08 Jul 2020


ABC avança para a fase amarela da reabertura econômica

Publicado em Política
Avalie este item
(0 votos)

O governador do Estado, João Doria, no Palácio dos Bandeirantes, acaba de anunciar, nesta sexta (26) de junho, durante coletiva de imprensa, junto ao prefeito de São Paulo, Bruno Covas, aos secretários estaduais, de Saúde, José Henrique Germann; Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen; de Desenvolvimento Regional, Marcos Vinholi; ao coordenador e secretário-executivo do Centro de Contingência do Coronavírus em São Paulo, respectivamente, Carlos Carvalho e João Gabbardo dos Reis, o sexto período da quarentena em São Paulo, para a retomada da economia, que irá vigorar de segunda (29) de junho até o dia 15 de julho.

A Capital e a Região Metropolitana de São Paulo avançaram para a fase 3 (amarela) do Plano São Paulo, que permitirá a abertura, além dos comércios, serviços, shoppings, de salões de beleza, barbearias, hotéis, bares e restaurantes. “Apesar dos números absolutos de evolução da pandemia ainda estarem elevados, o percentual de casos e internações vem demonstrando queda”, esclarece Doria.

Na fase amarela, seguindo protocolos sanitários, comércios, serviços, shoppings, galerias e estabelecimentos congêneres, poderão ampliar a capacidade de funcionamento para 40% do total, ampliar o horário de atendimento para 6 horas, porém ainda haverá proibição na operação das praças de alimentação. Será liberado o funcionamento de salões de beleza e barbearias, com as mesmas restrições. Bares e restaurantes poderão operar somente com áreas arejadas, capacidade limitada a 40%, também com horário funcionamento reduzido, 6 horas, e seguir horário de funcionamento até às 17h.

“Houve melhora significativa da epidemia em relação ao número de leitos, queda de internações, menor índice da variação de casos e menor número de óbitos, o que proporcionou à Capital e à Região Metropolitana avançarem de fase”, explica Patricia.

A reabertura não acontecerá já nesta segunda (29) de junho. “São Paulo deverá aguardar mais uma semana, acatando o pedido do Centro de Contingência, assinar os novos protocolos e, aguardar a confirmação dos resultados, da próxima sexta (3) de julho, para, então, na segunda (6) de julho, iniciar a reabertura da fase amarela”, explica Covas. A região do ABC deverá seguir o mesmo procedimento.

“De todo o Estado, 64,18% dos municípios estão classificados nas fases 2 e 3, o que representa mais de 30 milhões de pessoas, enquanto que 24,82% ficará na fase 1 (vermelha)”,  afirmou Vinholi.

FASE VERMELHA- Os municípios de Franca, Ribeirão Preto, Araçatuba, Presidente Prudente, Marília, Bauru, Sorocaba, Registro e Piracicaba deverão ficar somente com os serviços essenciais em funcionamento, por conta da piora no quadro de internações, casos e óbitos.

BOLETIM- O secretário estadual de Saúde, José Henrique Germann, atualizou o número de casos no Estado:

- 258.508 casos confirmados

- 13.966 óbitos

- 5.666 internações em UTI

- 8.274 internações em enfermaria

Germann revelou que a taxa de ocupação das UTIs no Estado é 65,4% e na Grande São Paulo de 67,7%.

Última modificação em Sexta, 26 Junho 2020 13:37
Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu