21 Jun 2018

Na tarde de terça (19), os 20 vereadores presentes à 36ª Sessão Ordinária aprovaram em segunda discussão o Projeto de Lei 26/18, de autoria do Executivo Municipal, que institui benefícios aos servidores públicos municipais da Administração Direta e Indireta, sem emendas. A primeira votação já tinha sido aprovada por unanimidade na última quinta (14).

Para o presidente da Câmara Municipal, vereador Almir Cicote (foto), “foi importante aprovar este projeto em virtude de sua alta relevância ao contemplar o diálogo entre Sindicato dos Servidores e Prefeitura e ainda beneficiar significativamente os trabalhadores com vencimentos de valores menores.”

O projeto refere-se ao reajuste acordado pela Prefeitura com o Sindicato dos Servidores Públicos, que incorpora o abono de R$ 100 ao salário de todos os trabalhadores concursados, comissionados e inativos, a partir de 1º de abril. Outro benefício trata do pagamento da primeira parcela do 13º salário ainda em junho.

A Administração passa a conceder mensalmente uma cesta básica no valor de R$ 110 aos servidores com vencimento até R$ 1969,20. A partir de fevereiro de 2019, o benefício será estendido aos servidores com vencimentos até R$ 4009,56.

Outro aspecto é a concessão de licença paternidade estendida para 20 dias, inclusive pai adotante. As licenças legais de servidores serão estendidas aos conviventes do mesmo sexo que mantém união estável.

A Câmara de São Caetano realizou, na tarde de terça (19), uma sessão extraordinária para votação em dois turnos do projeto de lei que altera a lei municipal nº 5.586, de 29 de novembro de 2017 que estima a receita e fixa a despesa do município para o exercício de 2018. O projeto, de autoria da prefeitura, foi aprovado.

Também em pauta, foi aprovado, em discussão e votação únicas, o projeto de resolução que concede licença ao vereador Olyntho Voltarelli, no período de 1 a 31 de agosto.

Em segundo turno, foram aprovados os projetos dos vereadores Parra,que institui a Campanha de Conscientização e Orientação sobre a Artrite Reumatóide na cidade, o de Marcos Fontes, que institui a Semana de Combate e Conscientização sobre a Síndrome de Burnout, o de Ubiratan Figueiredo, que institui no calendário oficial do município o Abril de Olhos Abertos, e o de Suely Nogueira, que altera a lei nº 3.233, de 3 de setembro de 1992.

Destino final de milhares de peregrinações, Lourdes é um local de espiritualidade e de fraternidade, situado no coração os Pireneus.Em 2018, a cidade celebra os 160 anos de aparição da Virgem Maria à Bernadette Soubirous, ainda menina. Ao longo do ano, inúmeras celebrações e eventos esportivos, culturais e espirituais, carregados de valores e muita emoção acontecerão! Entre os eventos que marcarão o ano, no dia 27 de julho 2018, o famoso Tour de France terá início no santuário de Notre-Dame de Lourdes.

Haverá também um evento de ciclismo chamado « Vélo for Kids », durante o mês de agosto, ou ainda, a tradicional e imperdível procissão de tochas no Santuário de Notre-Dame de Lourdes. Descubra mais informações nas redes sociais que você pode seguir através dos feeds #Lourdes2018 e #TourismeLourdes e no site do evento: www.lourdes160ans.com.

A Copa do Mundo na Rússia começou oficialmente, na última quinta (14), tendo o jogo da decisão programado para o dia 15 de julho. Nesta primeira fase, dois dos três jogos da seleção brasileira serão durante o expediente regular de trabalho. E mais, caso o Brasil continue nas fases seguintes (é o que todo o brasileiro deseja), as demais partidas ocorrerão durante o período comercial – o que pode atrapalhar a produção e o cumprimento das metas empresariais. Então, eis que surge a dúvida: as empresas são obrigadas a liberar os funcionários em dia (ou horário) de jogos?

Segundo a CLT – Consolidação das Leis Trabalhistas –, as empresas não são obrigadas a dispensarem os empregados no horário dos jogos; porém, é muito comum esta prática. De acordo com a advogada especialista no Direito Trabalhista, Christiane Faturi Angelo Afonso fica a critério do empregador liberar ou não os funcionários. “Normalmente, para evitar aborrecimentos e funcionários descontentes, os chefes optam por fazer um acordo de compensação de horas relativo aos períodos dos jogos, que pode ser verbal. No entanto, a fim de evitar grandes questionamentos, o ideal é que este acordo seja feito por escrito e fixado em uma área comum do local, onde todos possam ver”, explicou Christiane.

Outra opção comum é alocar uma TV ou telão para que todos possam assistir aos jogos dentro da própria empresa. Tão embora essa prática não seja obrigatória é uma excelente oportunidade de confraternizar as equipes e seus diversos departamentos.

É válido lembrar que antes da reforma trabalhista instituída em novembro de 2017, esses acordos precisavam da autorização do sindicado (agora não é mais necessário).

Acordos em casos de liberação

Caso haja a liberação para os jogos do Brasil na Copa do Mundo, a Dra. Christiane ressalta quais acordos podem ser estabelecidos entre chefia e funcionários.

Regras de compensação: os dias de compensação de horário não devem exceder mais do que dez horas diárias.

Banco de horas: se o funcionário possuir banco de horas, essas horas ausentes podem ser descontadas do banco.

Desconto de salário: não é permitido descontar essas horas do salário do empregado.

Vestimenta: O funcionário só poderá ir vestido com a camisa da seleção, caso a empresa autorize.

Retorno ao trabalho no mesmo dia: se ficar acordado que os empregados deverão voltar ao trabalho após os jogos, estes deverão cumprir com o horário estipulado, bem como evitar a ingestão de bebidas alcoólicas. “Por exemplo, nesta sexta (22), o jogo da seleção será às 9h, neste caso muitos lugares funcionarão apenas no período da tarde. O funcionário que chegar alcoolizado ou não cumprir com as regras estabelecidas, pode ser advertido ou suspenso e em casos mais graves até demitido por justa causa. Sabemos que quando o assunto é futebol há uma comoção nacional, porém, não vale a pena se indispor no trabalho por conta disso”, encerrou a advogada.

O prefeito Paulo Serra recebeu, na terça (19), empresários que estiveram na comitiva da “Missão Santo André-Colômbia”, que visitou o país vizinho no início do mês em busca de investimentos e geração de emprego e renda para Santo André. O projeto começou neste ano, por meio da Secretaria de Desenvolvimento e Geração de Emprego. No começo de junho, um grupo formado por dez empresários andreenses e dez de outros municípios do ABC, estiveram em Bogotá para promover negociações e capacitações para os envolvidos.

Durante o evento realizado nesta terça-feira, o prefeito entregou certificado oficial aos integrantes da comitiva e um balanço das atividades da missão foi apresentado. Nos dois dias de reuniões e palestras realizadas em Bogotá, capital da Colômbia, os empresários entraram em contato com cerca de 175 clientes, concluindo negociações e fechando pedidos de vendas. Cerca de US$ 200 mil foram negociados nas visitas, enquanto aproximadamente US$ 2 milhões estão projetados para os próximos 12 meses.

 “Esta ação foi de custo zero para os cofres públicos e trouxe grandes resultados para todos os envolvidos. Os empresários que foram até Bogotá demonstraram muita coragem e conseguiram números incentivadores. Vamos manter esta parceria e desenvolver novas missões. A próxima missão de Santo André será em Portugal e está agendada para o mês de novembro”, afirmou o prefeito Paulo Serra.

A missão foi desenvolvida em parceria com a Investe SP, ACISA (Associação Comercial e Industrial de Santo André), CIESP (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo), Tec Mobile e Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas).

 “A ideia surgiu, debatemos e formalizamos a missão. O resultado foi extremamente gratificante e logo teremos mais uma missão internacional. Às vezes o mercado nacional pode não estar a contento e conseguimos buscar novos horizontes em outros países”, comentou o secretário-adjunto de Desenvolvimento e Geração de Emprego, Evandro Banzato, que esteve presente na viagem colombiana.

A Colômbia está entre as economias mais promissoras da América Latina. O país se encontra em crescimento econômico há cerca dez anos consecutivos, com uma média anual de 4%, conforme dados do Banco Mundial. No país existem departamentos que tiram dúvidas referentes à legislação, tributação, além de informar quais negócios são mais carentes de investimento.

Ficar exposto ao sol durante muito tempo pode acarretar uma série de problemas, desde uma pequena insolação até um câncer de pele. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca), dentre os tipos, o câncer de pele não melanoma é o mais incidente entre os brasileiros e brasileiras, representando 30% dos tumores registrados em todo o país, sendo esperados 165.580 novos casos para este ano.

De acordo com o Inca, o câncer de pele não melanoma é mais comum em pessoas com mais de 40 anos, sendo relativamente raro em crianças e negros. Vale ressaltar ainda que pessoas de pele clara ou com doenças cutâneas estão mais suscetíveis à doença, que apresenta alto percentual de cura, se for detectada precocemente. Outro tipo é o câncer de pele é o melanoma, que aparece menos, mas tem letalidade elevada.

"O câncer de pele tem como principais fatores de risco: exposição solar intermitente, fototipos baixos (pele clara, cabelo e olhos claros). Esse tipo de câncer aparece principalmente em áreas fotoexpostas: como rosto, pescoço, orelhas, colo, membros superiores e geralmente em pacientes de meia idade e idosos", explica a dermatologista e especialista em cirurgia de Mohs, Fernanda Seabra da Aliança Instituto de Oncologia.

Ela acrescenta que na maioria das vezes a doença não tem sintomas, mas pode apresentar coceira ou dor. "Surge inicialmente como uma mancha avermelhada encimada com crosta ou escama branco amarelada, o paciente quando manipula a crosta cai, mas novamente aparece, cresce de maneira progressiva e pode ulcerar. Outras vezes aparecem como lesão elevada", destaca a dermatologista.

Confira dicas para prevenir a doença:

1- Evite exposição solar entre 11h e 15h,

2- Faça uso diário de protetor solar com fator de proteção mínima 30 (FPS 30) mesmo em dias nublados,

3- Use roupas com proteção UV, chapéus e bonés

4- Reaplique o protetor a cada 3 horas,

5- Em caso de aparecimento de novas lesões ou mudança de pinta ou sinal procure seu dermatologista.

TIPOS DE CÂNCER DE PELE- Entre os três tipos de câncer de pele (carcinoma basocelular, carcinoma espinocelular e melanoma), o melanoma se destaca como o mais perigoso representando 3% dos casos de tumores malignos, com alto nível de mortalidade e metástase, de acordo com dados da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). No Brasil, o câncer já é a segunda causa de morte por doenças, atrás apenas das enfermidades do aparelho circulatório.

A Medicina Nuclear conta com dois exames que identificam as metástases provocadas pelo melanoma antes das alterações anatômicas, ou seja, antes que elas estejam visíveis. É a Linfocintilografia com SPECT/CT e o PET/CT para Melanoma.

Linfocintilografia com SPECT/CT

A Linfocintilografia é realizada com a injeção de um radiofármaco, para extrair o linfonodo sentinela, que, se estiver acometido pelas células cancerígenas, indica que existem outros gânglios comprometidos (micrometástase) e determina a retirada de todos os linfonodos presentes no local por meio de cirurgia.

As imagens tomográficas do linfonodo sentinela são captadas pelo equipamento SPECT/CT (Cintilografia Tridimensional e Tomografia Computadorizada), tecnologia de diagnóstico por imagem mais rápida, precisa e com menos radiação.

PET/CT para Melanoma

Neste exame, injeta-se um análogo da glicose na veia do paciente, que se concentra nas lesões tumorais, localizando os focos de metástases. Uma análise do corpo inteiro é realizada com alta precisão graças ao equipamento PET/CT (Tomografia por Emissão de Pósitrons e Tomografia Computadorizada), tecnologia de diagnóstico por imagem mais sensível, que permite determinar o tratamento mais adequado.

De acordo com o médico nuclear e vice-presidente da Sociedade Brasileira de Medicina Nuclear, George Barberio Coura Filho – responsável clínico da Dimen SP (www.dimen.com.br), o PET scan não é útil para pacientes com melanoma em estágio inicial, mas pode ajudar a diagnosticar se a doença evoluiu para determinar qual o melhor tratamento para combater o câncer e garantir maior qualidade de vida ao paciente. "Esta tecnologia nos permite conhecer a localização exata do câncer e determinar sua extensão, o que possibilita escolher o tratamento correto para o tipo de lesão", explica o especialista.


Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu