09 Apr 2020


Globo leva R$ 55,1 milhões da verba federal

Publicado em Negócios
Avalie este item
(0 votos)

Globo leva R$ 55,1 milhões da verba federal

Secom distribuiu para mídia, pelas agências,
mais de R$ 161 milhões, de janeiro de 2011 a julho de 2010

O governo federal, desde o início do governo Dilma Rousseff, mais de 161 milhões foram destinados às emissoras de TV, jornais, revistas, rádios, sites e blogs. No entanto, R$ 11 milhões foram concentrados somente em 10 empresas, especialmente emissoras de televisão. A verba é só da administração direta do governo federal, não incluindo as verbas das empresas estatais.

Do referido total, as Organizações Globo, em todas as mídias, ficaram com R$ 55,1 milhões A distribuição da verba, feita por agências de propaganda, foi a seguinte:
a) TVs (R$ 115,3 milhões): 1) Globo Comunicação, R$ 50,02 milhões: 2) Rádio e TV Record, R$ 23,3 milhões; 3) TVSBT-SP, R$ 19,3 milhões; 4) Rádio e TV Bandeirantes, R$ 6,3 milhões: 5) TV Ômega (Rede TV!), R$ 3,1 milhões; 6) Turner Broadcasting Latin America, R$ 1,2 milhão; 7) Associação Roquette Pinto (TVE), R$ 1,02 milhão; 8) Globo Comunicação, R$ 833,8 mil; 9) Globosat Programadora, R$ 810,2 mil e 10) Fox Latin America, R$ 728 mil;
b) RÁDIOS (R$ 17,2 milhões), 1) Jovem Pan, R$ 1,3 milhão; 2) Rádio Excelsior (Globo), R$ 1,1 milhão: 3) Rádio Globo-SP, R$ 730 mil; 4) Rádio 99-FM, R$ 539,1 mil; 5) Rádio SP-Um, R$ 498,9 mil; 6) Rádio e TV Bandeirantes, R$ 498,3mil; 7) Rádio Transamérica de Brasília, R$ 498,3 mil;
c) JORNAIS (R$ 12,2 milhões) 1) Infoglobo Comunicação, R$ 927,4 mil; 2) O Estado de S. Paulo, R$ 656,3 mil: 3) Folha da Manhã (de São Paulo), R$ 585,0 mil: 4) SP Publimetro, R$ 259,2 mil; 5) Sempre Editora, R$ 249,4 mil; 6) Correio Braziliense, R$ 192,8 mil; 7) Editora A Tarde, R$ 182,9 mil; 8) Valor Econômico, R$ 164,0 mil; 9) Jornal do Commercio, R$ 159,2 mil e 10) Estado de Minas, R$ 152,8 mil;
d) REVISTAS (R$ 3,8 milhões), 1) Editora Abril, R$ 1,29 milhão; 2) Editora Globo, R$ 479,0 mil; 3) Três Editorial (Isto É), R$ 266,2 mil; 4) Editora Confiança (Carta Capital), R$ 118,7 mil; 5) Editora Escala, R$ 99,4 mil; 6) Editora Brasil 21, R$ 70,8 mil; 7) Elifas Andreato Comunicação, R$ 66,6 mil; 8) AS Pedreira (agência jornalística), R$ 66,5 mil; 9) Padrão Editorial, R$ 55,5 mil e Editora Alvinegra (revista Piauí), R$ 55,1 mil;
e) INTERNET (R$ 7,4 milhões), 1) Microsoft Informática, R$ 1,2 milhão; 2) Globo Comunicação, R$ 952,9 mil; 3) Universo Online (UOL), R$ 892,5 mil; 4) Yahoo do Brasil, R$ 712,2 mil; 5) Terra Networks, R$ 651,6 mil; 6) Fox Latin America, R$ 491,8 mil; 7) InternetGroup, R$ 444,6 mil; 8) Editora Abril, R$ 352,7 mil; 9) O Estado de São Paulo, R$ 337,6 mil e 10) Editora Globo, R$ 137,4 mil.

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Destaques

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu