18 Aug 2019

O Sistema Detecta, da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, tem auxiliado as forças do setor em São Caetano (Guarda Civil Municipal, Polícia Militar e Polícia Civil) desde o início de 2018, quando o prefeito José Auricchio Júnior assinou convênio para a instalação do programa no município.

Neste 1 ano e meio, o índice de roubo de veículos caiu cerca de 35%, passando de 143 no primeiro semestre de 2017, quando ainda não havia o Sistema Detecta, para 93 no mesmo período deste ano.

“É, sem dúvida alguma, uma constatação bastante relevante, que coloca São Caetano com índices satisfatórios neste quesito específico de segurança. É importante ressaltar a indicação da queda no índice de roubo de veículos, pois trata-se de um crime que gera violência e causa um impacto psicológico muito forte para a vítima”, explicou o capitão PM Rodrigo Rocco Razuk Maluf, comandante da 3ª Cia. do 6º Batalhão da Polícia Militar.

DETECTA- Ferramenta primordial para que o trabalho conquiste eficácia, efetividade e celeridade, o Detecta é um programa de monitoramento inteligente. É o maior Big Data (conjunto de informações armazenadas) da América Latina, integrando bancos de dados das polícias paulistas, como os registros de ocorrências, Fotocrim (fichas de criminosos com arquivo fotográfico), cadastro de pessoas procuradas e desaparecidas, dados do Detran (Departamento Estadual de Trânsito), e registro de veículos furtados, roubados e clonados.

A Prefeitura de São Caetano conveniou-se ao Governo do Estado em dezembro de 2017 e, em janeiro de 2018, a cidade já estava coberta em suas entradas e saídas com 37 câmeras de monitoramento do Detecta.

O prefeito José Auricchio Júnior destacou, à época, a integração das forças policiais com o município no combate ao crime. “O Detecta é um sistema de muita eficiência, que organiza dados em fração de segundos e devolve a informação que auxilia no combate à criminalidade tanto imediatamente quanto em um processo posterior de investigação.”

Hoje, as entradas e saídas de São Caetano contam com 64 câmeras, em 26 pontos. Os equipamentos fazem a leitura das placas dos veículos e levam os dados em tempo real às viaturas da Polícia Militar e a uma central estratégica da Guarda Civil Municipal. O Detecta também está conectado às outras câmeras de trânsito do município.

O Colégio Singular, por meio da ESPA - Equipe Singulariana de Proteção aos Animais, além das ações lúdicas, campanhas de arrecadação de ração e de verba para promover a castração e vacinação dos pets abandonados, realiza feiras mensais de adoção e a próxima está agendada para este sábado (17), das 9h às 15h, no estacionamento da OAB Santo André, localizado na avenida Portugal, 233 – Centro.

A entrada é gratuita e para adotar um pet é preciso apresentar documentos pessoais, comprovante de residência e preencher alguns critérios, como ser maior de 18 anos e  ter a concordância da família, além de receber informações sobre guarda responsável e orientações jurídicas.

A Prefeitura de São Bernardo realiza, nesta sexta (16), das 9h às 13h, a 1ª Feira de Emprego direcionada exclusivamente ao público com idade superior a 40 anos. O ato ocorrerá na Central de Trabalho e Renda (CTR), localizado na Rua Marechal de Deodoro, Centro, e está inserido em mais um plano do Programa Emprega São Bernardo, que tem capacitado pessoas reinserção no mercado de trabalho. Ao todo, 900 cidadãos foram certificados em cursos profissionalizantes, que tem parceria com o Senac. Ao todo, 300 postos de trabalhos serão ofertados a este público, que maior dificuldade de empregabilidade no cenário atual.

Para esta ação, serão proporcionadas algumas dinâmicas, como recrutamento e processo de seleção entre as empresas parceiras, como a Breda Transports, Tecnolab, Niplan, C&C, Grupo Boticário, entre outras.

Nas vagas ofertadas estão auxiliar de logística, produção, caixa, ajudante de obras, pedreiro, projetista, analista de marketing, analista de Recursos Humano, motorista de micro-ônibus e ônibus. Idealizado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Trabalho e Turismo (SDECT), o evento corresponde aos festejos em comemoração aos 466 anos de São Bernardo, onde grandes entregas, ordens de serviços e outras atividades, acontecem até o inicio do próximo mês.

“A falta de emprego atinge todas as idades, mas para pessoas acima de 40 anos, a dificuldade é maior. Desde o primeiro ano da nossa gestão, buscamos uma boa comunicação com os empresários. A realização desta feira é a prova que vem dando certa esta parceria”, afirmou o prefeito Orlando Morando.

DOCUMENTOS – Para participar da Feira, o candidato não pode deixar de levar: currículo atualizado, carteira de trabalho, R.G, C.P.F, e estar preparado para participar de entrevistas, uma vez, a maioria dos contratantes estarão realizando triagem na hora. Em parceria com o Senac, ainda serão disponibilizadas palestras com dicas para ir bem nas entrevistas e dinâmicas em grupo, marketing pessoal, e elaboração de currículo.

Entre os dias 21 e 24 de novembro o Brasil será a sede do Pan American Canoe Polo Championships 2019, na cidade de São Miguel Arcanjo, interior de São Paulo. No início de maio, após suspensão da competição que seria realizada em Boston nos Estados Unidos por motivos técnicos, a COPAC – Confederación Panamericana de Canoas abriu novas opções de sedes para a realização do Pan-americano, onde o Brasil (São Miguel Arcanjo), o Canadá e os USA (Austin/Texas), entraram na disputa para sediar o maior evento das Américas na modalidade Caiaque Polo, sendo por fim o projeto do Brasil selecionado.

 

O PAN AMERICAN CANOE POLO CHAMPIONSHIPS 2019 é o maior e o mais importante evento da América Latina na modalidade Caiaque Polo e que trata da vaga para o World Championships Canoe Polo que ocorrerá em 2020, na cidade de Roma/Itália.

 

O Brasil é o atual Campeão Pan-americano, possuindo 6 títulos na modalidade e vem registrando, nos últimos 3 anos, um histórico positivo na canoagem Caiaque Polo, com a realização de grandes eventos em cidades que ainda não conheciam a modalidade e que hoje vem se consolidando no esporte. O maior exemplo é a cidade de São Miguel Arcanjo, localizada no interior paulista, que hoje se destaca, tendo já realizado desde 2017 os principais eventos do Caiaque Polo como, a Seletiva Nacional para o Pan-americano da Argentina em 2017, o Campeonato Brasileiro de Canoagem Caiaque Polo e a Seletiva Nacional para o World Championships Canoe Polo de Welland – Canadá, em 2018 e a Copa do Brasil em 2019.

 

cid:<span id=O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo." width="433" height="288" border="0" />

Créditos: Júnior Castilho

 

Desde quando assumiu a gestão do Comitê de Caiaque Polo da CBCa, Guilherme Galvão vem desenvolvendo uma agenda positiva junto à seleção, o qual hoje possui uma delegação completa de profissionais para dar suporte aos atletas, tais como: fisioterapeutas, nutricionista, fotógrafo, agência de publicidade e assessoria de comunicação.

 

Outras ações como a captação de novos atletas através de seletivas nos estados polos (São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Tocantins), a formação e capacitação da seleção de base, além da implantação de escolinhas em outros estados do país em parceria com o poder público e empresas privadas locais, tem favorecido o crescimento do esporte no país.

 

E dando continuidade na busca do desenvolvimento de performance dos atletas, em setembro, o Comitê de Caiaque Polo da CBCa dará início a um trabalho inédito junto a Seleção Brasileira, com a realização de testes físicos com fisiologistas da USP, de Ribeirão Preto, para avaliação do corpo de atletas e onde também estarão presentes os demais componentes da delegação, como fisioterapeutas e nutricionista.

 

O Comitê de Caiaque Polo da CBCa vem trabalhando já há alguns meses na busca de apoios junto ao poder público e privado para a realização do maior evento da América Latina da modalidade no estado de São Paulo, tendo o apoio da Secretaria de Cultura e Turismo do Município de São Miguel Arcanjo, para que, além de realizar o melhor Pan da história, busca movimentar o trade turístico local, já que apresenta um grande potencial para a prática da modalidade por possuir lagoas, rios e represas perfeitas para a prática do esporte, assim como, para o fomento e o desenvolvimento da Canoagem Caiaque Polo para outras regiões do país.

cid:<span id=O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo." width="462" height="308" border="0" />

 

Créditos Fotos: Júnior Castilho e Eigi Wasaki

A Sabesp e a Prefeitura de Santo André anunciam, nesta quinta (15), o início das obras que vão melhorar o abastecimento da população do município, pondo fim à falta d’água que afeta regiões da cidade e ampliando a distribuição de água.

Nessas obras serão investidos R$ 21 milhões, beneficiando diretamente 400 mil moradores. A Sabesp e a Prefeitura assinaram em 31 de julho o contrato de programa pelo qual a Companhia assume os serviços de água e esgoto do município.

A pesquisa do Instituto Datafolha, encomendada pela Braskem, uma das principais empresas da região do ABC, ouviu 882 moradores das cidades de Santo André e Mauá, entre os dias 7 e 11 de janeiro desse ano, para entender como a população local avalia a operação das indústrias que integram o Polo Petroquímico do ABC. Entre a primeira edição da pesquisa, divulgada em 2017, e o novo levantamento, aumentou a percepção da população sobre a importância do Polo para geração de renda e arrecadação de impostos para os municípios.

A pesquisa apurou o impacto do Polo Petroquímico no setor econômico das duas cidades, o nível de conhecimento da população sobre as empresas que integram o Polo e a imagem que os moradores têm da Braskem, maior petroquímica das Américas e líder mundial na produção de biopolímeros, que está presente na região desde a década 1970, com quatro fábricas nos municípios de Mauá e Santo André.

“As empresas que atuam no Polo geram cerca de dez mil postos de trabalho, entre diretos e indiretos, para a produção de matérias-primas fundamentais para indústrias do Brasil inteiro e bens de consumo no setor de manufaturados, influenciando não só a economia local, mas também a nacional. Como Braskem, acreditamos que ouvir a população é fundamental para estruturarmos iniciativas que envolvem aspectos econômicos, sociais e ambientais”, explica Flávio Chantre, gerente de Relações Institucionais da companhia.

Quando perguntado sobre a importância do Polo Petroquímico para a sua cidade, em uma escala de 0 a 10, a maior parte (78%) dos moradores de Santo André deu notas entre 7 e 10, contra 68% dos moradores que deram as mesmas notas na primeira edição do levantamento. No caso da cidade de Mauá, 76% da população entrevistada concederam notas entre 7 e 10, índice maior que os 71% que classificaram o Polo com as mesmas notas em 2017.

A pesquisa do Datafolha traçou ainda aspectos positivos do Polo Petroquímico. Embora geração de renda e emprego tenha registrado queda na comparação com a última pesquisa nos dois municípios, pois tem relação direta com a economia do País, que segue em recuperação gradativa, a questão continua como principal fator para movimentação da economia para 61% dos moradores de Santo André (contra 70% em 2017) e para 59% da população entrevistada em Mauá (-4% em relação à edição passada).

Imagem da Braskem

A pesquisa do Datafolha deste ano também ouviu os moradores de Santo André e Mauá sobre a atuação da Braskem na região. Em Santo André, 85% dos moradores entrevistados concordam que a companhia gera empregos e renda para as famílias locais. Em Mauá, esse índice é de 75%. A Braskem ainda foi considerada uma empresa inovadora para 64% dos respondentes de Santo André e por 58% em Mauá. No levantamento, o índice de confiabilidade da companhia ficou em 62% em Santo André e 60% em Mauá.

Os projetos sociais da empresa, como o Formando Laços, programa de visitas criado para estreitar a relação entre a comunidade local e a companhia, e o Programa Braskem de Educação Ambiental, que em parceria com o Sesi leva capacitações sobre meio ambiente para instituições de ensino públicas da região, entre outras ações com foco em cultura, esporte e sustentabilidade, foram avaliados pelo estudo. Entre os moradores que vivem na região próxima à Braskem em Mauá, 62% afirmaram conhecerem projetos sociais da empresa. Em Santo André, também entre a comunidade vizinha à unidade industrial da Braskem, o índice é de 19%.

A pesquisa ouviu moradores acima de 16 anos de todos os níveis socioeconômicos. Para seleção dos ouvintes, foi feita uma distribuição por bairros considerados como entorno do Polo Petroquímico e demais regiões dos municípios.


Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu