18 May 2022
Folha Do ABC

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

O vereador e presidente da Câmara de Santo André, Pedrinho Botaro (PSDB), na sessão ordinária de terça (10), protocolou o Projeto de Lei 87/2022 que autoriza o Poder Executivo a incluir no calendário oficial da cidade o mês “Maio Furta-cor”. Campanha criada com o intuito de conscientizar e sensibilizar a sociedade sobre as questões ligadas à saúde mental materna.

“Infelizmente temos notado um grande aumento de casos de depressão, ansiedade, e até mesmo, suicídio entre as mães brasileiras. Conversando com algumas mães andreenses percebi que em nossa cidade não tem sido muito diferente, por essa razão trouxe a ideia para o debate”, explica Pedrinho.

Com a aprovação do projeto Maio Furta-cor, o Poder Executivo terá aval para buscar parceiros para promoção de palestras, rodas de conversa, entrevistas, lives, marchas, caminhadas, além de outras ações gratuitas ao longo de todo o mês de maio.

“O sofrimento mental materno é uma realidade que infelizmente não tem a devida atenção da sociedade e do poder público. O estigma em torno de temas ligados à saúde mental é ainda mais reforçado quando se estende ao campo maternal”, ressaltou o vereador.

O Maio Furta-cor surgiu em 2021 e tem ligação direta com os efeitos causados pela pandemia decorrente da Covid-19. Fatores como escolas fechadas, aumento dos índices de violência doméstica, desemprego, redução salarial e jornada dupla de trabalho, são apenas algumas das condições que impactam diretamente a saúde mental materna, além da vulnerabilidade emocional comum em gestantes e puérperas.

“A saúde mental materna precisa ser colocada em pauta. Infelizmente eu e minha esposa tivemos uma perda gestacional e sabemos o quanto é difícil assimilar todos os sentimentos que envolvem esse momento tão delicado para o casal e toda a família", relembrou Pedrinho, que também é autor do projeto de lei denominado "Semana da Humanização do Luto Maternal e Parental.

No próximo domingo (15), Santo André receberá a primeira marcha do Maio Furta-cor de Santo André e contará com a presença de Botaro. A concentração ocorrerá a partir das 9h no Parque Prefeito Celso Daniel, no bairro Jardim. "Vamos trabalhar pela aprovação deste projeto e trazer a sociedade para debater esse assunto conosco e lutar por essa bandeira e levar mais essa contribuição para as mães andreenses”, finalizou.

Tagged sob

O gradil que circundava as margens da Av.Prestes Maia, em Santo André, foi removido na segunda (9). O gradeamento servia para inibir que transeuntes atravessassem fora da faixa de pedestres e, assim, corressem o risco de sofrerem acidentes e atropelamento. Mas era alvo constante de vândalos, que os arrancavam.

A Secretaria de Manutenção e Serviços Urbanos da Prefeitura de Santo André informou que está removendo todo o gradil para recuperação e pintura da proteção de concreto (New Jersey). Depois disso, os gradis nos baixos da passarela e do viaduto da Fundação Santo André serão reinstalados.

Tagged sob

   São Bernardo dá mais um passo para se tornar uma das melhores cidades do ABC no quesito infraestrutura e mobilidade urbana. A Prefeitura inaugura, neste domingo (15), o segundo eixo do Corredor Rudge Ramos-Vergueiro. O novo trecho é composto por 4,7 km de faixa exclusiva de ônibus, em um trajeto que irá percorrer a Av.Senador Vergueiro até o Paço Municipal de São Bernardo. Ao todo, 23 linhas municipais e intermunicipais passarão a atender os pontos de paradas, no canteiro central.

A via ganhou nova pavimentação e sinalização e as calçadas foram revitalizadas garantindo a acessibilidade. Em agosto de 2020, a Prefeitura inaugurou a primeira etapa do corredor. Na ocasião, foi entregue à população o trecho de 2 km entre a Praça São João Batista e a Av.Doutor Rudge Ramos, na divisa com a Capital.

