22 Oct 2018

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Seis milhões de euros em investimentos, 1.200 novos funcionários só para o lançamento do Taycan, o desenvolvimento contínuo do Porsche Production 4.0 e uma campanha de conhecimento sem paralelo, difundida por toda a empresa: em compromisso com a mobilidade elétrica, a fabricante de automóveis esportivos está sob um processo de grandes alterações e, mais uma vez, reafirma a sua capacidade para salvaguardar o seu futuro.

“Prevemos que mais de 50 por cento dos modelos Porsche vendidos a partir de 2025 sejam eletrificados,” afirma Lutz Meschke, Vice-presidente do Conselho Executivo e membro do Conselho responsável pelas Finanças e IT na Porsche. Isto vai implicar investimentos substanciais em campos como o desenvolvimento e produção, assim como na capacitação de pessoas. Apesar disto, o objetivo de ter uma margem de, pelo menos, 15 por cento mantem-se sem alterações. "Adicionalmente aos processos eficientes, a receita dos produtos digitais e serviços deverá aumentar sua contribuição para o nosso sucesso econômico," afirma Meschke.

Um exemplo de uma abordagem eficiente surge pelas infraestruturas de produção e montagem para o novo Taycan, em construção como “uma fábrica dentro de uma fábrica”, no edifício principal, em Zuffenhausen. Estes sinais de desenvolvimento demonstram que a Porsche irá distanciar-se dos princípios tradicionais de uma linha de montagem. Albrecht Reimold, Membro do Conselho Executivo responsável pela Produção e Logística, explica: “Ao aplicar uma linha de produção flexível, a Porsche irá torna-se o primeiro fabricante de automóvel a utilizar sistemas de transporte sem condutor num processo de produção em série. ” Isto vai permitir que a marca de automóveis esportivos combine as vantagens do princípio tradicional da produção em série com a flexibilidade da montagem versátil. Vai também permitir aumentar o número de ciclos de trabalho, mantendo a mesma quantidade de espaço. Seguindo o conceito “smart, green, lean”, a Porsche persegue também uma produção sustentável. O processo de produção do Taycan está isento de carbonos, com o objetivo futuro de que a produção seja de impacto zero, uma fábrica sem impacto ambiental.

A introdução do Taycan deve gerar 1.200 novos postos de trabalho em Zuffenhausen. “O Taycan é um dos maiores criadores de ofertas de trabalho na história da Porsche,” destaca Andreas Haffner, Membro do Conselho Executivo responsável pelos recursos humanos e assuntos sociais. Nem todos estes novos funcionários irão produzir o Taycan; vão também produzir modelos esportivas de duas portas. O objetivo da Porsche com o Taycan é criar uma equipe com uma saudável mistura entre experiência em automóveis esportivos e novos membros. Este desenvolvimento verá também uma iniciativa de formação em larga escala a ter lugar num espaço de produção construído no centro de formação, em Zuffenhausen. Uma plataforma digital de ensino, que contém mais de 1.200 unidades de formação em questões relacionadas com a transformação digital e que permite aos utilizadores estudar de forma independente e de acordo com as suas necessidades, estará também disponível para toda a força de trabalho assim que se juntem à Porsche na sua viagem por entre a era digital e elétrica.

A relação próxima de trabalho entre a área de competição e a produção em série resume o quão importante é partilhar conhecimento. Tal como o Porsche 919 Hybrid, que conseguiu inúmeras vitórias em Le Mans, o Taycan é alimentado pela inovadora tecnologia de 800 V. Esta foi uma das decisões mais essenciais para o 919, pois o nível de voltagem define efetivamente o curso para todo o conjunto de propulsão elétrica: desde a bateria até à disposição dos sistemas eletrônicos e dos motores elétricos até à capacidade do processo de carregamento. Ao adotar uma aproximação pioneira e desenvolvendo e componentes para 800 V, a Porsche elevou os limites do que é tecnicamente exequível – incluindo o que está relacionado com a bateria de ions de lítio refrigerada por líquido. Entre o ambiente intensamente competitivo do automobilismo, a Porsche tem continuado a desenvolver as suas tecnologias. A marca alcançou agora uma densidade de potência nunca antes vista. Para o Taycan isto significa que a arquitetura de 800 V do veículo garante que a bateria de ions de lítio pode ser recarregada em apenas quatro minutos, garantindo energia suficiente para percorrer 100 km (de acordo com o ciclo NEDC). Esta transferência de conhecimento irá alcançar todo um novo patamar quando a Porsche entrar na Formula E, na época 2019/2020.

Os processos de carregamento rápido pedem sistemas de carregamento poderosos. É por isso que a Porsche E-Performance cobre todas as áreas da infraestrutura com soluções para circulação e para casa. Com uma capacidade até 22kW, o Porsche Mobile Charger Connect é uma forma rápida e conveniente para carregar o Taycan em casa durante a noite. Pode também ser carregado através da tecnologia de indução. Como parte da joint venture Ionity – que também envolve a BMW, a Daimler e a Ford – a Porsche irá criar 400 postos de carregamento de alta potência com uma capacidade de 350kW por ponto de carregamento por toda a Europa até ao final de 2019. Nos EUA, a iniciativa do VW Group, Electrify America, fará a instalação de uma infraestrutura de carregamento (capacidade até 350kW) em 300 áreas de serviço nas autoestradas a partir 2019. A Porsche planeja também instalar mais de 2000 pontos de carregamento AC em destinos como hotéis, em mais de 20 mercados 20, a seguir ao lançamento do Taycan. Os clientes terão acesso à rede de carregamento da Porsche através do service Porsche Charging. Esta é uma solução alargada na Europa com acesso a diversas estações de carregamento geridas por diferentes fornecedores. A Porsche ficará responsável pela centralização dos pagamentos.

Tagged sob

Suba na bicicleta e comece uma jornada em que o majestoso rio Elba é o seu guia. Ele serpenteia a partir dos vales das montanhas majestosas e místicas de Krkonoše, continua pelas extensas planícies, passa por cidades medievais, por formações rochosas únicas e lugares envoltos em mitos e lendas.

 Na rota do Elba, você desfrutará de uma bela paisagem, história e arquitetura, pedalando da Alemanha para a República Tcheca e depois retornando. Aqui começa uma inesquecível experiência de bicicleta, nas montanhas Krkonoše, berço do Elba.

 A rota ciclística do Elba começa na Alemanha, num lugar chamado Elberadweg. É uma das ciclorrotas mais populares do país e também além das fronteiras tchecas. É especialmente popuçlar entre famílias com crianças, já que o  perfil de elevação não é difícil.

 De sua nascente até sua foz no Mar do Norte, a rota do Elba mede mais de mil quilômetros (620 milhas) sendo quase 400 km (250 milhas) na República Tcheca. Esta rota faz parte da rede europeia de ciclovias ou EuroVelo e é dividida em seções interessantes, das quais você pode escolher se quer fazer completa ou apenas algumas partes. Coloque o seu capacete e comece a pedalar, vamos guiá-lo pela parte tcheca da rota do Elba, quilômetro a quilômetro.

 Desde as montanhas Krkonoše atravessando um safari até uma fortaleza militar.

Um bom lugar para começar a sua viagem ao longo do Elba é ŠpindlerůvMlýn, que no inverno é uma estância de esqui bem conhecida e no verão o ponto de partida preferido para os caminhantes e montanhistas. A cidade está localizada no vale de Krkonoše sob a área da nascente do rio Elba. Você não será capaz de chegar a este lugar com a bicicleta, mas a partir de Špindlerův Mlým você pode ir até Medvedin e de lá seguir pela estrada alpina em direção à Cabana do Elba, onde você pode guardar sua bicicleta. O caminho para a nascente é menos de um quarto de hora a pé.

De Špindlerův Mlýn você pode continuar na estrada para Vrchlabí e de lá seguir para Dvůr Králové, um lugar especialmente apreciado pelas crianças. O zoológico Dvůr Královéque com um safári africano é uma das atrações turísticas mais populares. E quando você voltar para contar a história, não se esqueça de dizer que você chegou de bicicleta até as girafas, zebras, elefantes e leões. Os adeptos da história militar vão querer continuar até Jaroměř, onde a fortaleza de Josefov guarda as fronteiras tchecas desde finais do século XVIII. Antes de chegar, você passará por Kuks, um complexo barroco único formado por spas e um hospital.

 Objetivo: arquitetura, pão de gengibre e esporte

De Jaroměll, a rota do Elba continua para Hradec Králové, onde você pode admirar a magnífica arquitetura local de artistas como Josef Gočár, um dos mais famosos arquitetos tchecos e uma das figuras mais importantes do cubismo e do funcionalismo. De Hradec Králové, o caminho leva diretamente a Pardubice, uma cidade que não só possui o seu belo castelo, mas também outros pontos de interesse fora do comum. Pardubice tradicionalmente atrai gourmets e fãs de esportes. Os primeiros, pelo seu famoso e delicioso pão de gengibre, de aroma doce. O segundo, pelo Velkápardubická, um show equestre que aconteceu pela primeira vez em 1874 e que se diz ser a pista de obstáculos mais difícil da Europa continental. Você também pode participar de uma corrida -   de bicicleta ao longo da rota que liga Pardubice e Přelouč, ou mesmo além, a  locais onde foi escrita a história mais antiga da Tchéquia.

 Viaje por mitos e lendas

Um desses lugares é Brandýs nad Labem. Nos tempos medievais, a cidade era um importante entreposto em uma rota que liga Praga ao norte das terras tchecas. Stará Boleslav, parte do Brandýsnad Labem, é o local de peregrinação mais antigo de toda a República Tcheca. Aqui nasceu a lenda de são Venceslau, patrono tcheco. Numa manhã do século X, o duque Venceslau da Boêmia estava indo em direção a igreja, que foi erguida na atual Stará Boleslav, quando foi atacado pelo grupo de seu irmão Boleslav, com fome de poder, consumando um trágico fratricídio. Mais tarde, Venceslau foi canonizado e seus restos mortais descansam até hoje na Catedral de São Vito, no Castelo de Praga. Você também verá o nome do duque na Praça Venceslau, no centro de Praga. A propósito, Praga fica a poucos passos da Rota do Elba, a apenas 30 km do Brandýsnad Labem.

Mas não se pode esquecer que estamos viajando pela Rota do Elba, que agora nos leva à cidade histórica de Mělník. Localizada na confluência dos rios Elba e Moldava, esta cidade costumava ser incluída entre o dote das rainhas tchecas e é o berço de uma antiga tradição vinícola, que foi fundada aqui pelo rei Carlos IV com  vinhas trazidas da Borgonha e de Champagne.

Perto de Mělník encontra-se o Monte Říp, associado à lenda de Brandýs, ainda mais antiga. Dizem que o patriarca Čech subiu ao topo da montanha porque queria olhar em volta e ver se essas terras eram boas o suficiente para que seu povo se estabelecesse ali. Após uma longa jornada, o patriarca disse a seu povo que esta era a terra que eles estavam procurando, pois era fértil, segura e próspera. Em gratidão, eles batizaram sua nova casa com o nome de Čechy, que significa Terra Tcheca. Algumas fontes dizem que tudo isso aconteceu em meados do século VII, mas outros dizem que a área já era habitada no século VI. A lenda ainda sobrevive na rotunda românica, localizada no pico de Řpy, que é um dos edifícios mais antigos da República Tcheca.

Tagged sob

A Prefeitura de Mauá criou projeto de lei que institui na cidade o programa Fique em Dia, uma parceria com o Poder Judiciário que facilita a renegociação de débitos fiscais com a administração municipal e suas autarquias. 

Os contribuintes terão até 100% de desconto em multas e juros no pagamento de IPTU, ISS, multas de trânsitos e até mesmo contas de água não pagas com à SAMA (Saneamento Básico do Município de Mauá). A proposta prevê ainda o parcelamento das dívidas em até 36 meses. 

O contribuinte que parcelar a dívida em 12 meses terá desconto de 100% no valor de multas e juros. Já quem dividir as dívidas em 24 vezes, terá 70% de desconto nos juros e quem optar por pagar as pendências municipais em 36 parcelas, terá desconto de 50% dos juros.

Essa é a segunda edição do Programa Fique em Dia, que foi um sucesso de adesão no ano passado. O parcelamento com descontos serão estendidos tanto para pequenas quanto para grandes dívidas com a Prefeitura de Mauá.

Os interessados deverão comparecer a Prefeitura a partir do dia 5 de novembro a 4 de dezembro, na Central de atendimento do Paço Municipal – Av. João Ramalho, 205 – Vila Noêmia.

Tagged sob

O céu de Santo André ficou concorrido e repleto de beleza e adrenalina, no domingo (14). Isso porque dois grandes eventos foram realizados no Parque Central: a reinauguração da pista de aeromodelismo, que contou com inúmeras apresentações, e o tradicional Festival de Pipas Artísticas, que chegou à décima edição.

Curiosos, fãs e apreciadores de aviação puderam conferir verdadeiros espetáculos no ar durante a atividade que marcou a reinauguração da pista de aeromodelismo do parque.

Atendendo às necessidades dos praticantes do aeromodelismo, o Departamento de Parques da Prefeitura de Santo André, contando também com a colaboração dos usuários, proporcionou uma nova comunicação visual, refez os 80 metros de alambrado da pista, e realizou trabalho paisagístico da vegetação local. Além da área do Aeromodelo, o espaço do Automodelo também foi revitalizado, com instalação e pintura do toldo do deck.

Na ocasião, o prefeito Paulo Serra destacou a importância da parceria da sociedade civil com o poder público. “O importante é a união e compreensão para a conquista deste que é mais um equipamento que resgatamos na cidade. Depois de anos sem uso, agora temos mais uma parte do nosso parque recuperada, revitalizada e que será bem utilizada para este esporte, que é mais que uma modalidade, é uma causa. Fica o desafio para a recuperação completa da pista do automodelismo e assim criarmos um grande complexo de modelismo na nossa cidade", afirmou.

O secretário de Meio Ambiente, Fábio Picarelli, comemorou a inauguração de mais este espaço na cidade. “Santo André tem vivido uma gestão que está empenhada no enfrentamento dos problemas da cidade, fazendo com que ela volte a ser referência em vários aspectos, como agora no aeromodelismo. Fica o agradecimento a toda a equipe que se empenhou bastante para que a entrega desta pista fosse concluída com sucesso”.

O campeão brasileiro de Vôo Circular Controlado (VCC), Benê Rodrigues, marcou presença no evento e comemorou a recuperação da pista de aeromodelismo. “Parabéns a todos que batalharam pela reinauguração desta pista. Fica o agradecimento aos representantes de outras cidades que vieram prestigiar este momento e acompanhar este esporte que é carregado nos ombros por todos os aeromodelistas, sempre empenhados no progresso desta nossa modalidade com apresentações de nível internacional”, concluiu.

Representante da Confederação Brasileira de Aeromodelismo (COBRA), Mário Malta, o Malta Jones, relembrou sua trajetória na modalidade e reforçou a importância da iniciativa para a comunidade. “O apoio e incentivo ao esporte são fundamentais. Comecei no aeromodelismo com 15 anos e hoje, com 56, é uma satisfação encontrar a mesma turma de aeromodelistas, já formados e campeões. Isso nos engrandece muito. Nosso objetivo é continuar assim, todos unidos, e tentar trazer os campeonatos para cá, mostrando o trabalho maravilhoso realizado em Santo André”, pontuou Malta, ao realizar uma homenagem à administração municipal e ao Grupo Informal de Aeromodelismo de Santo André.

10° Festival de Pipas Artísticas - O Festival de Pipas Artísticas, disputado em 11 categorias, também trouxe cores e uma diversidade de formatos de pipas ao Parque Central. O público também teve a oportunidade de apreciar pipas dragão, pipas gigantes, entre outras.

“Nosso objetivo é incentivar a criatividade e a prática desta modalidade de uma forma saudável”, enfatizaram os representantes da Turma dos Amigos, Rafael Siqueira e Rogério, conhecido como Lelo.

O Festival foi bastante elogiado pelo casal Luciane Onesorg e Amauri Santaner, que levou o filho André Luiz, de 4 anos, para conferir a atração. “Buscamos sempre que possível prestigiar a programação aqui do Parque. Adoramos pipas e queremos sempre aproveitar as atividades ao ar livre ao lado do nosso pequeno”, afirmou Luciane.

Tagged sob

O volume de consumidores com contas em atraso segue elevado em todo o país, refletindo o quadro de dificuldades das famílias. No último mês de setembro aumentou em 3,9% a quantidade de novos inadimplentes na comparação com o mesmo período do ano passado. Os dados são da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito, a partir das bases as quais ambas instituições têm acesso. Em número absoluto, estima-se que cerca de 62,4 milhões de brasileiros estejam com restrições ao CPF, o que representa 40,6% da população adulta acima de 18 anos.

Se na comparação anual houve um aumento de brasileiros com contas atrasadas, na comparação mensal a inadimplência apresentou ligeira queda. Na passagem de agosto para setembro, sem ajuste sazonal, quantidade de pessoas inadimplentes ficou praticamente estável, com variação de 0,1%. Para o presidente da CNDL, José Cesar da Costa, a inadimplência continua alta no país. “O desemprego permanece elevado e a renda não superou os patamares anteriores à crise, prejudicando o orçamento e a capacidade de pagamento dos consumidores. Esse quadro deve só deve ser revertido com a melhora do mercado de trabalho, o que exige por sua vez uma recuperação econômica mais vigorosa”, explica o presidente.

Inadimplência entre idosos avança 10,0%. Mais da metade da população na faixa de 30 a 39 anos está negativada

O indicador revela que o aumento mais acentuado da inadimplência acontece entre a população mais velha. Na comparação entre setembro de 2018 e setembro do ano passado, houve um crescimento de 10,0% na quantidade de inadimplentes entre 65 e 84 anos. Em número absoluto, estima-se um total de 5,4 milhões de consumidores com o CPF restrito nessa faixa etária.

Considerando os brasileiros de 50 a 64 anos, a alta no número de negativados foi de 6,2%, com 12,9 milhões, e na população de 40 a 49 anos foi de 4,9%, com 14 milhões de inadimplentes.

Os dados apontam ainda que a maior parte dos inadimplentes (51,5%) permanece na faixa dos 30 aos 39 anos. São 17,7 milhões de pessoas que não conseguem honrar seus compromissos financeiros. Na população mais jovem, os números também são expressivos: 7,7 milhões de inadimplentes entre 25 a 29 anos e 4,4 milhões com contas atrasadas têm entre 18 e 24 anos.

Na avaliação do presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior, o fato de os idosos estarem tendo cada vez mais acesso a linhas de crédito acaba levando à inadimplência nessa faixa etária. “Com o aumento da expectativa de vida, a população idosa participa cada vez mais ativamente do mercado de crédito, com um leque maior de produtos e serviços voltados para esse público específico. Isso eleva o número de potenciais consumidores nessa faixa etária, assim com o número de consumidores que eventualmente caem na inadimplência”, analisa.

Inadimplência cresce 11,9% no Sudeste. Norte é região com maior proporção de pessoas com CPF restrito

Mais uma vez a região Sudeste continua apresentando maior alta na quantidade de devedores, com 11,9%. Em segundo lugar ficou o Norte, com aumento de 4,0%; em terceiro aparece o Nordeste, com 2,7%; em quarto está o Sul, também com 3,7%; e em quinto o Centro-Oeste, com 1,0%.

Proporcionalmente, a região Norte concentra o maior número de inadimplentes: 48,2% da sua população adulta está com o CPF restrito, o que representa 5,8 milhões de consumidores negativados. A segunda região mais inadimplente é o Nordeste, que tem 42,3% dos adultos com contas em atraso ou 17,2 milhões de consumidores com restrições ao crédito. No Centro-Oeste são 5,0 milhões de inadimplentes (42,3% da população adulta local), no Sudeste há um total de 27,0 milhões de negativados (39,1% dos residentes acima de 18 anos) e no Sul, cerca de 8,4 milhões de pessoas com pendências financeiras (37,2% da população adulta).

Volume de dívidas tem alta de 1,5% em setembro; dívidas bancárias crescem 8,5%, enquanto crediário tem queda de -6,1%

Outro número calculado pela CNDL e pelo SPC Brasil é o volume de dívidas que está no nome de pessoas físicas. No último mês de setembro, houve um crescimento de 1,50% ante 2017. Na base mensal de comparação, isto é, setembro frente agosto, foi observado uma leve queda de -0,04% no volume de dívidas em atraso.

Os dados das pendências por setor credor revelam que as dívidas bancárias — cartão de crédito, cheque especial e empréstimos — apresentou a alta mais expressiva em setembro: 8,5% na comparação com o mesmo mês de 2017. Já no comércio observou-se queda de -6,1% com atrasos no crediário. Depois vem os serviços básicos, como água e luz, cuja queda foi de -1,1%.

Quanto à participação, 52,7% dos compromissos financeiros não quitados foi contraída em bancos ou financeiras, seguidas do comércio (17,9%) e emprestas prestadoras de serviços básicos (7,9%).

Tagged sob

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu