24 May 2024


Academia Paulista de Letras promove evento sobre censura na literatura infanto-juvenil

Publicado em Cultura & Lazer
Avalie este item
(0 votos)

A Academia Paulista de Letras (APL) promove, na quinta (9) de maio, das 9h às 17h, um dia de conversas sobre “A censura e a literatura infanto-juvenil”, com autores juvenis de destaque. O evento tem como público alvo professores da rede pública e privada, escritores, redatores, editores, bibliotecários e livreiros, curiosos em geral. O presidente da APL, Antonio Penteado Mendonça (foto), fará a abertura.

Os casos de censura na literatura infanto-juvenil têm se multiplicado. Um dos mais prolíficos autores globais, o britânico Roald Dahl foi censurado por usar as palavras “gordo” e “anão”. Na Itália, a obra Chapeuzinho Vermelho, também, pelo ato sexista de levar frutas num cesto à avó. Em Toronto, Canadá, 30 mil livros foram queimados e cinco mil exprobrados. O Pen Club da América publicou dois index sobre o número crescente de livros proibidos nos estabelecimentos escolares: «Banned in the USA: Rising school book bans threaten free expression and students’ First Amendment rights », abril 2022. Pen America, «Banned in the USA: The growing movement to censor books in schools », setembro, 2022.

No Brasil, Monteiro Lobato vem sendo sistematicamente atacado por grupos identitários e tem em seu “As caçadas de Pedrinho” o alvo de todos os anátemas.  Recentemente, deu-se o mesmo com Ana Maria Machado, por mencionar um menino que se engasga com uma fruta; enquanto isso, Ilan Brenman alerta sobre a tendência das editoras de reescrever textos originais de autores consagrados a fim de expurgar termos considerados “ofensivos”. A tendência de fazer literatura politicamente correta e avaliar as obras a partir de critérios morais vem crescendo também no Brasil.

Sendo assim, como criar livros para crianças? Como escrever sem medo frente à ditadura das redes digitais? Como ignorar que autores e editores se censuram? Como situar a censura e seus instrumentos seja para o progresso ou o atraso de nossa literatura infanto-juvenil? Como discutir a censura na literatura infanto-juvenil como parte do amadurecimento de nossa cidadania? E o mais importante: como ajudar nossas crianças a ler e através do livro, compreender o mundo? Essas e outras perguntas serão debatidas no evento.

Programa

Quinta-feira (9) de maio, das 9h às 17h

Abertura com o presidente da Academia Paulista de Letras (Antonio Penteado Mendonça)

Palestra com a escritora e membro da APL, Profª Ana Maria Machado. Tema: “A importância do professor leitor”

Palestra com os professores Marisa Lajolo e José Carlos Sebbe "Lobato para crianças: censura, apagamento, cancelamento e rasura". Mediação: José Renato Nalini

Pausa para almoço

Palestra com os escritores Pedro Bandeira e Illan Brennan “A censura e a literatura infanto-juvenil”. Mediação: Mary del Priore.

Palestra com escritores e membros da APL, Ruth Rocha e Mauricio de Souza “O prazer de ler nossa literatura infanto-juvenil”. Mediação: Gabriel Chalita.

Última modificação em Quarta, 17 Abril 2024 09:27
Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Destaques

Main Menu

Main Menu