Tagged sob

O presidente da Aciscs (Associação Comercial e Industrial de São Caetano), Alessandro Leone, junto a diretoria da entidade, promoveu, na sexta (6), palestra com o ex-ministro da Infraestrutura e pré-candidato ao governo de São Paulo, Tarcísio Gomes de Freitas. O tema foi “Desenvolvimento Econômico e Infraestrutura no Estado de São Paulo”. O evento reuniu 520 pessoas, entre elas, os deputados estaduais Major Mecca, Danilo Balas, Coronel Telhada, Rita Passos, Conte Lopes e Frederico D’Avila, além dos deputados federais Celso Russomanno, Carla Zambelli e Herculano Passos; dos vereadores Fabio Soares, de São Caetano e Paulo Chuchu, de São Bernardo e do secretário de Mobilidade Urbana de Santo André, Almir Cicote.

(Na foto: Rosi Molitor, Celso Russomano, Alessandro Leone, Douglas Moretto, Carol Bellini, Ricardo Trefiglio, Gabriel Zaninello, Tarcísio Freitas, Sérgio Tannuri, Joaquim Donizete, Humberto Braido e Elda Xavier)

Tagged sob

  Apenas nestes cinco primeiros meses de 2022, o ABC já teve autorizada pela Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização do Congresso Nacional, cerca de R$ 8,1 milhões.

  Segundo dados da Execução Orçamentária das Emendas Impositivas à LOA 2022, Santo André é o município do ABC que mais recebe emendas parlamentares, com total de R$ 5,39 milhões, seguida por São Bernardo, com R$ 2,181 milhões e São Caetano, com R$ 532 mil.

   A maior quantia recebida, nos três municípios, foi proveniente do Fundo Nacional de Saúde, totalizando, em Santo André, R$ 4,6 milhões; em São Bernardo, R$ 1,7 milhão e São Caetano, todos os investimentos, ou seja, cerca de R$ 532 mil.

   O único município que recebeu emenda de senadores, José Aníbal (PSDB) (foto) e Mara Gabrilli (PSDB), foi Santo André, com R$ 2,7 milhões, no total e o deputado federal que destinou verba com valor mais alto foram Ivan Valente (PSOL), com R$ 1,07 milhão para Santo André; Alex Manente (Cidadania) com R$ 1 milhão para São Bernardo e Carlos Sampaio (PSDB), com R$ 1,03 milhão para Santo André. Os dados são públicos e estão disponíveis no aplicativo da Câmara Federal.

Confira os dados (nas tabelas abaixo) e os valores destinados por parlamentares para os municípios.

 

 

Tagged sob

A advogada Monica Rosenberg junto ao deputado estadual e pré-candidato a senador, Ricardo Mellão, durante agenda no ABC, visitaram a redação da Folha, na quinta (11), em São Bernardo.

Monica, que também é a primeira suplente do partido Novo na Câmara Federal, é especialista no combate à corrupção, com atuação na área há mais de dez anos. Possui especializações na França e na Áustria e é autora do livro “Somos Todos Corruptos? Pequeno Manual do Ético-Chato”.

É cofundadora do Instituto Não Aceito Corrupção e, no Congresso Nacional,foi secretária executiva da Frente Parlamentar Ética Contra a Corrupção, que culminou em 700 mil assinaturas em apoio à PEC 333, que propunha o fim do Foro Privilegiado.

“A ideia é mudar a cultura de corrupção que existe no Brasil, e como fazer isso? Com pesquisa, educação e políticas públicas. A corrupção é um crime invisível, não temos números. Estamos diagnosticando uma doença sem fazer exames”, revela a advogada.

Segundo Monica, a educação é a grande ferramenta de combate à corrupção. “Não é operação policial, nem canetada que irá resolver a corrupção no Brasil, é mudando a forma como as pessoas se relacionam com a corrupção, precisamos mudar a cabeça das pessoas, a forma de olhar a corrupção e criar leis para organizar a sociedade”, explica.

Para advogada é preciso haver prevenção. “É a prevenção, que vai ajudar a reduzir índices de corrupção e não correr atrás dos corruptos. É preciso prevenir e implementar mecanismos que evitem o escoamento de dinheiro pelo ralo, e políticas públicas que funcionem. A presença das mulheres na política, por exemplo, também ajuda a inibir os esquemas de corrupção. Nos países em que há mais mulheres na política, nas esferas de decisão, há menor índice de corrupção”, destaca.

Questionada se a população não se frustrou com os desdobramentos da Lava-Jato, a maior operação no combate a corrupção no país, que teve muitos dos condenados absolvidos, é enfática: "A desesperança é um grande problema hoje. Quando as pessoas param de acreditar que a mudança está na mão delas, o sistema venceu. Precisamos continuar falando sobre esse assunto. O maior legado da Lava-Jato não foram os números, as pessoas presas, mas houve retrocessos. Temos que olhar o que sobrou da Lava-Jato, abrir os olhos da sociedade. A sociedade não aceita mais que a corrupção seja parte do sistema. O sistema está contra atacando, devemos contra-atacar com mais força ainda”.

Na avaliação de Monica, é preciso construir o repúdio social para aqueles que burlam a lei. “Precisamos quebrar a ideia de que o povo considera que o esperto, que burla a lei, é um cara admirável. Não devemos achar que o honesto é trouxa e o cara que frauda é esperto. Precisamos quebrar isso, com educação. Trago isso no meu livro que é um guia prático do que as pessoas podem fazer. Está nas nossas mãos essa mudança, devemos parar de esperar que os políticos façam, conseguiremos virar o jogo”, diz.

Segundo a advogada, é necessário olhar para as soluções e não para os culpados da corrupção. “Até agora, não buscamos soluções, buscamos os culpados, e não vamos achar solução enquanto olharmos para os culpados. Precisamos incentivar políticas públicas anticorrupção, com tecnologias, blockchain, transparência de gastos, critérios de decisão”, pondera.

CENÁRIO ELEITORAL DO NOVO

O deputado estadual, Ricardo Mellão (Novo), filho do ex-ministro do Trabalho do governo Fernando Collor, João Mellão Neto, morto em 2020, é pré-candidato a senador.

Ricardo revelou à Folha, que o partido está se preparando para eleger o maior número de candidatos nas eleições de outubro. No Estado de São Paulo, de acordo com o parlamentar, existem 300 postulantes a uma pré-candidatura. “Muitos deles já estão aprovados pelo partido”, conta.

Segundo o deputado, o Novo terá cinco pré-candidatos a governador. “No Rio de Janeiro, teremos o Paulo Ganime; em Minas Gerais, a reeleição do governador Romeu Zema; no Espírito Santo,  estará na disputa o Aridelmo Teixeira;  em São Paulo, o Vinícius Poit e, em Santa Catarina, o Odair Tramontin”, revela.

A sigla também terá na disputa o cientista político Luiz Felipe d'Avila, como pré-candidato a presidente da República. “Ele foi responsável pelo processo de apaziguamento no partido, tem uma visão muito boa e elevada sobre política e foi muito importante para unir o partido”, diz em referência à saída do fundador da sigla, João Amoêdo.

Na avaliação do parlamentar, a renovação era natural. “As pessoas entendiam que era preciso uma renovação, porque o Amoêdo já tinha sido candidato. A ideia do Novo é não ser uma instituição personalista, o que entendíamos, que era o grande mal do país, que abre espaço para populismo e todos os males que isso gera. Isso acabou gerando aqueles debates de partido. Não queríamos expor as discussões, mas acabou acontecendo. São discussões de famílias. Todas famílias têm. São as dores do crescimento. Em virtude dessas disputas, o próprio Amoedo acabou desistindo da candidatura. Foi uma opção dele e ele acabou saindo, não gostou da situação”, diz.

Mellão avalia que a pré-candidatura de Felipe d’Avila poderá romper a polarização entre o presidente Jair Bolsonaro e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Os que estão entre Lula e Bolsonaro não encontraram uma opção viável, a chamada terceira via, ninguém conseguiu esse destaque, faltou alguém unir esses anseios de quem não quer nem um, nem outro. Felipe ainda teve pouca exposição, com a campanha vai despertar mais atenção. Muita gente acaba não vendo opção, odeia um candidato, muito mais do que o outro. Só perto de outubro, as pessoas vão se atentar às eleições. Até lá, vão tocando a vida”,diz.  

Além da pré-candidatura ao Senado de Ricardo, o Novo contará com a de Paulo Roque, no Distrito Federal. Para Mellão, o Estado de São Paulo é mal representado. “Sempre elegemos senadores, ou porque não houve coragem de colocar a pessoa para prefeito ou governador, ou era alguém que era pra ser candidato a governador ou presidente e não teve espaço, são pessoas populares, que ganham o Senado como prêmio de consolação ou simplesmente aposentadoria de luxo, pois já foram prefeito ou governador e são colocados lá, para ficar oito anos”, acredita.

Segundo o parlamentar, é preciso virar a página. “O Senado é uma Casa que ainda precisa de uma renovação mais forte. Uma Casa envelhecida no mau sentido, com prática daquela cultura que precisa mudar. Acho difícil mudar com personagens novos com estruturas antigas partidárias. É preciso colocar alguém, por um partido, que não está preso a esse sistema, que tem isenção para discutir”, revela.

O deputado finaliza ressaltando a importância do ABC. “É uma região extremamente importante. É muito difícil considerar só a cidade de São Paulo, pois vivemos em uma Grande Metrópole”, destaca. De acordo com Ricardo, o Novo também terá, no ABC, como candidato a deputado federal, Roberto do Proerd. 

Tagged sob

 Emitido pelo Tesouro Nacional, a Capacidade de Pagamento (Capag) analisa a situação fiscal dos municípios e Estados do Brasil, avaliando-os aptos ou não a contrair novos empréstimos com garantia da União. De forma simples, a Capag avalia se um novo endividamento do município apresenta risco de crédito ao Tesouro Nacional, classificando os municípios de acordo com sua capacidade de pagamento. A avaliação leva em conta três indicadores: endividamento, poupança corrente e liquidez. Na região do ABC, São Bernardo, São Caetano e Mauá receberam nota B e Santo André e Diadema receberam nota C. As únicas cidades do ABC que receberam nota A nos três indicadores foram Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra.

Indicadores - O indicador de endividamento (DC) é dado pela relação entre a dívida consolidada bruta e a receita corrente líquida do exercício anterior. Neste que-sito, tiveram nota A os municípios de Santo André, São Caetano, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra. São Bernardo, Diadema e Mauá obtiveram nota B.

   O indicador de poupança cor-rente (PC) corresponde à relação entre despesas correntes e receitas correntes ajustadas, apuradas pela média ponderada dos três exercícios anteriores. Neste quesito, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra receberam nota A, Santo André e Diadema obtiveram nota C e São Bernardo e São Caetano nota B.

   O indicador de liquidez (IL) consiste na relação entre as obrigações financeiras e a disponibilidade de caixa bruta do exercício anterior, considerando-se apenas as fontes de recursos não vinculadas. Nesta avaliação, Santo André, São Bernardo, São Caetano, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra obtiveram nota A. Apenas Diadema teve nota C.

Tagged sob

A tradicional quermesse da paróquia Santo Antônio, de São Caetano, começa neste sábado (14) de maio e seguirá até 12 de junho, sempre aos sábados e domingos a partir das 18h. O evento voltará a ser presencial. A renda será revertida para a reforma estrutural emergencial que a paróquia necessita.

“Estamos muito felizes de voltar a realizar a quermesse presencial, tomando todos os cuidados sanitários. Santo Antônio merece uma grande festa. O mundo precisa de mais amor ao próximo e fraternidade, e o nosso festejo segue estes ensinamentos do santo e celebra as famílias, a união e a convivência em comunidade. Nossos diferenciais são a grande e acolhedora praça de alimentação coberta, uma linda área verde ao redor das barracas e um farto número de vagas para estacionar nas ruas próximas. Além de um ambiente de total segurança e conforto para as famílias”, diz Padre Flávio Gomes de Alcântara.
A 46ª Quermesse da Santo Antônio oferece as seguintes barracas: fogazza, churrasco, pernil, mini-pizza, cachorro-quente, batata-frita, doces, vinho-quente, quentão, bebidas, jogos infantis e bingo.
O bingo, sempre animado e com prendas de primeira linha todas as noites, terá um momento especial. No dia 12 de junho haverá um Bingão, às 21h30, e o prêmio principal será uma Smart TV de 50’. Para este ano, há opção de jogar presencial ou virtual.
Outra novidade da quermesse 2022 será o delivery, que estará valendo no mesmo período da festa, de 14 de maio a 12 de junho. Aos sábados das 18h até 22h30 e domingos (18h até 21h30). Os pedidos podem ser feitos pelo WhatsApp 4238-0066. Os produtos do cardápio serão fogazza, bolo de Santo Antônio e refrigerante. As entregas apenas na cidade de São Caetano.
A parte religiosa começará no dia 1º de junho e irá até 12 de junho, com a Trezena. No dia 13, o Dia de Santo Antônio, a segunda-feira terá programação completa. Serão quatro missas: 8h, 10h, 15h e a especial às 19h30. Haverá benção dos pães, do tradicional bolo e de objetos pessoais em todas as celebrações. A quermesse irá funcionar das 8h da manhã até 22h30. A tradicional carreata em homenagem ao segundo santo mais popular do mundo, será no dia 4 de junho, um sábado, com saída às 10h da própria igreja. A paróquia Santo Antônio de São Caetano fica na Av. Líbero Badaró 335, Jardim São Caetano e o telefone é 4238-0066.

Tagged sob

A escalada da inflação no Brasil tem minado a economia nacional. O IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) atingiu 1,06% em abril, a maior taxa para o mês desde 1996, ou seja, há 26 anos, e no acumulado de 12 meses chegou aos 12,13%.
A maior inflação para o mês de abril foi evasiva para o bolso dos consumidores brasileiros, com alta de quatro entre cada cinco itens pesquisados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Do total de 377 produtos que fazem parte da cesta de consumo das famílias com renda entre um e 40 salários mínimos, 295 (78,25%) passaram a custar mais, 56 (14,85%) estão mais baratos e 26 (6,9%) apresentaram estabilidade no mês.
A inflação afeta o bolso de todos os consumidores. A crescente nos gastos faz com que o poder de compra diminua cada vez mais, ou seja, com a mesma renda de períodos anteriores, a população consegue comprar cada vez menos. Os preços altos também comprometem a renda da população. Mas, não são só os consumidores que sofrem com isso. Com a queda do consumo, a venda das empresas diminui e o planejamento, até mesmo a curto prazo, é bastante dificultado.
Muitas empresas estão tendo que engavetar investimentos importantes, ou a melhoria da produção, pois não têm previsão de quanto irá custar a matéria-prima ou o frete do mês seguinte. Também precisam reajustar preços mais vezes durante o ano e mudar modelos de vendas, para não comprometerem a saúde financeira. Algumas empresas também fazem diversas manobras com o intuito de retardar, cada vez mais, o repasse de preços para não perder as vendas. Outras são obrigadas a reduzir a mão de obra, e com isso, contribuem para o aumento do desemprego.
Para agravar a situação das empresas e indústrias, todas as matérias-primas tiveram aumento nos últimos meses e a entrega de produtos e serviços também foi afetada, com a alta do preço do frete, impulsionada pelo aumento no preço dos combustíveis. Assim, fica difícil planejar o preço combinado na compra, pois pode não ser o mesmo na hora da entrega.
O setor de construção também tem sofrido com a alta da inflação. O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) estava com 11,47% até março, mas o preço do aço, por exemplo, teve aumento de 20%. Assim, muitas companhias vivem o dilema, se não repassar os custos, há comprometimento na margem, mas se repassarem, não conseguem vender.
O presidente Jair Bolsonaro (PL), na quarta (11), minimizou o impacto da inflação, ao afirmar que "o Brasil foi um dos países que menos subiu o preço das coisas". Segundo Bolsonaro, a crise é mundial. “A crise é no mundo todo. Aqui no Brasil está caro? Está. Agora, alguns me acusam injustamente (...) Vocês lembram do 'fica em casa, a economia a gente vê depois'. Quem mandou ficar em casa é o responsável por isso”, disse.
Em meio à disparada da inflação, o Ministério da Economia anunciou, também na quarta (11), que decidiu cortar o imposto de importação de 11 produtos, entre eles, carnes desossadas de bovinos congeladas: de 10,8% para zero; pedaços de frango: de 9% para zero; farinha de trigo: de 10,8% para zero; trigo: de 9% para zero, entre outros. O objetivo da medida é tentar atenuar o forte aumento de preços verificado nos últimos meses.
Os cortes de impostos até podem auxiliar, mas será difícil reverter a alta de preços das cadeias de produção mundial, os reflexos das restrições impostas pela pandemia e os efeitos da guerra na Ucrânia.

Tagged sob

14 de Maio de 2022

Marqueteiro
O marqueteiro Duda Lima, assinou as campanhas vitoriosas de Paulo Serra (PSDB) e Orlando Morando (PSDB), respectivamente, às Prefeituras de Santo André e São Bernardo, em 2016, quando combateu os candidatos petistas Carlos Grana (PT), em Santo André, e Tarcísio Secoli (PT), em São Bernardo. Agora, será o marqueteiro do presidente Jair Bolsonaro (PL), para a reeleição. De jeito discreto, Duda, que possui 20 anos de serviço prestado no PL, é profissional de confiança do presidente da sigla, Valdemar Costa Neto.

Marqueteiro I
Até agora, o marqueteiro tem sido o responsável pela propaganda partidária do partido veiculada em rádio e TV. O enfoque de Duda será na divulgação de programas como Auxílio Brasil e Auxílio Emergencial e de obras que levam água ao Nordeste. Também está sendo elaborado um vídeo, no qual Bolsonaro deverá dizer que o governo combateu a pandemia e que o Brasil não deixou a população passar fome. O material deverá ser veiculado em junho próximo. Nas redes sociais, Bolsonaro já deixou claro, que o comando permanecerá com o filho, o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos).

Frente
A chapa que reúne o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o ex-governador Geraldo Alckmin (PSB) foi lançada oficialmente, no sábado (7). O petista já consolidou aliança no campo da centro-esquerda, com o PSB, PCdoB, PSOL, Rede, PV, Solidariedade, mas ainda não emplacou a almejada “frente ampla”, que abrange mais partidos contra o presidente Jair Bolsonaro (PL).

Escolha
O pré-candidato a presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) escolheu o deputado federal Rui Falcão (PT-SP) e o prefeito de Araraquara, Edinho Silva (PT), para coordenar a sua comunicação e o orçamento de R$ 45 milhões, para o marketing de sua campanha.  Como Edinho está à frente de uma prefeitura, caberá a Falcão as tarefas do dia-a-dia. A dupla substitui os jornalistas Franklin Martins e Augusto Fonseca, que foram afastados, após desentendimentos com o secretário de comunicação do partido, Jilmar Tatto.

Prioridade
Enquanto que o ex-governador João Doria (PSDB) ainda tenta se viabilizar na corrida presidencial, a prioridade da cúpula do PSDB nas eleições deste ano é a eleição do governador Rodrigo Garcia em São Paulo. A maior fatia de recursos do Fundo Eleitoral da sigla, entre candidatos a Executivos estaduais, será destinada a Garcia. Serão R$ 21 milhões, contra R$ 6,2 milhões, que Doria recebeu há quatro anos, quando disputou o Palácio dos Bandeirantes. O objetivo do PSDB é manter o comando do Estado de São Paulo, administrado pela legenda há 28 anos. 

Palanque
O presidenciável João Doria (PSDB) poderá ficar sem palanque exclusivo em dois dos três maiores estados do país. Em São Paulo, o seu sucessor e governador de São Paulo, Rodrigo Garcia tem feito agendas separadas de Doria. Em Minas Gerais, os tucanos voam em direção a uma aliança sem candidatura própria e no Rio de Janeiro, o partido poderá apoiar a eleição de Cláudio Castro (PL), candidato do partido do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Homenagem
O ex-prefeito de São Paulo e pré-candidato a governador, Fernando Haddad (PT), estará no ABC, na quinta (26). O petista irá receber, na Câmara de Diadema, o título de cidadão diademense. A homenagem é uma iniciativa do presidente da Câmara, que também é pré-candidato a deputado estadual, Josa Queiroz (PT).

Avião
O pré-candidato à presidência da República pelo PSDB, João Doria, esteve, nessa semana, em Nova York (EUA), onde participou de encontros com investidores, empresários e bancos, durante a Brazilian Week. Doria também esteve presente no Person of The Year, evento promovido pela Câmara do Comércio Brasil-Estados Unidos, que destaca líderes que contribuem para o estreitamento dos laços entre os dois países. Nesta edição, a homenageada foi a empresária Luiza Trajano, presidente do Conselho do Magazine Luiza.

Nomeação
O médico infectologista David Uip se licenciou, temporariamente, do cargo de reitor do Centro Universitário de Medicina do ABC para assumir o comando da secretaria estadual de Ciência, Pesquisa e Desenvolvimento em Saúde. Uip será responsável por integrar as ações de vigilância epidemiológica, assistência, pesquisa, ensino e produção de novas vacinas e de medicamentos para combate a doenças infecciosas.

Pedidos
As solicitações das emendas de relator, que constituem o orçamento secreto e totalizam R$ 13,1 bilhões, tiveram pedidos de prefeituras de diferentes regiões do país. A área que concentra mais pedidos é a de Saúde, que chegam no total a R$ 8,2 bilhões; seguida por compra de maquinário, com R$ 3,9 bilhões; pavimentação e reforma de vias, R$ 2 bilhões e fomento à agricultura, com R$ 2 bilhões.

Pedidos I
A Prefeitura de São Bernardo, por meio da secretaria de Finanças, informou que os pleitos apresentados para recebimento de emendas ao orçamento da União, em 2022, referem-se às etapas 1, 2 e 3 do 1º Viaduto Estaiado do município, que ligará a Av.Pereira Barreto à Av. Lucas Nogueira Garcêz, e ao incremento temporário ao custeio dos serviços de assistência hospitalar e ambulatorial. A Prefeitura de São Caetano informou que não fez nenhuma solicitação por emenda de relator.

Arrecadação
O PSDB de Santo André é um dos partidos do ABC que mais arrecadou fundos, de acordo com dados do portal do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Segundo detalhes das receitas do exercício de 2021, foram R$ 824.295. O principal doador é uma empresária de São Caetano, mas há também um empresário do setor de construção de Santo André.

Tagged sob

Main Menu

Main Menu