20 Apr 2024


São Bernardo apresenta programação especial para o mês da Mulher

Publicado em Negócios
Avalie este item
(0 votos)

A Prefeitura de São Bernardo apresentou, na segunda (4), a programação em celebração ao Mês da Mulher. Entre os destaques está o Feirão do Emprego destinado exclusivamente às mulheres, que acontecerá na próxima sexta (8), das 8h às 15h, no Ginásio Poliesportivo. Pioneira na ação destinada às mulheres, este é o 3º Feirão promovido pela Prefeitura com vagas destinadas ao público feminino. Serão 1.400 vagas ofertadas por 40 empresas. Além da oferta de trabalho, a ação também contará com vacinação, mamografia, assistência jurídica, orientações do Centro de Reflexão de Trânsito, Espaço Cultural com doação de livros e recreação para as crianças. “Já estamos na terceira edição do Feirão só para Mulheres, gostaria de parabenizar o prefeito por essa iniciativa”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Hiroyuki Minami.

Outro destaque é o mutirão para exames de Papanicolau. No próximo sábado (9), das 8h às 17h, todas as 34 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) estarão abertas para o Dia D do Março Lilás, com a realização de exame papanicolau, sem necessidade de agendamento. A medida é direcionada especialmente para mulheres que estão há mais de três anos sem fazer o exame.

O secretário de Saúde, Geraldo Reple, informou que também estará disponível a carreta da mamografia em vários lugares na cidade. “Em breve, as mulheres vão tomar conta. Lembro quando estudei na faculdade de medicina, eram 75 homens e 25 mulheres. Hoje, na maioria das faculdades de medicina e na Saúde em geral, quase 80% são mulheres e, na nossa força de trabalho, dos 11 mil colaboradores, 9 mil são mulheres”, revelou o secretário.

De acordo com o prefeito Orlando Morando, a campanha denominada “São Bernardo São Elas – A força da mulher é o que move a nossa cidade”, é mais um gesto prático da Prefeitura para fortalecer a luta pela igualdade de gênero e ofertar às cerca de 425,3 mil moradoras da cidade oportunidades de se colocar no mercado de trabalho, cuidar da saúde, praticar esportes, ter acesso à cultura de qualidade e acolhimento adequado em situações de violência doméstica.

“As mulheres são maioria na nossa cidade e o papel do gestor público é sair do discurso e partir para as ações efetivas. Temos avançado muito desde 2017 em diversas frentes, desde a eliminação da fila de espera por vaga em creche para que mães possam trabalhar tranquilas sabendo que seu filho está na escola, até a criação do Hospital da Mulher, um equipamento exclusivo para o atendimento do público feminino. Fomos pioneiros na realização dos feirões de emprego com vagas destinadas apenas a mulheres, além de todas as ações focadas no enfrentamento da violência de gênero”, afirmou  Morando.

Outra ação destinada ao público feminino será a 2ª edição do Circuito de Corrida de Rua Nova São Bernardo, que acontece no domingo (10), a partir das 7h, no Parque Anchieta. A largada do evento será na Rua do Túnel (bairro Parque Anchieta), travessa da Avenida São Paulo, e a prova terá seis quilômetros de percurso - em duas voltas no trajeto.

Também estão programadas ações culturais na Chácara Silvestre aos domingos. Estão programados shows feito por mulheres para mulheres, das 10h às 15h, além de aulas de ritmos, aulas de samba rock, discotecagem e shows diversos. Outra atividade é a visita monitorada ao casarão, das 10h às 16h. “Fizemos uma programação na Cultura, este mês, 100% voltada para as mulheres, teremos vários eventos”, afirmou Fran Silva, secretário de Cultura.

A secretária de Educação, Silvia Donnini, participou da cerimônia de anuncio da programação. “Este é um mês onde nós nos sentimos representadas e unidas para que nós, mulheres, possamos alavancar e apoiar a vida de outras tantas mulheres”, revelou.

Danilo Lima, vereador e presidente da Câmara de São Bernardo do Campo, também esteve presente. “É um mês festivo sim, teremos várias ações na Saúde, Educação, Cultura, Emprego. Na nossa gestão valorizamos a mulher não só no mês da mulher”, afirmou Danilo.

PROTEÇÃO ÀS MULHERES –  Uma medida de sucesso da Prefeitura de São Bernardo foi a criação da Lei Guardiã Maria da Penha, no início de 2022, voltada à proteção de mulheres em situação de violência, por meio da atuação preventiva e comunitária da Guarda Civil Municipal (GCM). Desde então, o projeto já atendeu 161 ocorrências, com prisões de 56 homens por descumprimento das medidas protetivas.
A cidade possui o Centro de Referência e Apoio à Mulher (CRAM) – Márcia Dangremon, que atua no enfrentamento da violência de gênero e na ruptura da situação de violência doméstica, por meio de atendimento psicossocial, orientações e encaminhamentos de forma gratuita e sigilosa. São Bernardo conta ainda com a Delegacia de Defesa da Mulher, que oferece infraestrutura completa para atendimento e acolhimento de mulheres vítimas de violência e aderiu à campanha Sinal Vermelho Contra a Violência Doméstica, além de ter sancionado Lei que torna obrigatória a divulgação do Disque 180 – destinado à denúncia de casos de violência contra a mulher.

 

 

Foto: Gabriel Inamine - PMSBC

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Main Menu

Main Menu