16 Jul 2024


Setor varejista de moda demite 1,2 funcionários

Publicado em Negócios
Avalie este item
(0 votos)

As dispensas foram feitas de janeiro a 15 de junho pelas quatro maiores: Renner, Riachuelo, Marisa e C&A

Riachuelo, Marisa, C&A e Renner, quatro maiores varejistas do ramo de moda de São Paulo, fecharam 1,2 mil postos de trabalho de janeiro até 15 de junho deste ano. O número de homologações chegou a 45% maior que as demissões efetuadas no mesmo período do ano passado, quando as empresas demitiram 818 funcionários. Os dados são do Sindicato de Comércio de São Paulo.  Essas demissões, obviamente, são reflexos da retração econômica e da queda de vendas no varejo. Em todo o País, essas quatro empresas varejistas mantêm 1,236 lojas e empregam 91,7 mil pessoas. Assim, 120 lojas estão estabelecidas na cidade de São Paulo. A maior varejista de moda em operação atua na BM&FBovespa, que, em 2014, fechou o ano com faturamento de R$ 5,2 bilhões. A Renner tem atualmente 258 lojas no país e emprega 17 mil pessoas. A Riachuelo é a segunda maior empresa aberta do segmento, com faturamento de R$ 4,73 bilhões, 269 lojas e 40 mil empregados. A terceira na bolsa, a Marisa tem receita de R$ 3,34 bilhões em 2014, tem 14,7 mil funcionários e 414 lojas. A C&A, maior companhia de varejo, segundo a consultoria Euromonitor, emprega 20 mil funcionários e possui 295 lojas. Em 18 meses, a C&A abriu 34 lojas, cinco neste ano, e colocou no ar, em fevereiro seu site de comércio eletrônico. São Paulo é o maior produtor e também consumidor do segmento de vestiário no país.

Última modificação em Quinta, 25 Junho 2015 09:37
Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Mais nesta categoria: TIM abre 200 vagas no ABC »

Main Menu

Main Menu