14 Apr 2021


Estado de SP terá 'Toque de Restrição' das 23h às 5h até o dia 14 de março

Publicado em Política
Avalie este item
(0 votos)

O governador João Doria anunciou, nesta quarta (24) de fevereiro, durante coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes, novo decreto, Toque de Restrição, com a limitação da circulação de pessoas, das 23h às 5h em todo o Estado de São Paulo, a partir de sexta (26) de fevereiro até o dia 14 de março.

“Devido ao recorde de internações de Covid-19 no sistema hospitalar do Estado, o governo atendeu a expressa recomendação do Centro de Contingência de São Paulo, com esse decreto de restrição de circulação de pessoas. Adotamos essas medidas para proteger vidas, não há satisfação em aplica-las. Sem vidas não há consumo, mortos penalizam famílias, entristecem o Estado e o Brasil”, disse Doria.

Doria informou ainda que há 6.657 pessoas internadas em leitos de UTI, o que corresponde a um recorde desde fevereiro de 2020. “Várias cidades europeias adotaram medidas restritivas de circulação. A pandemia não acabou e o vírus continua circulando. Precisamos de mais vacinas”, enfatizou o governador.

Nesta quarta (24), também foi entregue ao Ministério da Saúde, novo lote com 900 mil doses da vacina Coronavac. Até o dia 5 de março, serão 15,4 milhões de doses para o Programa Nacional de Imunização (PNI) e até o dia 30 de abril, serão 46 milhões de doses.

De acordo com Paulo Menezes, coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus, houve aumento de 9,1% no número de internações por Covid-19 na comparação, entre a 7ª e 8ª semana epidemiológica. “Houve um aumento expressivo na ocupação de leitos de UTIs nos últimos dez dias. Foram 660 pessoas a mais. Há a possibilidade de esgotamento dos leitos hospitalares em 3 semanas”, avaliou.

FISCALIZAÇÃO- Haverá força-tarefa de fiscalização em São Paulo, entre as Vigilância Sanitárias municipais do Estado; a Polícia Militar (PM) que irá combater as aglomerações e promover blitz de fiscalização com orientações à população; e o Procon, para reforçar o efetivo.  

Segundo a secretária de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen, os trabalhadores que estiveram retornando para suas casas não serão afetados com a fiscalização, pois o foco é coibir aglomerações, festas clandestinas e reuniões particulares que gerem aglomerações. 

Participaram da coletiva os secretários estaduais, de Saúde, Jean Carlo Gorinchteyn; de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi; de Segurança, General João Campos; o secretário-executivo do Centro de Contingência do Coronavírus em São Paulo, João Gabbardo dos Reis; além do diretor Executivo Procon-SP e secretário estadual de Defesa do Consumidor, Fernando Capez; coordenadora do Centro de Controle de Doenças do Estado, Regiane de Paula e da diretora do Centro de Vigilância Sanitária do Estado de SP, Cristina Megid.

BOLETIM-  Gorinchteyn também atualizou o número de casos no Estado:

- 2.002.640 casos confirmados

- 58.528 óbitos

- 6.657 pacientes internados em UTI

- 7.714 pacientes internados em enfermaria

A taxa de ocupação dos leitos de UTIs no Estado é 69% e na Grande São Paulo de 69,3%.

Última modificação em Quarta, 24 Fevereiro 2021 14:18
Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu