09 Aug 2020


Complexo Escolar Mantoanelli terá início das obras

Publicado em Cidades
Avalie este item
(0 votos)

Uma das escolas mais antigas de São Caetano, inaugurada em 1968, a EMEF Professora Eda Mantoanelli prepara-se para ganhar uma nova vida e uma nova vocação. Na quarta (1), o prefeito José Auricchio Júnior anunciou a assinatura de Ordem de Serviço para obras de reforma e ampliação, incluindo uma nova unidade de Educação Infantil à tradicional escola de Ensino Fundamental – que passará a se chamar Complexo Escolar Professora Eda Mantoanelli.

O anúncio ocorreu em uma reunião online da qual participaram o secretário de Educação Fabricio Coutinho, a assessora de Obras da Secretaria Municipal de Educação Cíntia Kimura, a diretora da escola Antonieta Aparecida De Simone Rodrigues e representantes da Associação de Pais e Mestres (APM).

“A assinatura desta Ordem de Serviço é um evento que marca essa gestão. É a maior obra em termos de volume de construção e recursos investidos. São 16 milhões de reais que serão investidos em uma área de 10 mil metros quadrados, com capacidade para abrigar 1.200 alunos. Deixar as obras do complexo educacional em andamento é uma alegria muito grande. Ficará como um legado para as próximas gerações”, declarou o prefeito Auricchio.

O secretário Fabricio Coutinho destacou que esse é um dos maiores investimentos da Educação em São Caetano nos últimos 20 anos e agradeceu o apoio da equipe gestora do Eda e dos pais da APM, que vêm acompanhando cada passo dessa iniciativa, desde a elaboração do projeto.

“Esse foi um grande presente que eu recebo, a concretização de um sonho”, disse a diretora Antonieta De Simone Rodrigues. Marcel Tamiazi, integrante da APM também agradeceu o empenho da Prefeitura em viabilizar o projeto há muito esperado. “É uma grande conquista para nós”, declarou.

AMPLIAÇÃO E SUSTENTABILIDADE

O projeto já está pronto e sua execução deverá levar cerca de um ano. O futuro complexo escolar contará com escola de Educação Infantil e Ensino Fundamental, além de uma área esportiva com duas quadras externas, uma quadra coberta e um playground.  A área construída será de quase 10 mil m², sendo 708 m² de acréscimo de área referente a nova quadra coberta.

O projeto do complexo educacional destaca-se pela acessibilidade em toda a área construída, elaborada conforme a Norma Brasileira de Acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos. Há também um cuidado especial com o conforto ambiental e térmico, promovido pelo dimensionamento de aberturas, a fim de garantir a incidência de luz e ventilação natural.

A iluminação artificial proposta para o edifício contempla a instalação de lâmpadas de LED, vantajosas por proporcionar economia de energia e menor demanda por manutenção devido à sua longa vida útil o que a categoriza como um produto sustentável. Sustentabilidade é, aliás, uma preocupação visível em todo o projeto da nova escola: serão implantadas 15 medidas de sustentabilidade urbana para atender aos requisitos do Programa Município VerdeAzul, iniciativa do Governo do Estado de São Paulo que incentiva a adoção de práticas e instalações sustentáveis pelos municípios.

REMANEJAMENTO

Segundo o secretário de Educação, Fabricio Coutinho, apesar da grande reforma estrutural que será feita no prédio, não será necessária a transferência de alunos para outra escola. “Quando as aulas presenciais forem retomadas, os alunos serão remanejados internamente. Assim que as obras forem finalizadas em um bloco, os alunos trocam para fazer a reforma no outro bloco. A escola é bem grande e comporta esse remanejamento, sem prejuízo para as aulas”, tranquilizou.

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Destaques

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu