11 Dec 2018


Braskem apoia 8 cooperativas de reciclagem do ABC

Publicado em Negócios
Avalie este item
(1 Voto)

A Braskem anunciou, na segunda (3), os resultados de alguns dos seus projetos que visam estimular a Economia Circular, na cadeia de produção de transformados plásticos. Iniciativa que engloba o engajamento de consumidores a programas de reciclagem por meio de ações educacionais de consumo consciente, o uso de ferramentas de avaliação de ciclo de vida e o apoio a ações para melhoria do gerenciamento de resíduos sólidos a fim de prevenir o descarte de lixo nos mares.

A companhia irá trabalhar para que a totalidade das embalagens plásticas sejam reutilizadas, recicladas ou recuperadas até 2040. Para isso, ampliou o Programa SER+, que fomenta a cadeia da reciclagem por meio da capacitação.

Neste ano, a empresa passou a apoiar oito cooperativas de reciclagem no ABC, a partir de convênios e parcerias firmados entre outubro e novembro. O objetivo é contribuir com a inclusão social e o desenvolvimento socioeconômico dos catadores e cooperados, incentivando a cadeia de reciclagem local e nacional.

Segundo o gerente de Relações Institucionais da Braskem, Flávio Chantre, o ‘Programa Ser+’, que começou em 2012, incentiva a reciclagem. “São seis anos do programa. Até o ano passado, só tínhamos uma cooperativa do ABC de materiais recicláveis que incentivávamos localizada em Mauá. Neste ano, de 2018, adicionamos mais sete, então, ficamos ao todo, com oito cooperativas de catadores, com o objetivo de melhorar a gestão dessas cooperativas, e consequentemente melhorar as questões sociais e econômicas, pois a renda desses cooperados aumenta. O objetivo é que utilizemos esse material reciclado para voltar ao mercado, produzindo uma resina plástica, com a base de material reciclado”, afirmou.

O programa está presente em Alagoas, Bahia, São Paulo e Rio Grande do Sul, estados onde a Braskem possui operação. O programa visa aumentar a reciclagem de resíduos pós-consumo no Brasil de maneira colaborativa, aliando a promoção da eficiência da cadeia produtiva da reciclagem à inclusão e desenvolvimento socioeconômico dos catadores. No ABC, as oito cooperativas são, em Diadema: Cooperlima, Cooperfênix e Nova Conquista; Mauá: Coopercata; São Bernardo: Cooperluz e Reluz; São Caetano: Cooptresc e Ribeirão Pires: Cooperpires.

No último ano, 35 cooperativas foram beneficiadas pelo SER+, sendo que, entre 2015 e 2017, mais de cinco mil catadores foram beneficiados pela ação e mais de 70 toneladas de resíduos foram encaminhadas para reciclagem.

“São muitos os avanços da Braskem em relação aos resíduos pós-consumo, trazendo para uma economia circular, onde iremos reutilizar o material, valorizar o resíduo e transformar isso num negócio. O objetivo é endereçar as questões sociais através de ações junto a cooperativa de catadores. Então, no ABC, estamos apoiando oito cooperativas. Em questões ambientais, onde evitamos, prevenimos que o resíduo plástico vá até o meio ambiente, através de educação, e também a questão econômica, valorizando o resíduo, trazendo inovação para que tenhamos um produto reciclado, com qualidade e com valor à sociedade, tanto para a industria, como também para os consumidores. E nosso grande objetivo é conseguir engajar desde os nossos consumidores, até os nossos parceiros, clientes, e transformadores, para que juntos, desenvolvamos, de uma economia linear para uma circular”, afirmou Fabiana Quiroga, diretora de  da área de Reciclagem & Plataforma Wecycle.

Última modificação em Terça, 04 Dezembro 2018 11:08
Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Website.: www.folhadoabc.com.br/media/k2/users/anos.png

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu