24 May 2024

Publicado em José Renato Nalini
Lido 104 vezes
Avalie este item
(0 votos)

   Todos nós geramos ao menos sete toneladas de gás carbônico por ano. Em países que têm maior consciência ambiental, de há muito se faz compensação das emissões, me-diante a compra de créditos de carbono.
Existe, por exemplo, a plataforma Moss, uma startup voltada a soluções ambientais com uso de blockchain. Pode parecer que o impacto causado por uma só pessoa fosse insignificante. Mas não é. Se cada qual se preocupasse com o amanhã e com as gerações que poderão deixar de existir, se os nossos hábitos antiecológicos prosseguirem, o mundo poderia ser outro e escapar ao caos apocalíptico.
   Motivação idêntica à de quem deixa de se utilizar das sacolas plásticas, ou fechar a torneira enquanto escova os dentes, ou de não mais usar as mangueiras como vassouras hidráulicas, ou de guardar tudo o que é orgânico para fazer compostagem, conduz o ser humano sensível a cuidar da sua responsabilidade pelo veneno que emite.
A reciclagem é outra providência ambiental de extrema relevância. O Brasil desperdiça lixo precioso. Em países civilizados, a logística reversa existe há muito tempo. Quem produz algo deve ser responsabilizado pela vida útil desse produto. Mas em país de iletrados e de analfabetos ambientais, o desperdício é a causa de transformação do espaço em uma pocilga. Vide o Tietê, que em vez de ser um rio, é um condutor de esgoto e de substâncias nocivas arremessadas à água por industriais criminosos.
   Várias instituições criaram ferramentas para calcular as emissões individuais. Com base nesses cálculos, a pessoa compra uma quantidade de crédito de carbono e esse dinheiro é destinado a algum projeto ESG. É utilizado em reflorestamento, conservação de mata ou entregue à área social. Converter analfabetos ecológicos em defensores da natureza é também uma boa causa.
   Pode ser que não saibamos. Mas nossa alimentação, deslocamento, custos de moradia, são causadores de emissão. O local da residência, o número de pessoas da casa, o meio de transporte utilizado, o consumo de combustível e energia elétrica, o uso de gás, a compra de roupas e as viagens de avião são causa eficiente de produção dos gases causadores do efeito-estufa. Quem tem consciência tenta reduzir essa produção ou compensá-la mediante compra de créditos de carbono.
   E você, o que faz para reduzir o prejuízo que causa à atmosfera?

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Mais nesta categoria: Tecla única »

1 Comentário

Deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated.Basic HTML code is allowed.

Destaques

Main Menu

Main Menu