13 Dec 2017

O Hospital e Maternidade Brasil lançou, na terça (12), o projeto exclusivo em todo o ABC, o “Momento Único Live”. Trata-se de um serviço que foi criado para compartilhar em tempo real o primeiro encontro do bebê com seus pais, ainda no centro obstétrico, para familiares e amigos.

Segundo o coordenador da Maternidade do Hospital Brasil, Alessandro Neves, a Rede D’Or, que faz a gestão do Hospital Brasil, adotou como uma das principais linhas de atuação estratégica, até 2019, a atuação na maternidade e são várias as ações que estão em andamento, duas delas já implantadas em 2017. “Um delas é o “Momento Único”, um projeto de filmagem do primeiro encontro entre o bebê recém nascido e a mãe. Um projeto inovador e único em todo o Brasil, que foi pesquisado para ser feito com muito cuidado, com a preservação da imagem da mãe, será feito somente com autorização da família e do médico. É uma forma de humanizar esse momento”, conta.

As imagens serão disponibilizadas por meio de três plataformas: canal interno do hospital, pela televisão do quarto, de maneira gratuita, e pelo Facebook e site do hospital, com taxa de R$ 90.

Segundo Erick Eloi, responsável pela plataforma “Momento Único Live”, após pesquisas, foi constatado que no Brasil, somente em alguns hospitais de São Paulo, também é oferecido esse tipo de serviço, mas, com delay (atraso) de 1h30, enquanto que no Hospital Brasil será de apenas 16 segundos.

Alessandro também anunciou que, no próximo dia 8 de janeiro, começará no Hospital Brasil, a atuação de um novo serviço de Medicina Fetal. “Será uma equipe especializada de ultrasonografistas, que só trabalham com gestação e gestação de alto risco. Então, as pacientes que fazem pré-natal irão realizar exames de ultrassom com uma equipe que só faz Medicina Fetal, não são radiologistas, são obstetras com especialização em medicina fetal. É uma segurança maior, tanto para os médicos, quanto para as pacientes, mas, principalmente para aquelças que apresentam uma gestação de alto risco”, revelou.

Outra novidade, já é oferecida no hospital, há quatro meses, é o ‘Alojamento Conjunto’, no qual praticamente é eliminado o trjeto do bebê ao berçario, pós-parto, pois as mães ficam juntas aos seus bebês, desde o parto, até a recuperação e encaminhamento para o quarto. “Nossa equipe foi treinada, inclusive com enfermeiras especializadas em aleitamento materno, pois muitas mães têm dificuldade na primeira amamentação. Em quatro meses, tivemos 100% de adesão das mães”, conta Alessandro. O sucesso é tão grande, que o coordenador da Maternidade afirmou ainda que já há um projeto para reforma na Maternidade do hospital, para readequar melhor o espaço, utilizado até então para o berçário.

 

A Coop – Cooperativa de Consumo anunciou, na (12), que pretende investir R$ 94 milhões em 2018. Desse montante, mais de R$ 90 milhões serão investidos no ABC, com a inauguração de uma nova loja ainda no primeiro semestre, nove drogarias de rua e um posto de combustível, além da modernização de suas lojas e da área de TI (Tecnologia da Informação).

De acordo com o diretor-presidente Marcio Valle, o interesse em abrir nova lojas no interior de São Paulo continua, mas no momento as novas oportunidades surgiram na região do ABC, onde detém 25% de share e maior número de unidades.

A previsão da Coop é encerrar este ano com crescimento nominal de 4% e fornecimento (faturamento total) de R$ 2,2 bilhões. Durante 2017, a Coop inaugurou duas lojas com investimento total de R$ 19,7 milhões, e outras duas drogarias, sendo que a terceira deste ano abrirá suas portas, na próxima quarta (20), em Santo André, no Centro.

Num prazo de quatro anos, a Coop deverá chegar a 80 drogarias, praticamente o dobro da estrutura atual de 44 unidades, sendo 31 anexas às lojas de autosserviço e outras 13 de rua. O programa de expansão está respaldado num estudo de oito meses conduzido por consultoria especializada, que reavaliou o modelo de negócio até então desenvolvido pela empresa. “O setor drogaria já detém participação de 17% no faturamento geral da rede, percentual que vem aumentando desde 2013 com a investida da Coop na instalação de drogarias de rua”, revela Marcio Valle.

Nos últimos dois anos, a Coop vem investindo pesado na modernização de suas lojas. Atualmente, 60% das lojas instaladas já foram contempladas com o projeto de reforma e modernização. Só neste ano, foram investidos R$ 40 milhões em seis unidades, dotando as estruturas com novas tecnologias em frio alimentar, iluminação e ar condicionado, além de outras melhorias. Os investimentos realizados desde 2015, quando o projeto modernização foi lançado, já representa economia de 25 kw/h entre 2016 e 2017.  

Também neste ano, a Coop inaugurou a primeira unidade de cafeteria NESCAFÉ® Espresso no Brasil, em parceria com a Nestlé, localizada na unidade Industrial, em Santo André, além do serviço de rotisseria, na mesma unidade.

“Graças aos programas Troco do Bem e Revista Coop, em 2017, a Coop ultrapassou a marca de R$ 2,2 milhões em repasse à Federação das APAEs, ajudando na melhoria da qualidade de vida dos 3.175 assistidos de 10 unidades da APAE instaladas nas cidades onde a Coop possui unidades de distribuição (Região do Grande ABC, Sorocaba, São José dos Campos, Piracicaba e Tatuí). Neste ano, a Coop também doou R$ 350 mil para 19 entidades beneficentes e desde que foi lançado em 2002, o programa de responsabilidade social da Coop já beneficiou 240 instituições do ABC e Interior de São Paulo com verba de mais de R$ 4,85 milhões”, completa o diretor-presidente. 

A Prefeitura de Santo André, através do Núcleo de Inovação Social, inaugurou, na terça (12), a terceira Loja Solidária da cidade, no Shoppinho Santo André, no Centro. O espaço é permanente e ficará aberto diariamente para receber diversos tipos de doações, entre elas, roupas e calçados de todos os tamanhos, cobertores, acessórios, material de limpeza e higiene, alimentos não perecíveis, brinquedos, livros, ração e produtos para animais, material escolar e eletrodomésticos, desde que estejam em condições de uso. A arrecadação será distribuída para as instituições sociais da cidade conforme a necessidade.

“É a terceira Loja Solidária em menos de seis meses, a campanha Santo André Solidário é mais um braço do nosso trabalho no Núcleo de Inovação Social, com o apoio de toda a equipe da prefeitura. Com um orçamento pequeno temos que trabalhar com muita criatividade, e com o apoio da população, com apoio do empreendedor, nós conseguimos fazer muito”, afirmou a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Ana Carolina Barreto Serra.

O projeto criado pelo Fundo Social de Solidariedade já resultou na abertura de Lojas Solidárias no Shopping ABC e no Atrium Shopping. Além da primeira-dama, estiveram presentes na inauguração da unidade do Shoppinho Santo André, o prefeito Paulo Serra e o superintendente do Shoppinho, Régis Ricardo Villar de Araújo.

“O projeto não estaria completo se não houvesse uma loja no centro da cidade. É uma alegria em menos de um ano a Ana Carolina e a equipe do Núcleo de Inovação Social conseguiu abrir a terceira loja, que não para na inauguração, as pessoas entenderam muito rápido o conceito da loja, o intuito de concentrar doações e isso tem potencializado de maneira significativa”, afirmou o prefeito Paulo Serra.

A nova Loja Solidária está localizada no Shoppinho Santo André, que fica na rua Álvares de Azevedo, 99, com acessos também na rua Coronel Oliveira Lima, 410 e rua Elisa Fláquer, 155.

 

Próximo das ruínas romanas de Cartago e do tradicional vilarejo de Sidi Bou Said, um moderno santuário de luxo e estilo está agora de portas abertas na costa mediterrânea da capital: bem-vindo ao novíssimo Four Seasons Hotel Tunis.

“Estamos muito felizes em receber os nossos primeiros hóspedes no Four Seasons Hotel Tunis”, afirma o general-manager Ahmed Khalaf. “Já notamos um grande interesse dos nossos vizinhos em Gammarth e solicitações de hóspedes ao redor do mundo. Junto com meu time, estamos ansiosos para apresentar nosso novo hotel, e convidar todos a explorar as maravilhas históricas da Tunísia e o delicioso clima de praia da cidade”.

A arquitetura árabe contemporânea e detalhes do design, como as tradicionais janelas em madeira entalhada, fazem referência a proximidade do hotel a diversos Patrimônios Mundiais da UNESCO, e o fácil acesso à cidade. Em frente ao mar se estende um complexo palaciano de prédios brancos, conectados por passarelas arqueadas e cercado por piscinas, fontes e jardins com palmeiras ao vento e uma praia de areia fina, sob um céu azul no Mediterrâneo.

Esteja entre os primeiros: A Oferta de Abertura tem desconto de 20% em todas as acomodações até março de 2018, enquanto a promoção Stay Longer convida os hóspedes a aproveitarem a terceira diária complementar ao reservar duas noites consecutivas em uma suíte.

Acomodações luxuosas

Embora a Presidential Suite, com 550 m², terraço e piscina privativa seja a acomodação mais luxuosa, as três Mediterranean Suites são igualmente atrativas. Cada uma conta com ampla área de estar e jantar, mordomo, escritório e uma suntuosa máster suíte com terraço e vista para o mar. Ao todo, são 203 acomodações, incluindo 35 suítes – as maiores da Tunísia, e todas com terraços ou varadas - uma gama de opções para viajantes a negócios, casais ou famílias inteiras.

Restaurantes e bares

Com cinco bares e restaurantes supervisionados pelo chef executivo Omar Mallen, os hóspedes podem escolher à vontade, começando com The CREEK, Bistro Chic Restaurant and Lounge, na cobertura do hotel, e que traz a comida mediterrânea com produtos frescos do Mercado Central. O BLU Bar & Grill fica próximo à piscina e à praia e oferece um cardápio de peixes e frutos do mar em um ambiente ao ar livre. O Azur traz a cozinha internacional durante o dia todo. O Salon Alyssa, que inclui mesas internas e no terraço, é ideal para reuniões casuais e drinks em uma atmosfera elegante e aconchegante.

Spa e Lazar

O luxuoso Spa é inspirado nas partes históricas e tradições da cidade, e conta com terraços com vista para o mar na maioria das 11 salas de tratamento. As suítes VIP oferecem um novo patamar de relaxamento, para uma ou duas pessoas, com banheira e uma área privativa para no terraço. Entre as terapias de ponta, Pierre Habert, responsável pelo spa, recomenda o ritual hammam após um dia de compras nos mercados em Medina.

A piscina com conceito indoor-outdoor é cercada por colunas e mosaicos, enquanto a piscina principal está em uma localização central, com vista para o mar, e é ideal para um coquetel ao pôr-do-sol. O fitness centre está equipado com saunas e lounges para homens e mulheres, além de duas quadras de tênis.

Quem viaja em família, encontra as melhores facilidades no Four Seasons Hotel Tunis. O renomado programa Kids for All Seasons tem um espaço próprio – incluindo uma splash pool – e um programa completo de atividades supervisionadas. Há ainda o Teen Centre, onde os adolescentes podem se divertir com vídeo games e socializar com amigos.

Eventos no Four Seasons

São mais de 1.500 m² de espaços para eventos cobertos e ao ar livre, desde o elegante Jasmin Ballroom e salas de reunião equipadas aos jardins com vista para o mar, o Four Seasons Hotel Tunis é ideal para conferências, eventos corporativos e casamentos. Uma equipe especializada está pronta para customizar cada evento e executá-los com perfeição.

Atrações

Para muitos turistas, a parte histórica já vale a visita. Hóspedes do Four Seasons contam ainda com fácil acesso aos centros comerciais da cidade, mercados tradicionais e áreas modernas para compras. A equipe de concierge está sempre atualizada com dicas de restaurantes e atrações.

Estudo realizado pela Secretaria de Saúde de São Bernardo aponta que o município conseguiu ampliar o número de atendimentos médicos, comparados com os anos de 2015 e 2016, na rede de atenção especializada. Só em 2017, até o mês de outubro, foram contabilizados 145.229 atendimentos nos Centro de Referência da cidade (Policlínica Centro e Alvarenga). No ano passado, as mesmas unidades realizaram, ao longo do ano, 132.886 atendimentos e em 2015, 141.749.

Além dos dados consolidados, as unidades também registraram maior oferta no atendimento. Em janeiro de 2017, a Policlínica Centro ofereceu 7.947 consultas, já no mês de outubro, este número saltou para 12.078. Ou seja, ao longo dos meses, a Prefeitura ofertou 52% a mais de consultas médicas à população.

O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, comemorou os índices da pesquisa e ressaltou o empenho da gestão em melhorar a qualidade da saúde pública. “Esses dados apontam que estamos no caminho certo. Estamos investindo e trabalhando para melhorar os atendimentos e ampliar o número de consultas e exames. Vale ressaltar também que os números dessa pesquisa referissem até o mês de outubro, ou seja, os índices serão maiores ainda”, apontou Morando.

Já o secretário de Saúde, Geraldo Reple, explicou que a ampliação no número de consultas é reflexo de um trabalho constante que vem sendo realizado pela Prefeitura. “A nova gestão contratou 314 novos médicos, mas acima de tudo, nós modificamos o sistema de saúde municipal. Reorganizamos as agendas dos médicos e ampliamos os números de atendimentos sem qualquer custo. Estamos trabalhando, incansavelmente, para melhorar a saúde de São Bernardo e os resultados, já estão sendo comprovados”, destacou Reple.

O chefe do Executivo também aproveitou para ressaltar o trabalho que vem sendo realizado no município em prol da saúde. “Temos que comemorar, em 2017 a tiramos 70 mil pessoas que estavam aguardando, na fila de espera, por consultas e exames. Além disso, também lançamos um programa de cirurgias, para zerar a demanda. Iniciamos as obras de dois hospitais, Hospital de Urgência e Hospital Anchieta, que no futuro, serão grandes referências em nossa cidade. Mudar a saúde é um trabalho árduo, mas aos poucos, estamos cumprindo esse papel”, complementou.

O prefeito de Mauá Átila Jacomussi, o superintendente da Santa Casa de Mauá Harry Horst Walendy e o provedor Wilson Augusto conduziram, na última semana, a cerimônia de tombamento parcial das pinturas muralistas de Emeric Marcier na Capela Cristo Rei, localizada dentro do espaço hospitalar.

A capela abriga 23 afrescos do artista plástico romeno, refugiado no Brasil durante a Segunda Guerra Mundial. Alguns são pintados a óleo e outros em têmpera. Os painéis ocupam todas as paredes e o teto da capela, cujo trabalho levou dois anos para ser concluído. Ele começou a pintar a capela em 1943 e no conjunto de afrescos, o artista representou passagens bíblicas, entre elas, a ascensão de Jesus Cristo, a Torre de Babel, os sacrifícios ao bezerro de ouro e a divisão do Mar Vermelho. Marcier dizia que a capela não tinha arquitetura, mas o complexo da Santa Casa é um dos poucos exemplares com influência da arquitetura gótica na cidade de Mauá.

A Santa Casa de Mauá muito se orgulha de sua Capela Cristo Rei, considerada a Capela Sistina brasileira, e por mais de 50 anos, a responsabilidade por manter a capela foi, unicamente, da própria Santa Casa que nem sempre dispunha de recursos para isso. Há alguns anos, em parceria com o Conselho Municipal do Patrimônio Histórico, a Santa Casa iniciou um estudo sobre a melhor forma de proteger tal ícone da cidade, pois um tombamento total da capela inviabilizaria a conservação básica de uma construção que se situa no coração do hospital.

“Depois de alguns debates, chegou-se ao consenso de realizar o tombamento parcial, que consiste em proteger as pinturas, o altar, o órgão, o vitral e o jardim da Entidade, de forma a permitir que a manutenção básica dos demais componentes seja possível e constante. Com o tombamento se abre a possibilidade de buscar recursos e profissionais especializados para a manutenção, restauração e preservação desses importantes ativos culturais”, declara Harry Horst Walendy.

 


Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu