29 Oct 2020


Estado lança Plano Retomada 21/22, que irá captar R$ 30 bi em investimentos

Publicado em Política
Avalie este item
(0 votos)

O governador João Doria acaba de anunciar, nesta sexta (16) de outubro, durante coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes, o novo Plano de Retomada Econômica 21/22 para atração e capital nacional e multinacional para a economia de São Paulo. Em dez dias ele será apresentado para investidores internacionais.

O plano, elaborado pelo secretário da Fazenda e Planejamento, Henrique Meirelles, terá 19 propostas de concessões e parcerias público-privadas com capacidade de atrair R$ 30 bilhões em investimentos em dois anos, 2021 e 2022. Serão gerados até 2 milhões de empregos. O objetivo é promover o crescimento econômico e geração de empregos e renda em 14 polos de Desenvolvimento Econômico do Estado, nos setores de tecnologia, comércio, serviços, saúde, transporte, agricultura, indústria, infraestrutura (com linhas de trens, metros, rodovias, aeroportos, hidrovias, entre outros), turismo e agricultura.

“De acordo com dados do Banco Central, o Estado de São Paulo cresceu 2,8% em 2019, o que representa mais de duas vezes que o PIB nacional, que foi de 1% e segundo o PIB+30 da Fundação Seade, a economia de São Paulo tem se recuperado mais rápido que a do Brasil”, afirmou Doria.

O programa de retomada econômica foi anunciado poucos dias após a Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) aprovar a Reforma Administrativa no Estado que permitirá a extinção de cinco estatais e economia de R$ 7 bilhões aos cofres públicos.

Dentre as novas oportunidades de concessões e parcerias estão: Trem Intercidades, com investimento de US$ 1,4 bilhão; Concessão das Linhas 8 e 9 da CPTM, com US$ 500 milhões;  Concessão das Rodovias do Litoral, por US$ 600 milhões; Renovação de Contratos e Concessões Rodoviárias; Concessão de 22 aeroportos regionais, por US$ 80 milhões; Concessões e Parcerias de outros setores, como por exemplo do Ginásio do Ibirapuera, com US$ 200 milhões.

Também participaram o prefeito de São Paulo, Bruno Covas; os secretários estaduais, de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen; de Saúde, Jean Carlo Gorinchteyn; Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi; de Relações Internacionais, Julio Serson; ao coordenador e ao secretário-executivo do Centro de Contingência do Coronavírus em São Paulo, respectivamente, José Osmar Medina e João Gabbardo dos Reis.

BOLETIM- O secretário de Saúde, Jean Carlo Gorinchteyn, atualizou o número de casos no Estado:

- 1.057.240 casos confirmados

- 37.870 óbitos

- 3.153 internações em UTI

- 4.040 internações em enfermaria

Gorinchteyn revelou que a taxa de ocupação dos leitos de UTIs no Estado é 41,6% e na Grande São Paulo de 41%.

 

Última modificação em Sexta, 16 Outubro 2020 13:43
Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu