20 Jul 2019

Nesta terça (16), a partir das 19h, será realizado o tradicional Encontro de Carros Antigos no ParkShopping São Caetano. O evento, gratuito e organizado pelo Automóvel Clube de São Caetano do Sul, acontecerá no estacionamento subsolo e contará ainda com a dupla SOM LIVRE  tocando jazz, MPB, bossa nova e pop.

Neste mês, os grandes destaques da noite serão as Pick-Ups. Apesar de terem sido feitas originalmente para trabalho pesado no campo, as picapes, ou pick-ups, caíram no gosto do brasileiro, que as usam em grande parte para passear por ruas e avenidas. Os visitantes verão os modelos clássicos de perto nesta noite especial.

Os interessados em expor seus veículos devem contribuir com 2kg de alimentos, não perecíveis, que serão doados ao Fundo de Solidariedade de São Caetano do Sul.

 

Serviço

Encontro de Carros Antigos - Noite Pick-ups

Data: 16/07, às 19h

Endereço: estacionamento subsolo do empreendimento ParkShopping São Caetano - Alameda Terracota, 545, Espaço Cerâmica, São Caetano do Sul – SP

Os brasileiros Pedro Barros e Yndiara Asp venceram o campeonato Vans Park Series - Etapa Montréal (Canadá). Os competidores repetiram a dobradinha no pódio, assim como já havia acontecido na etapa São Paulo, em junho deste ano. Yndiara recebeu nota 87.20. A segunda colocada, a norte-americana Jordyn Barratt, ficou com 85.30 pontos e a terceira colocada, a finlandesa Lizzie Armanto, fechou com 78.33 pontos.

No masculino, Pedro Barros teve nota 91.50. O segundo colocado, Cory Juneau ficou com 88.50 e o terceiro lugar foi para Tristan Rennie, com 81.73 pontos.

A próxima etapa acontece em agosto em Paris e a final em setembro, em Salt Lake City (EUA). 

 

 

Resultados Finais 

2019 VPS Men’s Pro Tour

  1. Pedro Barros (BRA)
  2. Cory Juneau (USA)
  3. Tristan Rennie (USA)

2019 VPS Women’s Pro Tour

  1. Yndiara Asp (BRA)
  2. Jordyn Barratt (USA)
  3.  Lizzie Armanto (FIN)

Parabéns para a Equipe Master de Natação Santo André pelo feito em ser a 7º Equipe Master do Estado de São Paulo. Mesmo com menos de 30 atletas masters conseguiram ficar no topo da Natação do Estado de São Paulo entre 41 equipes, que disputaram, no sábado (6), no Complexo Esportivo e Recreativo Rebouças, em Santos, em piscina longa, o Campeonato Paulista Master de Natação: “Troféu Gisele Caetano Pereira”. Agradecimentos a nossa grande e estimada técnica Kelly Hatanaka Nunes, ao técnico Carlão  e ao  GRUPO MRX, que nos cedeu o transporte ida e volta até Santos".

As contas públicas se encontram em uma situação de completo desequilíbrio e uma parte é provocada pelo sistema previdenciário, tanto o do regime geral, quanto dos regimes próprios.
Os regimes próprios, sejam eles da União, dos Estados ou dos municípios, geram um déficit que mostram um quadro bastante preocupante, que chega a R$ 7,4 bilhões, sendo que somente os Estados respondem por 70% (R$ 5,2 bilhões), desse total. Já o déficit do regime geral da Previdência, até maio deste ano, chegou a quase R$ 200 bilhões.
Atualmente, existem mais inativos, do que contribuidores ativos, ou seja, enquanto a quantidade de contribuintes para o regime geral da Previdência Social (RGPS) foi da ordem de 51 milhões, a quantidade de benefícios pagos foi de 586 milhões. Já nos regimes próprios, a quantidade de servidores aposentados e pensionistas da União foi de 737,5 mil, enquanto que a quantidade de servidores ativos foi de 691, 3 mil.
Nos últimos 20 anos, todos os governos apresentaram propostas para reformar a Previdência. O governo do ex-presidente José Sarney (de 1985 a 1990), não chegou a fazer uma reforma, mas, remendos na reforma da Previdência. Foram reformas paliativas, que não resolveram o problema. Em 1998, o governo Fernando Henrique Cardoso já defendia uma idade mínima para a aposentadoria: 60 anos para homens e 55 para mulheres. Mas, faltou apenas um voto para a aprovação na Câmara. No entanto, uma mudança importante foi aprovada: a Previdência não mais consideraria o tempo de serviço do trabalhador, mas sim o tempo de contribuição com o INSS. O período estabelecido foi de 30 anos para as mulheres e 35 para os homens. Também foi criado o fator previdenciário, para evitar a aposentadoria precoce.
Em 2003, no governo Lula, novas mudanças foram discutidas. A proposta aprovada acabou com a aposentadoria integral dos futuros servidores públicos, criando um fundo complementar público, que só passaria a valer a partir do governo de Dilma Rousseff, quando foi regulamentado. Também foi instituída a cobrança da contribuição previdenciária para o servidor inativo. Empossado presidente, após o impeachment de Dilma, Michel Temer apresentou ao país uma agenda de reformas, entre elas, a da Previdência. O texto estava praticamente pronto, mas o governo chegou ao fim sem que o projeto fosse votado. Já Bolsonaro, assumiu o governo com o compromisso de, enfim, realizar a reforma.
Aprovada, na quarta (10), pela Câmara dos Deputados, com 379 votos a favor e 131 contra, em primeiro turno; a Reforma da Previdência irá garantir uma economia de R$ 933,9 bilhões nas despesas da Previdência em 10 anos. A economia total será de R$ 987,5 bilhões, incluindo o aumento da taxação dos bancos (ou seja, aumento de receitas).
A proposta aprovada pelos deputados, que ainda poderá ser mudada, fixa idades mínimas de 65 anos (homens) e 62 anos (mulheres) para se aposentar. O tempo mínimo de contribuição previdenciária passará a ser de 15 anos para as mulheres e 20 anos para os homens. Categorias como professores e policiais terão regras mais brandas. Os novos critérios valerão para quem ainda não começou a trabalhar. Quem já trabalha e contribui para o INSS ou o setor público terá de escolher entre cinco regras de transição. Para que as regras passem a valer, ainda será necessária uma segunda votação na Câmara, com o mínimo de 308 votos para aprovação. Após, a proposta segue para o Senado, onde precisará de votos favoráveis de pelo menos 49 dos 81 senadores.
A tramitação da reforma da Previdência, como afirmou o jornalista William Waack, em artigo, foi um exemplo “de marcha da complacência”. A aprovação se deu no limite do insustentável. E, que isso não se repita para outras reformas que o País ainda necessita.

13 de Julho de 2019

Aprovação
O Datafolha divulgou, na segunda (8), mais uma pesquisa sobre os índices de aprovação ao governo do presidente Jair Bolsonaro. Entre os entrevistados, 33% responderam que o presidente da República está fazendo um governo ótimo/bom. Aqueles que avaliam o governo como regular são 31% e também 33% classificam a gestão Bolsonaro como ruim/péssima.

Aprovação I
Bolsonaro, com seis meses de governo no primeiro mandato, tem o pior índice de aprovação desde 1990, segundo o Datafolha, que aponta que com o mesmo tempo de mandato, Fernando Collor registrava 34% de ótimo/bom (dentro da mesma margem de erro, portanto). Patamares piores apenas com Fernando Henrique Cardoso, em 1999, após a reeleição, que tinha 16%; e Dilma Rousseff, em 2015, que tinha 10%.

Dobrar
O Congresso deverá dobrar fundo eleitoral para R$ 3,5 bilhões. O relator do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2020, Cacá Leão (PP-BA), inseriu uma emenda na proposta com a previsão de um aporte de R$ 3,5 bilhões de emendas parlamentares para o fundo eleitoral de 2020. O valor é o dobro do repasse realizado na campanha de 2018, quando os partidos receberam R$ 1,7 bilhão de verbas públicas para financiar propagandas, eventos e viagens dos candidatos.

Dobrar I
Nas eleições de 2018, 34 dos 35 partidos políticos registrados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) receberam recursos do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC), o Fundo Eleitoral, aprovado em 2017 pelo Congresso Nacional. Foi a primeira vez que a verba foi usada por candidatos, já que as doações empresariais foram proibidas. O Novo foi a única legenda que não participou da partilha dos valores, abriu mão do recurso após uma decisão interna.

Recorde
O Sistema Único de Saúde (SUS) recebeu ressarcimento recorde, de quase R$ 600 milhões, da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) na primeira metade deste ano. O valor é o maior desde 2000, quando a ANS foi criada e refere-se a atendimentos prestados na rede pública a clientes de planos de saúde. Em 2018, foram repassados R$ 783 milhões, recorde que deverá ser superado neste ano.

Alvos
O DEM e o MDB são os alvos preferenciais do PSDB de São Paulo para a reeleição do prefeito Bruno Covas. O partido já iniciou as negociações em busca de formar uma coligação de partidos favoráveis a reeleição, que promete ainda, ter muitos outros aliados.

Cúpula
A cúpula do PSDB, ligada ao governador de São Paulo, João Doria, ameaça expulsar o de-putado federal Aécio Neves se ele não pedir afastamento do partido. A pressão pelo desligamento de Aécio se intensificou depois que ele virou réu na Justiça Federal de São Paulo, na semana passada, acusado de receber propina de R$ 2 milhões do grupo J&F e tentar obstruir investigações da Lava Jato. A maior cobrança está sendo feita pela ala de São Paulo, por conta da proximidade da campanha de reeleição do prefeito Bruno Covas.

Cúpula I
De Londres, na Inglaterra, em missão para atrair investidores para o Estado, o governador João Doria afirmou ao Estadão, que “o melhor para o partido seria uma saída espontânea” do deputado Aécio Neves. Uma expulsão, segundo ele, seria “uma marca muito dura” para a trajetória de qualquer político.

Cadeado
Comerciantes ambulantes da portaria do Parque Central, em Santo André, relatam que havia, até meses atrás, guardas civis na entrada principal. Porém, não há mais. Na manhã de domingo (28) de junho, na entrada principal do Parque, um casal, após sair do local, teve seu veículo furtado. No local, não havia nenhum membro da GCM e a guarita estava trancada. A reportagem esteve no local, no feriado de terça (9), pela manhã, e constatou que, mesmo com intenso movimento de usuários no parque, havia um cadeado fechando a guarita, que estava vazia. Também não havia nenhum membro da GCM no local, nem nas imediações.

Golpe
O ex-prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho, em artigo publicado em sua página no Facebook, sobre o metrô, que não virá mais ao ABC, avaliou com um “duro golpe no desenvolvimento da nossa região” e ainda que o governador João Doria, “teve a desfaçatez de anunciar o fim desse sonho como um grande pacote de mobilidade para as sete cidades”. Marinho afirmou ainda que “o ABC merece mais respeito. O metrô não é obrigação do prefeito, disse o então candidato Orlando Morando, quando lancei a proposta em 2008. Agora, prefeito, talvez ele não saiba, mas, é obrigação de um prefeito lutar e trabalhar para melhorar a vida de seu povo”.

Nova
Com a proximidade do aniversário de 142 anos de São Caetano, a ser celebrado no dia 28 de julho, a Prefeitura irá lançar, na próxima quarta (17), às 17h30, no Teatro Paulo Machado de Carvalho, uma revista. Com o título de “Surge uma Nova São Caetano”, a atual administração pretende exibir, em grande número de páginas suas principais conquistas para o município, em áreas como Saúde, Educação, Segurança e Empregos. Não foi divulgado o valor investido no material.

Avalie este item
(0 votos)

A busca da perfeição física torna o ser humano tão corajoso e audaz, que não teme se converter em cobaia. Uma pesquisa de tendências para 2019 realizada pela Consultoria Trendwatching detectou o que está sendo chamado “Bem-estar Extremo”.
Ninguém hesita em transformar seu corpo, o único que tem, num experimento científico. Procura-se controlar o que se come, o que se bebe, o que se faz, como e quanto se dorme, tudo para adquirir um padrão ideal de beleza. A busca agora é por produtos customizados. Os testes de DNA são acessíveis. A partir daí, empresas como a 23AndMe permitem a obtenção de relatórios genéticos e de programação para o prolongamento da vida com qualidade.
A sofisticação chega ao ponto de produzir cigarro eletrônico de maconha, para controle da quantidade consumida. Chega-se a receber transfusão de sangue de jovens, para que o corpo velho e cansado também se juvenilize.
A malhação nas academias continua em alta, mas desde que acompanhada de anabolizantes e de outras substâncias auxiliares, capazes de rejuvenescer e de causar euforia.
Mas e a cabecinha, como é que fica? Tudo isso é neura, é “encucação”. Não há problema. Quer fugir dos problemas, há substitutivos para o Prozac muito mais poderosos. Para você se distrair, a Netflix vai produzir programas que permitem interação. Você vai ajudando a produzir a trama, altera o rumo da estória de acordo com sua predileção ou estado de espírito.
A tecnologia da “realidade aumentada” vai acelerar o consumo. Permite que a venda de objetos e de móveis se faça através a visualização exata de sua posição dentro da casa do comprador. São pontos de venda mágicos, espalhados até em locais públicos. Um exemplo é aquele utilizado pelo metrô paulistano, cujas câmaras interpretam as expressões faciais dos passageiros e identificam sua reação a um tipo de publicidade mais agressivo.
Com o intuito de disfarçar a predominância da lex mercatória, há um marketing para convencer o comprador de que as empresas têm uma ética muito especial e ditada pelos seus clientes. É o chamado “consumismo positivo”: a partir de identificação com as bandeiras atuais, os produtores as empalmam.Tudo vale para reforço da convicção do consumidor de que escolheu um produto elaborado por um conglomerado “do bem”, que está atento e não descuidada preferência moral do seu cliente.


Paulo Bomfim. Saudade

Avalie este item
(0 votos)
Avalie este item
(0 votos)

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu