26 Feb 2021


Extrato de Própolis: conheça os benefícios para a saúde

Publicado em Saúde
Avalie este item
(0 votos)

A demanda por extrato de própolis e derivados do mel aumentou 30% durante a pandemia de Covid-19, segundo a Federação Mineira de Apicultura (Femap). Isso aconteceu pelo fato do produto, que é tão conhecido pelos brasileiros, contar com propriedades antivirais, capacidade de regular o sistema imune, oferecer proteção ao organismo contra infecções e ainda ter ação anti-inflamatória.

Uma pesquisa recente inclusive reforça que aqueles que adotam esse hábito nos seus cuidados diários com a saúde estão no caminho certo. O estudo clínico*, realizado a partir de uma parceria entre o Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (IDOR), o Hospital São Rafael, de Salvador, e a Apis Flora, líder nacional no segmento de própolis, mel e extratos de plantas medicinais, mostrou que pacientes infectados pelo coronavírus que tiveram o extrato de própolis EPP-AF® administrado em seus tratamentos alcançaram respostas mais positivas, incluindo a redução de 50% no tempo de internação e diminuição de danos renais.

Com tanta representatividade no cenário atual, cresce o interesse em entender melhor as funcionalidades e benefícios do extrato de própolis para a saúde. Para contribuir com quem busca mais informações nesse sentido, Andresa Berretta, farmacêutica da Apis Flora, explica melhor os efeitos positivos do produto, como usá-lo e quais os tipos existentes no mercado, além do papel que ele desempenha no tratamento de casos de coronavírus.

Diferença entre a própolis e o extrato

A própolis é uma substância naturalmente produzida pelas abelhas, que serve como um "cimento" para fechar as frestas das caixas e proteção da colmeia contra bactérias, fungos e vírus. Na forma de extrato, é vendido em farmácias e estabelecimentos de produtos naturais, seja líquido ou em cápsulas.

De acordo com Andresa, o extrato de própolis é uma forma "purificada" da própolis in natura. "A formulação pronta, que está disponível para compra nas lojas, contém o que é ativo na composição e benéfico para o organismo humano, enquanto a versão bruta ainda conta com algumas impurezas", explica.

Cinco principais benefícios para a saúde

Análises clínicas mostram que o extrato de própolis pode ser bastante eficaz ao combater doenças no corpo humano. "Também temos estudos da Apis Flora que comprovam que ele melhora a candidíase oral, por exemplo. Além disso, o produto ajuda na cicatrização da pele", conta a profissional, que enumera mais cinco benefícios à saúde, todos positivos para a melhoria de quadros de Covid-19.

• É antiviral: o extrato de própolis impede a atividade microbiana, por isso, é eficaz no tratamento de quadros virais e bacterianos, como gripes, resfriados e dores de garganta.

• Aumenta a imunidade: aciona a atividade imunoreguladora, tão procurada na época de coronavírus. Além das gripes e resfriados, previne doenças que podem ser decorrentes de baixa imunidade.

• Ação anti-inflamatória: além da dor de garganta, pode auxiliar no tratamento de úlcera gástrica e dores reumáticas, como artrite e artrose.

• Atividade antioxidante: neutraliza os danos causados pelos radicais livres e, com isso, traz a ação antienvelhecimento para pele, tecidos e membranas. Também ajuda a diminuir os depósitos de gorduras nas veias e artérias. Como auxilia na limpeza dos vasos sanguíneos, atua na prevenção de doenças cardiovasculares e degenerativas, como Alzheimer e Parkinson.

•Proteção renal: a Apis Flora conta com um estudo clínico que comprova a proteção que o extrato de própolis EPP-AF® oferece aos rins. Esse processo durou um ano e a empresa conseguiu resultados importantes desde o primeiro mês.

Dosagem do extrato de própolis

Andresa explica qual a dosagem certa para os consumidores que desejam prevenir sintomas de gripes e resfriados. "Nós seguimos o regulamento técnico do Ministério da Agricultura. De modo geral, para adultos, recomendamos 30 gotas, uma vez ao dia, para imunidade, que podem ser dissolvidas em água, suco, mel ou outra bebida. Na pandemia, recomendamos duas vezes ao dia, de manhã e à noite, por conta do cenário mundial que vivemos", afirma. Ela também esclarece que essa dosagem equivale a uma cápsula do PROPOMAX®, produto que contém o extrato de própolis padronizado EPP-AF®, utilizado no estudo citado anteriormente.

"Na Apis Flora, nós temos o compromisso de contribuir com a melhoria da saúde e bem-estar do consumidor. A nossa padronização garante que ele receba um produto sempre com a mesma qualidade. Por ser natural, isso é muito importante, pois conseguimos disponibilizar itens com os mesmos benefícios e as quantidades corretas de substâncias boas para o organismo humano na formulação", contextualiza a farmacêutica.

Saiba reconhecer os tipos de própolis do mercado

Ao todo, são 12 tipos de própolis existentes. Isso acontece por ser um produto de origem natural, que depende do clima, da fauna e da flora brasileira e, portanto, é variável.

"Na Apis Flora, nós temos o compromisso de contribuir com a melhoria da saúde e bem-estar do consumidor. A nossa padronização garante que ele receba um produto sempre com a mesma qualidade. Por ser natural, isso é muito importante, pois conseguimos disponibilizar itens com os mesmos benefícios e as quantidades corretas de substâncias boas para o organismo humano na formulação", contextualiza a farmacêutica.

Dentro desse cenário tão vasto, existem três categorias mais conhecidas: Própolis verde, encontrada somente no território brasileiro; Própolis marrom, um dos tipos mais comuns no mundo, sendo que nem todas as opções estão categorizadas ainda; e Própolis vermelha, disponível em algumas regiões, que vem normalmente do mangue, é rico em benzofenonas, isoflavonas e medicarpina, compostos que garantem as propriedades medicinais.

"Todas elas podem ser uteis à saúde, mas existem diversos estudos clínicos em andamento, e isso é o que as diferencia atualmente: a comprovação científica. Como a própolis verde está em fase de pesquisa há mais tempo, ela conta com uma infinidade de benefícios confirmados. Enquanto isso, a vermelha já é direcionada para atividade antitumoral, mas ainda conta com vários potenciais em análise, assim como a marrom no Brasil", explica Andresa.

*Estudo clínico sobre efeitos positivos no tratamento da Covid-19

Aprovado pela Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (CONEP) e publicado na plataforma científica medRxiv, o estudo clínico conduzido pelo IDOR, Hospital São Rafael e Apis Flora foi realizado entre julho e agosto de 2020 e aplicou condutas distintas a três grupos de pacientes internados em função da Covid-19. Um dos grupos contava com pacientes que foram submetidos ao tratamento hospitalar padrão para a doença, e os outros dois com pessoas que receberam diferentes dosagem de extrato de própolis - 400 mg e 800 mg por dia.

"Os resultados mostraram que o tempo de recuperação dos pacientes que receberam a própolis foi mais rápido, pois seu período de internação foi 50% menor. Além disso, os que tiveram acesso ao produto apresentaram índice menor de lesão renal aguda", conta o Dr. Marcelo Silveira, líder do projeto no Hospital. Vale ainda mencionar que os pacientes que receberam a própolis não apresentaram necessidade de diálise e mostraram uma tendência de precisar menos de intubação, diferentemente dos que tiveram o tratamento padrão.


 
Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu