18 Jun 2024


São Caetano é a cidade mais alfabetizada do Sudeste e a terceira do Brasil

Publicado em Educação
Avalie este item
(0 votos)

São Caetano é a terceira cidade com maior índice de alfabetização do Brasil na faixa etária de 15 anos, e a primeira dentre os municípios que têm entre 100 mil e 500 mil habitantes.  É o que revela o censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), divulgado na sexta (17). As informações integram o Censo 2022 – Alfabetização.

“Esses índices refletem o trabalho consistente que temos feito em favor da Educação, investindo na carreira do magistério, na infraestrutura de nossas escolas e nos recursos tecnológicos. Vamos continuar nesse caminho de excelência, que é a base do futuro de nossa cidade”, celebrou o prefeito José Auricchio Júnior.

Com 98,84% dessa população alfabetizada, a cidade ocupa uma posição excepcional. Entre todos os 5.570 municípios brasileiros, fica atrás apenas de São João do Oeste (Santa Catarina), que tem 99,1% da população alfabetizada nessa faixa etária, e Westfália (Rio Grande do Sul), com 98,95% de taxa de alfabetização.

Na Região Metropolitana de São Paulo, onde os índices de alfabetização estão entre os melhores do País, São Caetano está à frente, por exemplo, de Santo André (97,99%), São Bernardo (97,6%), a capital (97,42%), Ribeirão Pires (97,18%) e Diadema (96,78%).

A porcentagem de analfabetos na população brasileira caiu de 9,6%, de acordo com o Censo de 2010, para 7%, pelos dados de 2022.

O IBGE optou por divulgar as informações referentes ao recorte etário de 15 anos ou mais por ser o mais utilizado, internacionalmente, para a aferição das taxas de alfabetização. Mas mesmo entre as crianças, os níveis de alfabetização de São Caetano têm se destacado.

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Main Menu

Main Menu