21 Jan 2022


Bolsonaro recebe, em visita oficial, o presidente da Colômbia

Publicado em Política
Avalie este item
(0 votos)

O presidente Jair Bolsonaro recebeu o presidente da Colômbia, Iván Duque Márquez, na terça (19), no Palácio do Planalto. No encontro para estreitar os laços entre as duas nações, os mandatários assinaram acordos bilaterais e memorando de entendimento. Além disso, discutiram temas como os relacionados ao comércio e a segurança. A Colômbia é um dos principais parceiros comerciais do Brasil na América Latina.

Também foram tratadas questões relativas à cooperação fronteiriça, ciência, tecnologia, agricultura e saúde. “Trocamos informações bem como interesses mútuos que nos preocupam e também que pode levar a um melhor desenvolvimento de nossos países”, disse o presidente.

“Assim foi na questão da saúde, onde a Colômbia apresenta um alto grau de imunização, onde a doença [Covid-19] tem regredido também, assim como no Brasil, nós esperamos brevemente voltar à normalidade. Informações também e interesses na questão energética, biodiesel e etanol. Também uma questão muito importante, a cooperação fronteiriça e de segurança”, detalhou Bolsonaro.

Na área de meio ambiente, o Presidente Jair Bolsonaro citou a Amazônia que também se estende pelo território colombiano. “Com toda certeza, chegaremos unidos a Glasgow para tratar de um assunto muito importante e caro para todos nós, a nossa querida, rica e desejada Amazônia”, disse se referindo à 26ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática, a COP26, que ocorrerá em Glasgow, na Escócia, a partir do dia 31 de outubro.

Acordos e memorandos

Após a reunião entre os presidentes Jair Bolsonaro e Iván Duque Márquez, seguida de reunião ampliada com a participação de ministros dos dois países, foram assinados um acordo sobre serviços aéreos entre o Brasil e a Colômbia e um acordo de cooperação técnica internacional na área de segurança e defesa entre a Polícia Federal e a Polícia Nacional da Colômbia.

Foram firmados memorandos de entendimento nas áreas de cooperação em pesquisa e desenvolvimento, agricultura, desenvolvimento regional, entre serviços de apoio a pequenas empresas e promoção de exportações.

Trocas comerciais

O intercâmbio bilateral entre Brasil e Colômbia foi de US$ 3,6 bilhões em 2020. Nos oito primeiros meses de 2021, a corrente de comércio entre os dois países cresceu quase 50% na comparação com o ano anterior. A expectativa é que encerre o ano em patamares superiores aos registrados antes da pandemia.

Reunião sobre comércio

No último dia 8 foi realizada virtualmente a VI Reunião da Comissão de Monitoramento de Comércio Brasil-Colômbia onde foram discutidas formas de facilitar o comércio entre os dois países.

Na ocasião, foi assinado o Memorando de Entendimento que estabelece as mesmas condições de acesso recíproco do Acordo de Complementação Econômica nº 72 a bens originários de zonas francas e áreas aduaneiras especiais. Também trataram do trabalho para impedir a cobrança duplicada de impostos entre os países e para viabilizar o reconhecimento e o intercâmbio de Certificados de Origem Digital (COD).

Última modificação em Quarta, 20 Outubro 2021 09:42
Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Main Menu

Main Menu