12 Nov 2018


Prefeitos viajam a Bélgica para expor práticas de desenvolvimento

Publicado em Política
Avalie este item
(0 votos)

No segundo encontro cidade-cidade (City-to-City) do Programa de Cooperação Urbana Internacional (IUC) estiveram presentes representantes das cidades de Araripina, Belo Horizonte, Benedito Novo, Consórcio ABC, São Leopoldo, Vitória e da região de CIOESTE;

As cidades e regiões brasileiras realizam deste 2017, o intercâmbio com as cidades europeias, com o objetivo de melhorar o desenvolvimento urbano sustentável e inovação

Juntas trabalham temas como recuperação e gestão fluvial, cidades inteligentes, mobilidade e escassez de recursos urbanos, água, controle de inundações e crescimento econômico.

Na última semana, delegações de cidades e regiões brasileiras compareceram ao segundo encontro “Cidade-Cidade” do Programa de Cooperação Urbana Internacional, iniciativa que tem como objetivo conectar cidades e regiões do mundo para impulsionar o desenvolvimento urbano sustentável e a inovação entre elas. Dos 250 governantes municipais e regiões, se encontravam os representantes das cidades brasileiras de Araripina, Belo Horizonte, Benedito Novo, Consórcio ABC, São Leopoldo, Vitória e da região de CIOESTE.

O encontro permitiu que os representantes brasileiros compartilhassem suas experiências sobre o intercâmbio de desenvolvimento com seus compatriotas europeus, os projetos pilotos trabalhados com elas, e debatessem sobre diversas temáticas relacionadas ao desenvolvimento sustentável.

Em relação as temáticas de cooperação entre as cidades europeias e latino-americanas participantes do programa IUC, estiveram presentes em Bruxelas representantes da Prefeitura de Araripina, cuja parceira é a cidade de San Tirso (Portugal), que trabalham juntas na recuperação de rios e soluções naturais para seus cursos;  de Belo Horizonte, que trabalha questões sobre cidades inteligentes e crescimento econômico com Almada (Portugal); Benedito Novo, que junto com Pordenone (Itália), debatem soluções sobre escassez urbana e alternativas econômicas; Consórcio ABC, que colabora com Turim em mobilidade urbana e salubridade nas cidades; São Leopoldo, que coopera com o Eixo Atlântico (colaboração entre as cidades portuguesas de Braga e Viana do Castelo) em áreas verdes urbanas; e Vitória, que trabalha com Sevilha na gestão da água e controle de inundações.

No decorrer do programa, já foram realizados encontros entre as cidades parceiras tanto na América Latina como na Europa, e elas já estão trabalhando atualmente nos planos de ação, que serão publicados pela União Europeia no próximo mês de novembro.

O Secretário do Meio Ambiente de Vitória, Luiz Emanuel Zouain Da Rocha, está muito satisfeito pelo trabalho realizado com Sevilha e expôs os objetivos de seu intercâmbio:  permitir que Vitória seja mais amável e acessível para seus cidadãos, desenvolvendo ciclovias como meio de conseguir uma mobilidade sustentável na cidade, implementar modelos de reciclagem e compostagem para diminuir os resíduos produzidos, compartilhar modelos de governança e participar no Pacto de Prefeitos. “Para a delegação de Vitória, as lições aprendidas são: a necessidade de estudos técnicos para a elaboração de projetos executivos, o aumento da participação cidadã e obtenção de financiamento para estudantes, entre outros."

Para o Prefeito de São Leopoldo, Ary José Vanazzi, que trabalha em educação e fiscalização ambiental com a delegação do Eixo Atlântico, formada pelas cidades portuguesas de Braga e Viana do Castelo, apresentou o plano desenhado durante o intercâmbio e garantiu que permitirá a melhor gestão da água, áreas verdes e energia da cidade.

Também estiveram em Bruxelas, representantes da Prefeitura de CIOESTE, que atualmente coopera com a região polaca de Bielsko- Biała. Os representantes brasileiros e poloneses falaram das áreas de interesse comum identificadas nas regiões, como os estímulos a empresas de tecnologia e o impulso da internacionalização das PMEs. Os poloneses asseguraram que adorariam que sua região fosse uma porta de entrada para as pequenas e médias empresas brasileiras e, que por ele, organizariam reuniões com importantes empresários locais.

No dia de abertura do evento, o Secretário Municipal do Meio Ambiente de Vitória, Luiz Emanuel Zouain da Rocha, participou em um painel de discussão sobre exemplos inspiradores de ações contra a mudança climática. Ainda durante o evento, no painel “Do planejamento da ação ao financiamento”, participaram o Secretário executivo de Consorcio ABC, Antônio José Vieira, falando sobre seu intercâmbio com a cidade de Turim; o Secretário de Vitoria, Luiz Emanuel Zonain, que debateu com a representante de Sevilha, Esperanza Caro, sobre seu trabalho em conjunto dentro do IUC; e o Prefeito de São Leopoldo, Ary José Vanazzi, que apresentou com Viana do Castelo, os ganhos alcançados entre as cidades.

As cidades e regiões brasileiras participantes do programa continuarão cooperando com suas parceiras europeias até cumprir pelo menos 18 meses, ainda que não haja um tempo máximo de colaboração entre as cidades.

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Website.: www.folhadoabc.com.br/media/k2/users/anos.png

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu