09 Apr 2020


Especialista dá dicas sobre como evitar problemas cardíacos no Carnaval

Publicado em Saúde
Avalie este item
(0 votos)

Às vésperas da festa brasileira mais popular do mundo, as pessoas já estão se preparando para cair na folia. Para muitos, o carnaval aliado ao verão, alegria, músicas e bebidas, compõem a melhor época do ano. Porém, com essa rotina intensa por dias a fio, é preciso ter cautela e respeitar os limites do corpo para que o exagero não desencadeie problemas de saúde causados por má alimentação, desidratação e consumo excessivo de álcool.

Para quem tem problemas cardíacos, como arritmia, por exemplo, os cuidados devem ser redobrados. Assim como as baterias e os tambores do samba, o coração dos foliões precisa do ritmo certo para curtir de maneira saudável. Seja qual for sua programação para esse feriado, Thiago Libano Csernik, cardiologista do Hospital Brasil, da Rede D’Or São Luiz, dá dicas para você cair na folia sem descuidar da saúde.

 Beber com moderação

Para muitos foliões, o carnaval é sinônimo de bebidas alcóolicas. Porém, o consumo em excesso pode ser prejudicial, principalmente para àqueles que possuem algum tipo de problema cardíaco. “O álcool em grande quantidade é inimigo do coração e pode afetar a pressão arterial, assim como induzir arritmias e insuficiência cardíaca aguda”, alerta Líbano.

Para quem tem diabetes, também vale o alerta. O álcool pode fazer com que os níveis de glicose no sangue despenquem ou elevem consideravelmente. Por isso, o ideal é não ingerir esses tipos de bebidas nesses casos ou, se fizer isso, que seja com moderação.

 De olho na alimentação

Nos dias de festa, a empolgação supera até os cuidados alimentares. Mas se você é daqueles que quer aproveitar todos os dias do carnaval é preciso seguir à risca os cuidados médicos. O cardiologista sugere uma alimentação leve, com predomínio de frutas e vegetais.

Pit stop

Os portadores de doenças cardíacas devem tomar cuidado especial com tudo que afete ou sobrecarregue o coração. Segundo o especialista, assim como uma alimentação adequada, é necessário “fazer uma parada” algumas horas no dia. “O coração, quando sob estresse, pode sofrer de arritmias, que é a anormalidade na frequência cardíaca”.

Além disso, quem sofre de hipertensão ainda precisa tomar cuidado com bebidas energéticas. Mesmo sem conter álcool, o uso de energéticos é extremamente prejudicial. De acordo com o cardiologista, há substâncias presentes nessas bebidas que aumentam a frequência cardíaca e a pressão arterial, intensificando o risco de crises hipertensivas que podem causar acidente vascular cerebral e infarto.

 Olha, olha, olha, água mineral

Não é atoa que esse trecho se tornou um dos hinos do carnaval de rua. As altas temperaturas aliadas aos esforços físicos podem resultar em desidratação. Para evitar o transtorno, tenha sempre uma garrafinha de água em mãos. Outras boas pedidas são a água de coco, isotônicos ou sucos naturais. Tudo vale na hora de se refrescar e seguir o trio elétrico.

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Destaques

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu