27 May 2019

A Prefeitura de São Bernardo promove a 1ª Semana do Empreendedorismo, Inovação e Turismo Industrial. O evento ocorre de 20 a 24 de maio com oficinas, palestras e visitas totalmente gratuitas.

Entre os destaques do evento está a palestra Startup Nation – Conexão Brasil-Israel, a ser ministrada pelo engenheiro Ricardo Lomaski. A palestra ocorrerá na segunda (20), às 10h, no anfiteatro da Faculdade de Direito de São Bernardo (Rua Java, 425, Jardim do Mar). O intuito da apresentação é mostrar como um país menor que o Estado de Sergipe, sem recursos naturais, incluindo a água, se transformou em uma referência em tecnologia graças à união de esforços do Poder Público, universidades e empresas.

Mestre em Engenharia de Produção pela Israel Institute of Technology (Technion), Lomaski vem dividir a expertise dessa universidade, reconhecida como uma das mais importantes em inovação tecnológica ao lado do Vale do Silício, nos Estados Unidos. “Para crescermos, precisamos estar perto das universidades de ponta para a troca de informações e intercâmbio”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Trabalho e Turismo (Sdect), Hiroyuki Minami.

Os graduados do Technion representam 70% da força de trabalho de alta tecnologia, responsáveis por grande parte da infraestrutura industrial de Israel e por reforçar a capacidade do país de defesa tecnológica. Tudo isso auxiliou na construção da reputação do país como a "nação startup" do mundo. Israel possui a segunda maior densidade de startups do mundo e um dos maiores índices de exportação de alta tecnologia.

A Technion é uma das parceiras do Ceitec (Centro de Empreendedorismo e Inovação Tecnológica), ação desenvolvida pela Pasta a fim de incentivar atividades no setor de inovação, tecnologia e empreendedorismo. Para Minami, a palestra desta importante parceira tem o objetivo de mostrar as semelhanças entre São Bernardo e Haifa, cidade em Israel onde está sediada a Technion. “A exemplo desta cidade israelita, em São Bernardo há concentração de cerca de 20 universidades, institutos e escolas técnicas, bem como um formidável parque industrial. Com o apoio do Poder Público, temos a ambição de transformar nosso município em um importante polo de tecnologia no Brasil”, explica o secretário.

Para participar das palestras da 1ª Semana de Empreendedorismo, Inovação e Turismo Industrial, basta se inscrever neste link (https://forms.gle/rbCRkR4QZQju5QmV9). Informações pelo telefone 2630-8030.                    

Confira a programação completa:

PALESTRAS

Segunda-feira (20)

Local: Anfiteatro da Faculdade de Direito São Bernardo (Rua Java, 425 – Jardim do Mar)

10h – Startup Nation – Conexão Brasil-Israel, com Ricardo Lomaski (Technion)

19h – Transformação Digital - Impacto nos Empreendimentos e Empregos do Futuro (palestra de abertura), com Paulo Sérgio Cereda (Sebrae-Grande ABC)

10h – Como a Computação em Nuvem Traz Inovação para a Vida das Pessoas e Cidades, com Ronaldo Oliveira (AWS – Amazon Web Service)

OFICINAS

Segunda-feira (20)

Local: Auditório Sala do Empreendedor – Paço Municipal (Praça Samuel Sabatini, 50, Centro)

9h –10 Coisas Que Você Precisa Saber Antes de Abrir o Seu Negócio

10h20 – 10 Dicas Sobre Direito do Consumidor que Todo Empreendedor deve Conhecer

14h10 – 10 Fatores Essenciais na Hora de Formar seu Preço de Venda

15h10 –10 Dicas para seu Negócio Bombar nas Redes Sociais

16h10 – 10 Comportamentos dos Empreendedores de Sucesso

Terça-feira (21)

9h00 – Começar bem Formalização (SEBRAE)

14h10 – 10 Dicas para se Relacionar com o Cliente e Impulsionar as Vendas

15h10 – 10 Coisas Que Você Precisa Saber Antes de Abrir o Seu Negócio

16h10 – 10 Dicas Sobre Direito do Consumidor que Todo Empreendedor deve Conhecer

Quarta-feira (22)

14h10 – 10 Comportamentos dos Empreendedores de Sucesso

15h10 – 10 Perguntas para o MEI Emitir Nota Fiscal Corretamente

16h10 –10 Hábitos para Fazer o Seu Dia Render Mais

Quinta-feira (23)

9h00 – Equipe Motivada (SEBRAE)

14h10 – 10 Dicas Sobre Direito do Consumidor que Todo Empreendedor deve Conhecer

15h10 – 10 Passos para Você Segmentar seu Cliente

16h10 – 10 Fatores Essenciais na Hora de Formar seu Preço de Venda

Sexta-feira (24)

9h20 – 10 Dicas para seu Negócio Bombar nas Redes Sociais

10h20 – 10 Comportamentos dos Empreendedores de Sucesso

11h20 – 10 Perguntas para o MEI Emitir Nota Fiscal Corretamente

14h10 – 10 Hábitos para Fazer o Seu Dia Render Mais

15h10 – 10 Dicas para Tomar Crédito de Forma Consciente

16h10 – 10 Dicas para se Relacionar com o Cliente e Impulsionar as Vendas

Local: Centro Comercial da Paulicéia (Rua MMDC, 770, Pauliceia)

 

TURISMO INDUSTRIAL – AGENDA DE VISITAS

20/05 – Usina Henry Borden / Ecovias

21/05 – Basf / Fundação Espaço Eco

22/05 – Omnisys Engenharia / Friozem Logística / Mercedes-Benz

23/05 – Zurich Termoplásticos / Toyota do Brasil

24/05 – Scania Latin America / B. Grob do Brasil

Inscrições para as visitas industriais somente pelo telefone 2630-4229. Vagas limitadas.

A Sociedade Cultural Ítalo Brasileira realizará, no domingo (2 de junho), a partir das 13h, almoço especial em comemoração ao 73º aniversário da Fundação da República Italiana. O evento será em sua sede, localizada na Rua Airó, 69 - Vila Gilda - Santo André e os convites já podem ser adquiridos por meio do telefone 4436-3437, das 8h às 13h.

De acordo com o presidente da Ítalo Brasileira  Wilson Roberto Davanzo, este almoço já é tradicional e muito esperado pelos associados e seus convidados. “Há mais de 20 anos realizamos este evento, que possui uma grande importância histórica, já que a data de 2 de junho marca o aniversário do referendum de 1946 quando o povo foi convidado a escolher entre república ou monarquia”, explica.

O grande destaque deste ano será a preparação da Polenta Nella Távola, ao som de músicas típicas e diante de todos os convidados, no centro do salão. A animação ficará por conta da banda Viva Itália.

Com 119 anos e 190 sócios ativos, a Sociedade Cultural Ítalo-Brasileira de Santo André tem como finalidade preservar na memória dos cidadãos a importância da colônia italiana para o desenvolvimento da região do ABC, apontando os grandes desafios e as dificuldades que os imigrantes enfrentaram quando nela chegaram.

Sempre muito ligada às suas origens, a Ítalo participou em 1997, do acordo de Gemellaggio (termo derivado de gêmeos), o que transformou Santo André em cidade-irmã de Sesto San Giovanni, uma cidade da Lombardia. Hoje, essas duas cidades, que têm várias características em comum, trocam suas experiências de forma mútua e construtiva.

Na primeira reunião de trabalho em Nova York, no Departamento de Polícia da cidade norte-americana, na segunda (13), o governador João Doria conheceu de perto novas tecnologias e métodos que pretende implantar em São Paulo.

Para isso, serão enviados a Nova York agentes da Polícia Militar e Polícia Civil, que devem fazer treinamentos e estudar o que pode ser incorporado aos processos no Estado. “Temos o plano de trazer aos Estados Unidos oficiais para serem treinados pelo Departamento de Polícia, tido como um dos mais eficientes do mundo”, ressalta o governador.

“É um programa de intercâmbio para o aprimoramento da polícia do Estado, que já é considerada e respeitada como a melhor do Brasil”, acrescenta Doria. Entre as iniciativas que agradaram ao Governador estão as novas tecnologias e o uso da bodycam, que deve ser implantado no território paulista até o fim do ano. Presas aos uniformes dos agentes, essas câmeras ajudam a produzir provas e a aprimorar os protocolos seguidos pelos policiais.

Investimentos- Com o objetivo de atrair novos investimentos para o Estado, o governador embarcou aos Estados Unidos para uma visita de cinco dias, durante os quais participará de eventos e encontros com investidores e empresários.

Atualmente, São Paulo conta com 21 projetos de concessão e parcerias público-privadas em desenvolvimento nas áreas de infraestrutura e mobilidade urbana, aeroportos, segurança, parques e entretenimento.

O Estado também aglomera diversificada rede de startups e fintechs com projetos bem estruturados para a promoção dos investimentos. Todos estão em diversos estágios, parte deles em estudo e elaboração da modelagem e outros já na finalizados para lançamento de edital.

A Toyota Motor Corporation e a Panasonic Corporation finalizaram os contratos que visam a criação de uma nova joint venture no setor de desenvolvimento urbano. As empresas pretendem fundir as iniciativas de serviços de mobilidade promovidas pela Toyota e as iniciativas de "atualizações de estilo de vida" lideradas pela Panasonic por meio do estabelecimento da joint venture, trazendo mais valor à cidade.

A Toyota e a Panasonic estão comprometidas em melhorar a vida das pessoas enquanto buscam crescimento e avanços no setor de desenvolvimento urbano. Uma mudança rápida é esperada nesse negócio devido à implantação acelerada da Internet das Coisas em eletrodomésticos e equipamentos, bem como na evolução da mobilidade, como CASE (Conectado, Autônomo, Compartilhado e Elétrico) e MaaS (Mobilidade como um Serviço), um novo conceito de prestação de serviços, conectando carros, transporte público e outros meios de transporte por meio de TI.

No mercado de habitações, onde é esperado um aumento na concorrência, as duas empresas reforçarão suas práticas por meio da integração de seus respectivos negócios de habitação.

"No futuro, além do hardware, a prestação de serviços melhorados, apoiados pela tecnologia, assumirá um papel mais importante no desenvolvimento urbano, agregando valor aos clientes e à comunidade local. A Toyota lidera o campo da mobilidade e a Panasonic há muito tempo atende às necessidades de estilo de vida das pessoas. Vamos unir nossos pontos fortes e melhorar a vida das pessoas. Com essa colaboração, a Panasonic continuará se desafiando para manter os avanços nos negócios de desenvolvimento urbano, entregando o estilo de vida ideal a cada cliente”, declarou Kazuhiro Tsuga, presidente da Panasonic.

"De agora em diante, as informações estarão conectadas a todos os itens e serviços que auxiliam a vida cotidiana das pessoas graças ao desenvolvimento do CASE – em outras palavras, trabalhar a partir do conceito de "cidades conectadas" será importante. Para entender isso, acredito que é fundamental termos um espírito de cooperação com amigos e aliados, ao mesmo tempo em que compartilhamos nossas metas sobre que tipo de futuro queremos criar. Quero assumir o desafio de oferecer um novo tipo de estilo de vida, baseado no espírito de sempre querer ser melhor, trazendo os pontos fortes da Toyota, com seus veículos e negócios conectados, e da Panasonic, com eletrodomésticos, baterias e Internet das Coisas, e de aumentar nossa competitividade, com o negócio de habitaçã o tendo as duas empresas como núcleo", afirmou Akio Toyoda, presidente da Toyota.

A Panasonic, juntamente com várias empresas, tem liderado o desenvolvimento de cidades inteligentes sustentáveis como modelos avançados de desenvolvimento urbano, chamando atenção no Japão e em outros países como exemplos inovadores de sucesso. Enquanto isso, a Toyota vem construindo uma plataforma de serviços de mobilidade e aprimorando a criação de "carros conectados", para oferecer uma sociedade de mobilidade irrestrita, segura e confortável para todos, e promover várias iniciativas de big data para beneficiar os clientes e a sociedade.

Além disso, a Toyota também tem colaborado com várias empresas para criar serviços de mobilidade. Com a joint venture, ambas as empresas estão comprometidas em contribuir para o desenvolvimento de cidades mais atraentes, fazendo uso do conhecimento e da tecnologia digital da Panasonic, relacionados à vida das pessoas e à expertise da Toyota em mobilidade.

Objetivos principais

Com os conceitos de "casa" ou "cidade" sujeitos a alterações drásticas devido a fatores como mudanças nos valores do cliente e avanços adicionais na mobilidade, como na condução automatizada e desenvolvimento de tecnologia de comunicação e outros campos, o elemento chave necessário para tornar uma determinada cidade competitiva no negócio de desenvolvimento urbano pode mudar da "localização" daquela cidade para "o grau de satisfação com a infraestrutura de serviços para a vida diária" naquela cidade.

Além disso, no mercado de habitação doméstico, com a redução no número de novas moradias, devido à atual situação demográfica, é esperado um aumento na competitividade do mercado. Sob tais circunstâncias, com a joint venture, a Panasonic e a Toyota pretendem integrar seus respectivos negócios de habitação e reforçar as bases frente a uma forte concorrência no mercado. Ao mesmo tempo, a Panasonic e a Toyota pretendem crescer sua atuação no campo do desenvolvimento urbano, que continuará aumentando no futuro, utilizando os pontos fortes de ambas as empresas.

