16 Nov 2018

A advogada Andréa Tartuce, junto ao presidente da OAB-SP, Marcos da Costa, promoveu, na quarta (7), no clube Primeiro de Maio, em Santo André, festa de lançamento da Chapa 2 #OabComVocê, para presidência da instituição. Centenas de pessoas estiveram presentes.

A chapa é composta por:

Leonardo Domiliqueli Pereira (vice-presidente)

Rosa Lino (secretária-geral)

José Luiz Ribas (tesoureiro)

Rodrigo Amaral (secretário-adjunto)

Helton Fesan (conselheiro executivo)

Marcelo Firmino (conselheiro executivo)

 

A Prefeitura de Santo André realizou, na tarde de quarta (7), a entrega de oito novas viaturas para a Guarda Civil Municipal (GCM). Os veículos vão incrementar as ações de segurança nas proximidades das escolas da rede municipal de ensino e no patrulhamento por toda a cidade. O investimento para equipar e adquirir os carros modelo Duster foi de R$ 1,2 milhão, com recursos federais. A expectativa da administração municipal é trocar toda a frota da GCM, que hoje conta com 25 viaturas em funcionamento, com a aquisição de mais 30 carros no próximo ano, totalizando 38.

Os novos veículos começaram a ser utilizados em rondas por toda a cidade já nesta quarta-feira. A partir de fevereiro, além do trabalho integrado com as escolas municipais, a Prefeitura irá distribuir em unidades educacionais série de materiais voltados aos alunos, com informações de como acionar a GCM em caso de violência contra a criança, por exemplo. Está prevista a entrega de 79 mil cartilhas, 30 mil flyers e instalação de 750 banners, produzidos também com recursos federais.

O secretário de Segurança Cidadã, José de Oliveira, comemora a retomada da valorização da GCM. “Esta entrega é um complemento de muitas ações que estamos realizando na cidade para que a população possa perceber cada vez mais a presença dos nossos agentes de segurança em Santo André”, afirmou.

O prefeito Paulo Serra destacou a mudança cada vez mais perceptível da população na redução dos índices de criminalidade na cidade. “Estamos em uma verdadeira transformação, que não começou hoje, mas no primeiro dia do nosso governo. Integramos as forças policiais da cidade, não fugindo da nossa responsabilidade na questão da segurança. Como temos escolas espalhadas por toda a cidade, manteremos a presença da GCM em todos bairros. Vamos chegar a 38 novas viaturas até o próximo ano, tudo isso aliado à aquisição de 250 novas câmeras, que fará com que Santo André seja a cidade mais monitorada do país”, frisou.

A Prefeitura está finalizando os trâmites legais para a compra e instalação destes novos equipamentos, o que triplicará a capacidade de monitoramento de ruas, avenidas e os grandes corredores. Estas imagens ficarão concentradas em uma moderna central que integrará a comunicação com a Polícia Militar, Civil e GCM. As novas câmeras também serão determinantes para ampliar a cobertura do Programa Detecta na cidade, reduzindo os índices de roubo de veículos. A Prefeitura trabalha com a expectativa de finalizar o processo, que contempla a compra e instalação, já no começo do próximo ano.

O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, apresentou, na quarta (7), cinco novas ambulâncias ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que irão ampliar e fortalecer o serviço de atendimento de urgência e emergência da cidade.

Com os novos modelos perfilados, equipados e prontos para atender a população, o ato oficial aconteceu em frente à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) São Pedro e contou com presença do vice-prefeito e secretário de Serviços Urbanos, Marcelo Lima, do secretário de Saúde, Geraldo Reple, do diretor do Departamento de Urgência e Emergências, Stefanos Lazarou, vereadores da base aliada, líderes comunitários e a população em geral.

“Com muita alegria, estamos substituindo ambulâncias velhas, por veículos modernos e apropriados para o transporte de passageiros. Hoje, estamos comemorando a vinda desses cinco modelos, porém nosso objetivo é chegar em 2020, com 100% da frota renovada. Um serviço apropriado e de qualidade, é crucial na hora de salvar ou até mesmo curar a vida dos nossos pacientes”, comentou o prefeito.

Os novos veículos foram encaminhados à cidade por meio do Governo Federal, via Ministério da Saúde, cada ambulância custou, em média, R$ 170 mil. Ao todo, o SAMU opera no município com 14 ambulâncias, sendo 12 do modelo básico, duas avançadas, com equipamentos semelhantes a uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), e duas motolâncias.

Em seu discurso, o responsável pela pasta de Saúde, esclareceu que São Bernardo realiza, em média, 4.500 atendimentos por mês e conta com uma ampla equipe de profissionais, composta por 43 médicos, 26 enfermeiros, 64 técnicos/auxiliares de enfermagem e 55 condutores de veículos de urgência.

 “Com o investimento, teremos veículos mais modernos e equipados para melhor atender nossos pacientes. O SAMU é um serviço de atendimento às urgências pré-hospitalares, sendo utilizado para casos de urgência e emergência. Por isso, necessita de atendimento diferenciado e eficaz. Com a nova frota, estamos dando mais um passo importante para melhorar a saúde desta cidade”, explicou Reple.

Em comemoração ao aniversário de 64 anos de Mauá, celebrado dia 8 de dezembro, a Prefeitura vai inaugurar locais revitalizados e lançar mais de 20 ações. São iniciativas que abrangem quase todas as secretarias, entre elas Transporte, Saúde, Educação, Meio Ambiente, Cultura e Promoção Social.

 O prefeito Atila Jacomussi afirmou que está orgulhoso em dar mais força aos programas como Pavimenta Mauá, Expresso Mauá, Mutirão da Castração, Café do Trabalhador e tantos outros serviços que beneficiam toda a população. “Mais do que reforçar nossos programas, faremos uma série de lançamentos essenciais na área da Saúde, no Hospital Nardini (com a revitalização da farmácia, almoxarifado, dez novos leitos de UTI e inauguração da capelania), na área da Educação, na Escola Municipal Alice Túlio Jacomussi (que terá aulas em período integral), na área da Cultura, com a revitalização do Parque da Juventude e a inauguração da Fábrica de Artes, no Eixo Barão”, disse.

 Em outubro também foi inaugurada a cobertura do Terminal Central com a Estação de Trem e nova iluminação, a contratação de 40 novos GCMs e o lançamento do Saúde em Dia (exames de papanicolau, ultrassom de mama, mamografia e transvaginal) em todas as UBSs.Acompanhe as ações e inaugurações desta semana:

 Saúde – 8/11, às 16h - Revitalização da farmácia, almoxarifado, nove novos leitos de UTI e um de isolamento, conforto médico e sala do Coreme (Comissão de Residência Médica)

Educação – 10/11, às 10h – Reinauguração da Escola Alice Túlio Jacomussi e lançamento das aulas integrais

Cultura – 11/11, às 10h – Inauguração do Parque da Juventude

O Formula 1 Grande Prêmio Heineken do Brasil 2018 começa, nesta sexta (9), e acontece no sábado (10), e domingo (11), no autódromo de Interlagos, em São Paulo.

Neste ano, a Fórmula 1 será mais veloz, superando a melhor marca do circuito. No ano passado, Valtteri Bottas foi o pole no GP Brasil com 1min08s038 (volta mais rápida da história da F1) e Max Verstappen quebrou o recorde da prova de Interlagos com 1min11s044. Os pilotos da temporada estão prontos para acelerar ainda mais este ano. Pela primeira vez na história da F1 dois tetracampeões estarão competindo em busca do penta: Lewis Hamilton e Sebastian Vettel. Mas os testes mostram que Daniel Ricciardo e Max Verstappen poderão atrapalhar os planos do pentacampeonato mundial.

Este ano, o público de Interlagos verá, pela primeira vez, os carros equipados com o halo de segurança sobre o cockpit. O objetivo é proporcionar mais segurança aos pilotos. Os testes de Barcelona demonstraram que ele não interferiu em nada no rendimento dos carros. A expectativa é que, nos pontos mais velozes do traçado, superem bem os 335 km/h já que um novo composto de pneu, o hipermacio, permite velocidades ainda maiores. O GP Brasil, 20º e penúltima corrida da temporada, poderá consagrar, outra vez, o novo campeão mundial da categoria.

Ainda há ingressos disponíveis para a corrida, informações e imagens 360 graus dos setores estão à venda no único site oficial do evento,www.gpbrasil.com.br, no Shopping Market Place, em São Paulo (av. Doutor Chucri Zaidan, 902, Vila Cordeiro), nos horários de funcionamento do shopping, até o dia 10 de novembro, e na bilheteria do autódromo de Interlagos, que funcionará até o dia 8/11, das 9h às 17h, no dia 9/11, das 7h às 17h e nos dias 10/11 e 11/11, das 7h às 12h. Os ingressos estão sujeitos à disponibilidade. O GP Brasil de F1 também está no Instagram, Facebook e no Linkedin: gpbrasilf1.

 

Segundo o Indicador Serasa Experian de Falências e Recuperações, em outubro de 2018 foram realizados 107 pedidos de recuperações judiciais, recuo de 1,8% frente ao apurado no mês correspondente do ano passado. Já a variação mensal registrou aumento 18,9% relação ao índice de setembro deste ano. As micro e pequenas empresas responderam pelo maior número de requerimentos de recuperação judicial no décimo mês de 2018, com 68 pedidos, seguidas pelas médias (22) e pelas grandes empresas (17).

O acumulado de janeiro a outubro deste ano totalizou 1.179 recuperações judiciais requeridas, com decréscimo de 1,4% no comparativo com o mesmo período de 2017. No ano passado, o consolidado de janeiro a outubro fechou com 1.196 ocorrências contra as 1.600 efetuadas em período similar de 2016. As MPEs contabilizaram 722 pedidos no decorrer dos dez meses de 2018. Na sequência, aparecem as médias (275) e as grandes empresas (182).

Falências

O número de requerimentos de falências em outubro deste ano recuou 10,3% em relação ao indicador do mesmo mês de 2017 (140 contra 156). Na variação mensal, houve aumento de 12,0% na variação mensal face aos 125 pedidos de setembro deste ano. Os micro e pequenos empreendimentos também ficaram na dianteira em número de falências requeridas (79). As médias empresas efetuaram 33 pedidos e as grandes, 28 pedidos.

No decorrer de janeiro a outubro de 2018, os requerimentos de falência (1.231) caíram 17,1% frente aos realizados no correspondente período de 2017. Foram 1.485 pedidos no acumulado dos nove meses do ano passado contra os 1.553 realizados em 2016. Na distribuição do total de falências requeridas por porte de empreendimento, entre janeiro e outubro de 2018, as MPEs responderam por 660 pedidos, seguidos pelas médias empresas (285) e médias (286).

De acordo com os economistas da Serasa Experian, os pedidos de recuperações judiciais requeridas, tanto em outubro quanto no acumulado do ano estão praticamente nos mesmos níveis aos observados no ano passado. Isto revela que, devido ao baixo dinamismo da atividade econômica, as dificuldades financeiras das empresas persistem nas mesmas condições.


Destaques

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu