30 Oct 2020


Estado realiza 'Operação Independência’ para evitar aglomerações no feriado

Publicado em Política
Avalie este item
(0 votos)

O governador do Estado, João Doria, no Palácio dos Bandeirantes, acaba de anunciar, nesta sexta (4) de setembro, durante coletiva de imprensa, junto ao prefeito de São Paulo, Bruno Covas; aos secretários estaduais, de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen; de Saúde, Jean Carlo Gorinchteyn; de Segurança, João Camilo Pires de Campos; Infraestrutura, Marcos Penido; ao coordenador e ao secretário-executivo do Centro de Contingência do Coronavírus em São Paulo, respectivamente, José Osmar Medina e João Gabbardo dos Reis, novas atualizações das fases do Plano SP.

Doria revelou que neste feriado de 7 de setembro não haverá paradas ou desfiles em celebração a Independência do Brasil em todo o Estado; que o novo Museu do Ipiranga, o Museu da Independência, deverá ser entregue em setembro de 2021, após obras com investimentos privados na ordem de R$ 160 milhões e fez um apelo para que os paulistas tenham cuidado e zelo ao saírem  de suas casas e se deslocarem para outros municípios, durante o feriado.

Além disso, o governador anunciou que cinco regiões progrediram da fase laranja para a fase amarela. Com isso, 95% das regiões do Estado ficam classificadas na fase 3 (amarela). Progrediram de fase os municípios de Marília, Presidente Prudente, Registro, São José do Rio Preto e São João da Boa Vista. “É a quarta semana consecutiva que registramos índices em queda de infecções, óbitos e internações em leitos de UTIs”, enfatizou Doria.

A 10ª etapa da quarentena do Estado termina nesta sexta (4). A partir de sábado (5), se inicia a 11ª fase da quarentena que se estenderá até 19 de setembro.

SEGURANÇA- A pedido dos prefeitos de cidades do litoral e de estâncias turísticas, o Estado irá realizar a ‘Operação Independência’, durante todo o feriado, até terça (8), com apoio e fiscalização de 20 mil policiais, 11 helicópteros, 7,2 mil viaturas e 32 drones.

CONCESSÃO- Doria ainda anunciou a concessão para o setor privado da Usina de Traição da Capital, que agora se chamará Usina São Paulo. Com ágio de 1.900%, a proposta vencedora da licitação para concessão foi no valor de R$ 280 milhões e o período de exploração será de 22 anos. Com a concessão, o Estado irá economizar R$ 12 milhões por ano.

CAPITAL- Covas anunciou que foi publicado decreto que permite que buffets e estabelecimentos congêneres poderão operar, com o mesmo alvará, como restaurante e bares, posto que os mesmos ainda não são permitidos funcionar de acordo com a atual fase que a Capital se encontra no Plano SP. Além disso, informou o fechamento do hospital de campanha do Anhembi, que recebeu investimento de R$ 7, 5 milhões, tendo em vista a queda no número de internações no local. 

BOLETIM- O secretário de Saúde, Jean Carlo Gorinchteyn, atualizou o número de casos no Estado:

- 845.016 casos confirmados

- 31.091 óbitos

- 4.582 internações em UTI

- 6.112 internações em enfermaria

Gorinchteyn revelou que a taxa de ocupação dos leitos de UTIs no Estado é 54% e na Grande São Paulo de 51,5%.

Última modificação em Sexta, 04 Setembro 2020 13:25
Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu