23 May 2024

O Brasil terá cinco representantes na semifinal do Park masculino no Olympic Qualifier Series de Xangai, na China, evento que vale pontos na disputa por vagas nas Olímpiadas de Paris.

Passaram para a semifinal Pedro Quintas, na 3ª colocação, Augusto Akio (7º), Pedro Carvalho (9º), Pedro Barros (11º) e Luigi Cini (14º). Murilo Peres ficou em 21º e não avançou para a semifinal, que acontece na manhã de sábado (18), a partir das 5h40. No Park feminino, Isadora Pacheco, Dora Varella e a andreense Raicca Ventura irão representar o Brasil na seminal, que acontece nesta sexta (17), a partir das 22h45.

Street – Raissa Leal foi a única brasileira a avançar para a semifinal do street, marcada para acontecer no sábado (18), às 01h05. Pâmela Rosa, Marina Gabriela, Gabi Mazetto, Isabelly Àvila e Kemily Suiara não avançaram para a próxima fase. No street masculino, Giovanni Vianna e Felipe Gustavo estão na semifinal, que acontece sábado (18), às 01h05.

Ao todo, o Brasil avança com onze nomes para as semifinais em Xangai. 

Olympic Qualifier Series de Xangai (CHI) - Cronograma

 

Park

Sexta (17) - 23h (BRA) - Semifinal - Park Feminino - Baterias 1 e 2

Sábado (18) - 5h40 da manhã (BRA) - Semifinal - Park Masculino - Baterias 1 e 2
23h (BRA) - Final - Park Feminino

Domingo (19) - 4h da manhã (BRA) - Final - Park Masculino

 

Street

Sábado (18) - 1h15 da manhã (BRA) - Semifinal - Street Masculino - Baterias 1 e 2
7h da manhã (BRA) - Semifinal - Street Feminino - Baterias 1 e 2

Domingo (19) - 00h45 (BRA) - Final - Street Masculino
5h30 da manhã (BRA) - Final - Street Feminino

 

Foto: Julio Detefon / CBSk

Última modificação em Sexta, 17 Maio 2024 10:00

Atleta de São Bernardo e da Seleção Brasileira, Luis Carlos Cardoso conquistou a medalha de ouro no Campeonato Mundial de Paracanoagem, em Szeged, na Hungria. Ele concluiu a prova com o tempo de 46.17s, batendo seu próprio recorde anterior, que era de 48.7s. Com o resultado, Luis Carlos, que treina sobre as águas da Represa Billings, na região do Estoril, alcança seu 7º título de campeão mundial e reforça sua vaga aos Jogos Paralímpicos de Paris, em agosto.

Luis Carlos registrou o melhor tempo na final da categoria KL1 200m. O pódio ainda teve o francês Remy Boulle, que ficou com a medalha de prata (46.36s), e o iraniano Saeid Hosseinpoorzarouni, com o bronze (48.42). Na modalidade, a vaga para as Paraolimpíadas é de cada País, que convoca os atletas que vão representar as cores da bandeira de acordo com as próprias regras da entidade. O anúncio oficial dos nomes deve ocorrer em cerca de um mês pelo Comitê Paralímpico Brasileiro.

“A felicidade é imensa de poder retornar ao meu País levando comigo a minha 7ª medalha de ouro em Mundiais de paracanoagem. Obrigado por estarem remando comigo nessa jornada. Seguimos rumo a Paris”, frisou o paratleta de São Bernardo, em suas redes sociais. No geral, o Brasil encerrou o torneio internacional com dois ouros, duas pratas e dois bronzes.

Natural de Picos, no Piauí, Luis Carlos assegurou medalha de prata nos Jogos de Tóquio, no Japão, e segue em alto nível na classe KL1 às vésperas das Paralimpíadas da França. Melhor classificação do Brasil na categoria, ele ficou com a segunda colocação na prova dos 200 metros da canoagem do torneio em 2021, superado somente pelo húngaro Peter Kiss, fenômeno da modalidade.

Sob a orientação do técnico húngaro Akos Angyal, que desde 2005 encabeça a equipe da seleção olímpica de canoagem, Luis Carlos ocupa o topo da categoria. Ele começou a praticar o esporte para se manter em forma após o diagnóstico de paralisia - ficou paraplégico aos 25 anos, devido a um parasita que se alojou em sua medula. A classe disputada por ele é voltada a atletas que utilizam apenas os braços para remar.

Última modificação em Sexta, 17 Maio 2024 09:04

Ribeirão Pires sedia, neste domingo (19), às 9h, a 3ª etapa do Enduro Paulista de Regularidade. A ação esportiva terá largada na Capela Nossa Senhora do Pilar, que fica na rua Alecrim, 01, Pilar Velho.

Cerca de 100 pilotos devem participar da prova que, ao todo, terá 80 PCs (pontos de controle) que certificam, através de GPS, o tempo de passagem de cada piloto pelos locais estipulados. As trilhas estão sinalizadas com percurso na região da Quarta Divisão e Avenida Santa Clara, com 104 km de extensão.

A chegada dos participantes acontecerá a partir das 13h20, no mesmo local da largada, ou seja, na tricentenária Capela do Pilar. A ação esportiva é organizada pelo Paulista de Regularidade, com o apoio da Prefeitura de Ribeirão Pires, por meio da Secretaria da Juventude, Esportes e Lazer (SEJEL).

As inscrições ainda podem ser realizadas por meio do site www.paulistaderegularidade ou com antecedência no dia do evento.

Diadema vem se preparando para a Conferência Municipal da Saúde 2024, com o tema “Democracia, Trabalho e Educação na Saúde para o Desenvolvimento: Gente que faz o SUS acontecer”. O evento acontecerá, na terça (28) de maio, às 13h30, no auditório da Secretaria de Educação, e vai discutir 107 propostas apresentadas ao longo de quatro encontros regionais.

Entre 22 de abril e 07 de maio, 250 pessoas entre usuários, trabalhadores e gestores da rede municipal de saúde participaram das conferências regionais nas regiões Norte, Centro-Oeste, Leste e Sul e fizeram sugestões, organizadas em três eixos temáticos, para elaborar e aperfeiçoar o trabalho desenvolvido na cidade.

O secretário municipal da Saúde, José Antônio da Silva, ressalta a importância da participação popular na elaboração das políticas públicas. “O diálogo entre munícipes, trabalhadores e gestores colabora para aperfeiçoar as ações já desenvolvidas, além de pensar em modelos mais atuais para atender as demandas de quem faz e de quem usa o SUS”, afirma.

Propostas

O eixo que recebeu mais propostas foi o terceiro, com 47 sugestões, voltado para “Educação para o Desenvolvimento do trabalho na produção da saúde e no cuidado das pessoas que fazem o SUS acontecer: a saúde da democracia para a democracia da saúde”. A formação dos profissionais sobre o Sistema Único de Saúde; parceria com instituições para educação permanente; apoio à especialização e incentivo educacional; aperfeiçoamento das práticas pedagógicas nas escolas e serviços de saúde; implantação e ampliação de espaços de formação foram algumas das ações elencadas nos eventos regionais. Confira todas as propostas em https://portal.diadema.sp.gov.br/wp-content/uploads/2024/05/PropostasConferenciaMunicipalSaudeDiadema2024.pdf.

Já o eixo 2, relacionado a “Trabalho Digno, Decente, Seguro, Humanizado, Equânime e Democrático no SUS: uma agenda estratégica para o futuro do Brasil”, contou com 38 sugestões, desde readequação de recursos humanos, investimentos em tecnologia, plano de carreira, acolhimento à saúde mental dos trabalhadores, capacitações para todas as categorias profissionais até financiamento para equipamentos de saúde e equipes.

Para completar as 107 propostas, o primeiro eixo, intitulado de “Democracia, controle social e o desafio da equidade na gestão participativa do trabalho e da educação em saúde”, recebeu 22 propostas. Entre elas, revisão da legislação para garantia de direitos, ampliação da mesa de negociações, estímulo aos fóruns de participação popular, fortalecimento da rede de Atenção à Saúde e dos conselhos, ter em conta a diversidade da população em todas as ações.

Com ações direcionadas ao município, estado e união, as propostas passam por uma revisão da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) para evitar duplicidade de propostas ou repetição de ideias e, posteriormente, serão apresentadas na plenária municipal para votação e encaminhamento para as etapas macrorregional, estadual e nacional.

A concessionária do Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre, a Fraport Brasil–Porto Alegre, negou que as operações do terminal voltarão em setembro deste ano, conforme divulgado por veículos de imprensa. As instalações do aeroporto e a pista de pouso foram inundadas desde o início deste mês, após as fortes chuvas que atingem o estado desde o fim de abril. O aeroporto continua alagado.

Em nota divulgada na quarta (14), a empresa que tem a concessão para operar o terminal da capital gaúcha informou ainda que as operações seguem suspensas por tempo indeterminado e não deu previsão de quando voltarão. “No momento, não temos uma estimativa dos danos causados pela enchente. Após as águas baixarem, teremos condições de avaliar em detalhes os impactos na infraestrutura aeroportuária.”

O informe destaca que segue válido até 30 de maio o documento com informação de restrições aeronáuticas chamado de NOTAM (sigla em inglês para Notice to Airman), ou Aviso para Aeronavegantes, emitido em 6 de maio.

A Fraport Brasil, em conjunto com o Ministério de Portos e Aeroportos (MPor), tem estudado a oferta de voos comerciais para o transporte de passageiros a partir de Base Aérea de Canoas, administrada pela Força Aérea Brasileira (FAB). A unidade militar fica a cerca de 30 km do Aeroporto Internacional de Porto Alegre. (A.Br)

O governador Tarcísio de Freitas concluiu, na quinta (16), em Nova York (EUA), a segunda missão internacional do ano para apresentar oportunidades de investimentos no Estado a investidores estrangeiros.

Em seu último compromisso antes de voltar ao Brasil, Tarcísio participou da conferência promovida pelo grupo Itaú BBA Latin América. Na ocasião, explicou as medidas administrativas que o Estado tem adotado para garantir a eficiência da gestão e priorizar a atração de recursos.

“Um estado que tem R$ 330 bi de orçamento precisa ter fôlego para investimentos. Por isso, estamos fazendo um grande exercício para reduzir despesas e custeio, renegociar dívidas e rever benefícios tributários que não se traduzem mais em Capex (investimentos em bens de capital) ou empregos para o Estado. Com isso, estamos construindo um Estado com maior capacidade de investimento”, afirmou.

Ao detalhar as iniciativas e oportunidades de investimento, Tarcísio reforçou o compromisso da administração com a revitalização da região central da capital. Segundo o governador, ao destinar R$ 4 bilhões para o projeto da construção do Centro Administrativo Campos Elíseos, a gestão dá um sinal claro ao mercado sobre o potencial da região para a atração de recursos.

“Vamos revitalizar o centro de SP, que tem potencial para ser pulsante. Nós temos de devolver o centro para as pessoas e é isso que vamos fazer”, disse. Tarcísio reforçou que o projeto não é o único para a região, que contará ainda com a construção de mais de seis mil unidades habitacionais no âmbito da PPP do centro. “Se eu vou levar as pessoas para trabalhar lá, tenho de garantir condições para elas morarem lá também. E isso faz sentido porque é uma região que já conta com serviços como transporte, saneamento e segurança”, completou.

Ao longo dos dias que permaneceu nos Estados Unidos, o governador participou de uma série de eventos com investidores e executivos de diferentes de grupos, que demostraram grande interesse no projeto de desestatização da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo – Sabesp. A próxima etapa do processo será a reunião do Conselho Deliberativo da Unidade de Regional de Serviços de Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário Sudeste (URAE-1), na próxima semana. A expectativa da gestão é que a oferta pública de ações da companhia seja aberta ainda neste trimestre.

Além do projeto da Sabesp, o Programa de Parcerias de Investimentos do Estado (PPI-SP) conta ainda com diversas outras propostas inovadoras e estruturantes. Ao todo, são 18 projetos já qualificados e distribuídas em quatro eixos estruturais – água e energia, mobilidade, rodovias e social. A expectativa da gestão é realizar 44 leilões até o final de 2026, mobilizando grupos globais interessados em investir nos ativos estaduais.


Pagina 5 de 1932

Destaques

"Temos que nos preparar"…

22 Mai 2024 Política

Main Menu

Main Menu