Com a integração dos negócios de habitação da Panasonic Homes, da Toyota Housing e da Misawa Homes, a Panasonic e a Toyota pretendem ter uma posição de destaque no mercado de habitação japonês, com um fornecimento de aproximadamente 17.000 moradias. As duas empresas se esforçarão para aprimorar a estrutura de gestão e expandir a escala dos negócios.

A joint venture estabelecerá a mesma proporção de propriedade entre o grupo Panasonic e a Toyota, a fim de garantir sua gestão autônoma, continuando a receber o apoio dos dois acionistas. Embora a joint venture deva estar fora do escopo de consolidação da Panasonic e da Toyota, o crescimento e a criação do negócio de desenvolvimento urbano, com a combinação do mercado de habitações com o de tecnologia, continua sendo foco importante nas estratégias de negócios de ambas empresas. A joint venture fortalecerá ainda mais sua base nos empreendimentos por meio da integração dos negócios de habitação das duas empresas e estabelecerá uma estrutura que permitirá a expansão dinâmica do ramo de des envolvimento urbano, que será o núcleo de seu crescimento futuro.

O esporte de São Caetano continua brilhando no exterior. Desta vez, foi a vez dos mesatenistas Gustavo Tsuboi e Eric Jouti, ambos do Serc Santa Maria/SELJ São Caetano, campeões do torneio de duplas do Aberto da Eslovênia, competição do Circuito Mundial de Tênis de Mesa.

Na final de domingo (12), em Otocec, Tsuboi e Jouti  derrotaram Huang Chien-Tu e Wang Tai-Wei (Taiwan), por 3 a 1 (7/11, 11/7, 11/4 e 11/9). Vice-campeã em 2018, a dupla Tsuboi/Jouti era cabeça de chave número 1 do torneio e venceu todos os jogos, perdendo apenas um set em todo o Aberto.

O equilíbrio foi a tônica da partida final. Tsuboi e Jouti perderam o primeiro set e tiveram de construir a vitória durante os períodos seguintes. “O sentimento é de felicidade e alívio por saber que nosso trabalho está sendo bem feito. Espero que a gente melhore cada vez mais. Acho que o momento decisivo foi no segundo set. Estávamos ganhando tranquilos o set e eles começaram a reagir. O Paco (professor Francisco Arado) pediu tempo e deu tudo certo. Retornamos mais calmos e confiantes para voltar ao melhor ritmo”, analisou Jouti.

Tsuboi ressaltou a frieza que a dupla teve para reagir, virar o jogo e conquistar o Aberto da Eslovênia. “Estamos construindo uma dupla cada vez mais forte. Realizamos uma grande partida, um confiando no outro, o que é importante para os próximos abertos internacionais e os Jogos Pan-Americanos”, finalizou Tsuboi.

Seguindo o princípio cooperativista que prega a responsabilidade das cooperativas no desenvolvimento de suas comunidades, no primeiro trimestre deste ano, a Coop - Cooperativa de Consumo repassou R$ 185.142,37 para a Federação das Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais do Estado de São Paulo (Feapaes). Esse valor foi doado pelos cooperados e clientes da Cooperativa que participam do programa social Troco do Bem e da compra da Revista Coop.

De acordo com Luciana Benteo, analista de responsabilidade social da Coop, esse valor foi superior aos R$ 179.926,53 arrecadados no último trimestre de 2018. “O resultado positivo é fruto da generosidade dos cooperados e clientes e dos operadores de caixas, que divulgam e incentivam à doação”, comenta. 

Da soma total, R$ 108.986,48 foram arrecadados por meio do Troco do Bem, programa que sugere aos cooperados e clientes a doação de centavos de troco das compras pagas em dinheiro. O restante, R$ 76.155,89, é fruto da venda da Revista Coop, que repassa metade do valor de venda de cada exemplar – descontos os impostos – para a Feapaes.

O dinheiro é empregado na melhoria da qualidade de vida de cerca de 3 mil assistidos com deficiência intelectual atendidos pelas 10 unidades da APAE instaladas nas cidades onde a Coop mantém unidades. A parceria entre a Cooperativa e a Federação das Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais do Estado de São Paulo (Feapaes), firmada a partir de agosto de 2010, já garantiu no período doação de cerca de 3,2 milhões.


Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu