17 Aug 2019


Dia das Mães deve movimentar mais de R$ 24 bilhões no varejo

Publicado em Negócios
Avalie este item
(0 votos)

Considerada pelos varejistas como a principal data comemorativa do primeiro semestre e a segunda melhor do ano em termos de faturamento, perdendo apenas para o Natal, o Dia das Mães deve aquecer as vendas pelos próximos dias.

Levantamento realizado em todas as capitais pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) revela que 78% dos consumidores devem realizar pelo menos uma compra no período, o dado fica bastante próximo dos 74% observados em 2018. Em números, a expectativa é de que aproximadamente 122,1 milhões de brasileiros presenteiem alguém este ano, o que deve movimentar uma cifra próxima de R$ 24,3 bilhões nos segmentos do comércio e serviços.

A pesquisa detectou ainda um aumento de sete pontos percentuais na parcela de consumidores que pretendem desembolsar uma quantia maior na data: em 2018, apenas 19% dos consumidores acreditavam que iriam gastar mais com os presentes e agora, em 2019, o dado passou para 26% dos entrevistados. Outros 41% devem gastar a mesma quantia que em 2018, ao passo que 24% planejam gastar menos. Roupas, calçados e acessórios devem ser os líderes de venda neste ano; consumidor vai desembolsar quase R$ 200 com presentes

A pesquisa ainda revela que no Dia das Mães deste ano, os produtos campeões de venda devem ser as roupas, calçados e acessórios (42%), perfumes (36%), cosméticos (23%) e chocolates (19%). O ranking ainda é formado por flores (15%), maquiagem (13%), ida a restaurantes (12%) e utensílios de cozinha (12%). Já os itens de tíquete médio mais elevado e, que pesam mais no orçamento, aparecem com menos força, como celulares (10%), eletrônicos (10%) e eletrodomésticos (8%).

No ABC- Consumidores do ABC pretendem gastar R$ 210 em média com presentes neste Dia das Mães.  Segundo Pesquisa de Intenção de Compras (PIC) realizada pela Universidade Metodista, esse valor irá gerar movimentação comercial de R$ 129 milhões na região, ou 6,5% menos em termos reais (descontada a inflação) em relação ao ano passado. Os consumidores apontaram que deverão presentear em primeiro lugar as mães (54%), seguidas das sogras (13%), avós (11%) e esposas (10%). A maior parcela dos entrevistados (53,3%) se concentra na faixa de 3 a 10 salários mínimos. Já entre os estabelecimentos preferidos para compra estão os shoppings centers (41,8%), seguidos do comércio formal do centro da cidade (26%).

Última modificação em Sexta, 10 Maio 2019 09:44
Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Website.: www.folhadoabc.com.br/media/k2/users/anos.png

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu