08 Jul 2020


Acidentes de trânsito registram queda de 28,4% no Estado

Publicado em Política
Avalie este item
(0 votos)

Os novos números do Infosiga SP, sistema de dados do Governo de São Paulo gerenciado pelo programa Respeito à Vida, revelam forte redução dos acidentes e fatalidades de trânsito em todo o Estado. Em maio, foram registrados 387 óbitos contra 487 no ano passado, queda de 20,5%. A exceção são os motociclistas, com 179 mortes no mês passado contra 167 em 2019, aumento de 7,2%. Acidentes de trânsito, que incluem ocorrências sem vítimas fatais, registraram queda de 28,4% (11,9 mil acidentes em maio deste ano contra 16,6 mil em 2019).

Óbitos por acidentes de trânsito no mês de maio

De acordo com os dados do Infosiga SP, houve queda de 14,7% nos acidentes fatais em vias municipais, que concentram 52,5% dos casos. Nas rodovias, a queda foi de 26,9%. Em 10 regiões administrativas do Estado houve redução dos índices.


Variação de óbitos por Região Administrativa
Maio 2019 x 2020

Araçatuba

-11%

 

Marília

+44%

 

Baixada Santista

+35%

 

Metropolitana de SP

-20%

 

Barretos

+40%

 

Presidente Prudente

    0%

 

Bauru

+13%

 

Ribeirão Preto

-45%

 

Campinas

-14%

 

S. J. do Rio Preto

-48%

 

Central

-47%

 

S. J. dos Campos

-35%

 

Franca

-63%

 

Sorocaba

-33%

 

Itapeva

-27%

 

Registro

+100%

 

Meios de transporte

A análise do programa Respeito à Vida indica ainda queda nas fatalidades em todos os modais, com exceção dos motociclistas. Ocorrências envolvendo motos lideram as estatísticas, com 179 casos em maio deste ano, aumento de 7,2% na comparação com 2019 (167 óbitos). Em seguida, aparecem os automóveis com 93 ocorrências contra 117 em 2019, queda de 20,5%.

A maior redução ocorreu entre os pedestres: foram registradas 73 fatalidades contra 130 em maio do ano passado (-43,8%). A queda também foi significativa entre os ciclistas, com 28 ocorrências fatais em maio contra 38 em 2019 (-26,35%).

 

Óbitos por modal


Perfil da vítima

No mês de maio, jovens com idade entre 18 e 29 anos representaram 31,3% das vítimas. Entre os motociclistas, essa proporção sobe para 48,6%. Em 68% dos casos, as vítimas fatais são os próprios condutores dos veículos. Homens seguem como as principais vítimas dos acidentes (86% do total), e as ocorrências estão concentradas nos finais de semana (51,7%) e no período noturno (54,8%). Cerca de 47% das vítimas faleceram nos hospitais.

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu