em dez blocos, em condomínio fechado, destinadas ao atendimento de famílias enquadradas na Faixa 1 do Programa Minha Casa Minha Vida. Na área habitacional, também já foram regularizamos um total de 13 núcleos entre 2017 e 2018, beneficiando cerca de 5,3 mil famílias. Em 2019, outras 5 mil famílias serão contempladas com as escrituras de suas moradias.

Tagged sob

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu