27 Sep 2020


CPTM testa novo produto de desinfecção de trens no combate ao coronavírus

Publicado em Saúde
Avalie este item
(0 votos)

Em mais uma iniciativa para prevenção e combate à pandemia do novo coronavírus, a CPTM realizou ao longo dessa semana testes com um novo produto de desinfecção de trens. O procedimento foi realizado em uma composição que atende a Linha 8-Diamante da companhia.

Além de representantes da CPTM e da empresa fabricante, pessoas ligadas ao Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) também acompanharam o teste, que aconteceu no pátio de Presidente Altino, zona oeste de São Paulo.

De acordo com Vagner Rodrigues, gerente de Operação e Manutenção da CPTM, foi colhida uma amostra de superfície antes da aplicação, que consiste em uma lata de spray tipo “granada” – foram utilizadas duas para cada vagão.

Se for comprovada a eficácia do produto, a CPTM vai avaliar a aquisição. “Mas tudo depende do resultado desta importante série de testes que está sendo feito ao longo desta semana”, afirma o gerente.

Medidas de prevenção

Desde o início da pandemia, a CPTM tem trabalhado para atuar contra a proliferação da COVID-19. No início de maio, a companhia instalou na Estação Tatuapé, que atende as Linhas 11-Coral e 12-Safira, as duas primeiras cabines de desinfecção de passageiros da capital paulista. No final do mesmo mês a Estação Vila Olímpia, na Linha 9-Esmeralda, também passou a ter uma.

Em junho, começou a ser usado em trens da Linha 7-Rubi e 10-Turquesa um novo sistema de higienização de trens com pulverização de uma névoa de minúsculas gotículas ionizadas de desinfetantes. A solução sanitizante usada nesse sistema higieniza e elimina microrganismos e partículas em suspensão, como bactérias, germes e vírus. A CPTM foi a primeira empresa de transporte ferroviário a usar essa tecnologia no combate à COVID-19. O processo de higienização interna de cada vagão leva cerca de oito minutos.

Para proteger os seus funcionários, a companhia está investindo na aquisição de máscaras e todos têm acesso a álcool em gel e luvas, caso seja necessário. Funcionários com mais de 60 anos e de grupos de risco estão afastados do trabalho em atuando em esquema de home office.

Além disso, colaboradores da CPTM atuam como voluntários na confecção de máscaras destinadas tanto aos próprios colaboradores quanto à população em geral. E também com a ajuda de doações a companhia já doou máscaras para ONGs e para a população, em suas estações.

“A CPTM tem trabalhado incansavelmente para conhecer a aplicar soluções inovadoras e eficazes no combate à Covid-19. Para a população mantemos o pedido se sempre utilizar máscaras no transporte público, sempre lavar as mãos, e sair de casa somente se for necessário”, afirma o presidente da CPTM, Pedro Moro.

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu