20 Jul 2019

Junto com as ondas de frio, chega também a oportunidade de investir na própria aparência e prepará-la para quando as temperaturas subirem. De acordo com a dermatologista Bárbara Faria-Corrêa (foto), os procedimentos corporais têm uma procura muito maior nesse período já que a exposição ao sol e ao calor diminuem.  Por isso, trata-se da época mais recomendada para obter as melhorias tão desejadas na face e no corpo por meio de tratamentos dermatológicos.

Entre os procedimentos que fazem mais sucesso, está o bioestímulo de colágeno com ácido poli-L-lático, conhecido pelo nome de Sculptra®, para o rejuvenescimento da pele. "Os bioestimuladores de colágeno são utilizados para tratar a flacidez do bumbum, da parte interna das coxas e do abdômen. Eles são mais procurados nessa época do ano, pois, assim, a paciente pode se preparar para estar com o corpo bacana no verão", afirma a especialista.

O ácido poli-L-lático (PLLA), o produto estimula as células a produzirem colágeno, dando mais sustentação à pele. "O benefício das aplicações corporais de ácido poli-L-lático é, principalmente, o tratamento da flacidez, melhorando a textura da pele e deixando-a mais firme", aponta a dermatologista. Além de ser pouco invasivo, o tratamento apresenta resultados graduais logo após a primeira sessão e tem duração comprovada de até 25 meses.

"Quando falamos de protocolos corporais, a paciente precisará de, em média, três sessões por área, além de uma ou duas aplicações de manutenção por ano", complementa Bárbara. Além disso, as sessões possuem um intervalo de 30 a 45 dias, encaixando perfeitamente no cronograma do inverno. Agindo de dentro para fora, a dermatologista compara Sculptra® com uma poupança de colágeno que garante a qualidade da pele.

Além de todos esses cuidados, vale lembrar que o inverno também exige uma atenção especial voltada para a pele. A queda nas temperaturas e a baixa umidade do ar podem causar ressecamento e banhos muito quentes podem ser prejudiciais. É importante mantê-la sempre hidratada e não dispensar o uso de protetor solar, além de seguir uma alimentação saudável e adequada.

O Novo Macan chega ao Brasil com maior conectividade, design mais esportivo e dinâmica de condução aprimorada, características que posicionam o SUV entre os mais desejados de seu segmento, e campeão vendas da marca.

Este é um dos lançamentos mais aguardados do ano para marca, desde o anúncio da nova geração o modelo já conta com 301 unidades encomendadas, representando um aumento de 47% na demanda de pedidos comparado ao mesmo período do ano anterior.

Novo Macan: características

O Novo Macan está com um visual ainda mais esportivo e moderno, pode-se observar detalhes que se alinham ao 911 e também ao 918 Spyder. A dianteira foi retrabalhada para parecer ainda mais larga, com faróis que utilizam a tecnologia LED e com o Porsche Dynamic Light System Plus (PDLS - sistema de luzes dinâmico), que pode ser usado para controlar a distribuição de luz de forma adaptativa. Mas a grande mudança está na traseira do carro: uma faixa luminosa tridimensional representa outro típico elemento de design da Porsche.

Outras características que fazem a diferença no Novo Macan são: um moderno sistema de comunicação, o PCM (Porsche Communication Management), o volante esportivo GT (opcional) e a possibilidade de selecionar modos de condução através do botão Sport Response.

Na parte do conforto, agora o novo SUV da marca possui para-brisa aquecível e um ionizador para melhorar a qualidade do ar. O console central passa a contar com uma tela touch screen de 10.9 polegadas. E assim como em outros carros da marca - caso do Cayenne e Panamera -, a interface pode ser personalizada e pré-definida.

Com tudo isso basta dizer que o Novo Macan, com 252cv e 370 Nm de torque, precisa de 6,7 segundos para ir de 0 a 100 km/h com o câmbio PDK de 7 velocidades. O preço público sugerido é a partir de R$ 329.000,00.

A CAI Investments, no dia 26 de junho, iniciou as obras no local onde ficará situado o primeiro Delta Hotels by Marriott de Las Vegas, em 3883 West Flamingo Road. Para comemorar o início das obras, Michael Naft, comissário do condado de Clark, Christopher Beavor, fundador da CAI Investments, e executivos da Marriott International e Crescent Hotels & Resorts, posaram para uma foto registrando a cerimônia, e o dia 26 de junho de 2019 foi oficialmente declarado o "DIA DA CAI INVESTMENTS – DELTA HOTEL".

O luxuoso hotel de 24 andares oferecerá aos turistas e aos participantes de convenções um serviço completo e uma experiência de funcionalidade total nos seus aproximadamente 929 metros quadrados de espaços para reuniões e cerca de 149 m² para lojas, assim como a conveniência de comodidades como piscina na cobertura, fitness center, estacionamento coberto, bar e restaurantes no lobby e cafeteria. Situado ao lado da passarela do Harmon, esse hotel exclusivo, que aproveita toda a extensão do terreno, fornecerá aos hóspedes acesso incomparável à Strip e aos principais centros de convenção da cidade.

Programado para ser inaugurado no último trimestre de 2021, o Delta Hotels by Marriott é a última etapa do projeto de construção de propriedades multiuso em um total de 3,5 hectares que a CAI Investments iniciou em 2017. Esse projeto multimilionário também inclui 2.508 metros quadrados de área destinada a lojas de varejo e restaurantes com locatários já confirmados, entre eles Walgreens, Del Taco, Denny's, Wahoo's Fish Tacos e Chick-Fil-A.

O governador em exercício, Rodrigo Garcia, anunciou, nesta quarta (10), o começo da operação de doze trens modernos da série 7000 para a Linha 10-Turquesa da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), que beneficiam os moradores do ABC.

Entre os principais benefícios aos passageiros, a frota renovada oferece a facilidade no embarque e desembarque, pois cada vagão dessas composições possui quatro portas. Nos vagões do trem antigo, eram apenas duas portas.

“É uma remodelação nas linhas da CPTM, que faz com que tenhamos um melhor aproveitamento dos trens, permitindo com essa remodelação fazer a substituição integral dos trens da Linha 10-Turquesa. Agora, os usuários passarão a contar com trens mais modernos, com mais conforto para a população que se dirige do ABC até a capital”, ressaltou Garcia.

A Linha 10-Turquesa passa a contar com o total de 18 trens mais modernos operando na linha, sendo seis da série 7500. Os trens mais antigos vão para a reserva, de modo a serem usados em eventualidades.

Tecnologia- A comunicação da CPTM com os passageiros dentro do trem também ficou mais eficiente. Além de um sistema de som mais avançado tecnologicamente, cada vagão conta com monitores para mensagens visuais. O ar-condicionado dessa frota possui um sistema de distribuição melhor do que os antigos.

Outra novidade para os 390 mil passageiros que utilizam a linha diariamente é a retomada dos contratos de energia e sinalização neste semestre. A conclusão das obras possibilitará a redução do intervalo entre os trens. Também estão sendo feitas reformas de acessibilidade nas estações para facilitar a locomoção de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

Os passageiros da Linha 10 também ganharão outra estação de trem. A CPTM assinou convênio com a Prefeitura de Santo André para o desenvolvimento, em conjunto, dos projetos de implantação da estação Pirelli, que será construída entre as estações Prefeito Celso Daniel-Santo André e Capuava.

Todas as melhorias fazem parte do plano de mobilidade do Governo do Estado para a região do ABC.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), 10% dos pacientes hospitalizados terão pelo menos uma infecção associada aos cuidados com a saúde. Esse número sobe para 30% em pacientes nas Unidades Intensivas de Tratamento (UTIs) de países desenvolvidos e pode até triplicar em países em desenvolvimento.

No Brasil, a cada ano, aproximadamente 14% dos pacientes internados contraem algum tipo Infecção Relacionada à Assistência à Saúde (IRAS). A ocorrência de IRAS, muitas vezes, está relacionada à falta de higiene adequada no ambiente hospitalar e nos procedimentos cirúrgicos. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) estima que 60% das Infecções Primárias de Corrente Sanguínea (IPCS) estejam relacionadas a algum dispositivo intravascular, como os cateteres .

Estudos mostram que a utilização de seringas pré-enchidas, nova tecnologia para flush de cateter – procedimento realizado para garantir a permeabilidade do dispositivo e evitar infecções – apresentou redução de 77% nas ocorrências de infeções de corrente sanguínea associada ao cateter central comparada à seringa de preenchimento manual. Além disso, a solução inovadora demonstrou economia de 67% considerando os custos médicos diretos decorrentes do tratamento das complicações, ou seja, relacionados a diárias hospitalares, exames complementares, medicamentos e honorários médicos.

Para Helena Romcy, presidente da Associação Brasileira dos Enfermeiros Auditores (ABEA), é essencial que os hospitais padronizem processos, aliados a introdução de novas tecnologias, que auxiliem na redução desses números. “A não introdução de novas tecnologias, aliada a falta de boas práticas no ambiente hospitalar, além de prejudicar o paciente, acarreta em prejuízo para o sistema de saúde devido à elevação dos custos por paciente e suas complicações”, disse.

O secretário de Relações Internacionais da Câmara Federal, deputado Alex Manente (Cidadania-SP), recebeu na terça (9), no Congresso Nacional, delegação de 18 parlamentares da Indonésia. Houve troca de informações sobre o funcionamento das casas legislativas dos dois países. A expectativa é de que comitiva brasileira visite a nação asiática para avanços nas relações comerciais e políticas com o governo indonésio.

“São dois países com desafios parecidos, com muitas pessoas em situação de pobreza e que necessita de investimentos em infraestrutura, saneamento básico. Temos bastante a trocar informações também sobre Turismo e legislação anticrime”, afirmou Manente.

A agenda foi acompanhada pelos deputados brasileiros Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), presidente da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional na Câmara, e Loester Trutis (PSL-MS), líder do Grupo Parlamentar da Amizade entre Brasil e Indonésia.

A Indonésia é um parceiro comercial importante do Brasil. No primeiro semestre deste ano, foram exportados quase US$ 1 bilhão para o país asiático. Entre os principais produtos estão farelo e resíduos da extração de óleo de soja, algodão, óleos brutos de petróleo, carros, munição para armamento e trigo em grãos.

Em contrapartida, o Brasil comprou dos indonésios US$ 630 milhões, entre fios de fibras têxteis, óleo de palmiste refinado, peças de carros, aparelhos eletrônicos, calçados e borracha natural.


Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu