14 Apr 2021


Estado de SP bate novo recorde de pacientes internados em UTI por Covid-19

Publicado em Política
Avalie este item
(0 votos)

O governador João Doria anunciou, nesta segunda (01) de março, durante coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes, que o Estado de São Paulo obteve liminar favorável no Supremo Tribunal (STF), para a retomada do custeio, por parte do governo federal, dos 5.112 leitos de UTIs de responsabilidade do Ministério da Saúde em São Paulo.

“A ministra Rosa Weber determinou a volta do custeio, por parte do Ministério da Saúde, com leitos de UTIs dos estados de São Paulo, Bahia e Maranhão. Em São Paulo, os 5.112 leitos custam R$ 245 milhões por mês. Nos meses de janeiro e fevereiro, o Governo de São Paulo assumiu esses custos, com desembolso de cerca de R$ 500 milhões”, explicou Doria. Segundo a procuradora do Estado (PGESP), Camila Pintarelli, foram enviados 17 ofícios ao Ministério da Saúde para a retomada da habilitação dos leitos, desde o início do estado progressivo de abandono e a União permaneceu em silêncio. O ressarcimento dos valores pagos será cobrado, via judicial, de acordo com a procuradora.

Doria informou ainda que grupo de governadores do Brasil ficou indignado com a postagem do presidente da República sobre os valores destinados aos Estados. Segundo o governador, em 2020, foi R$ 1,09 trilhão em impostos repassados dos Estados à União, o que correspondem a 41% da arrecadação federal. Apenas o Estado de São Paulo destinou R$ 414 bilhões ao governo federal. Mas, só obteve 11% de retorno de tudo o que arrecadou, ou seja, R$ 55 bilhões. Cerca de 60,27% do valor pago em impostos ficaram retidos na União e apenas 39,73% da arrecadação federal foi destinado aos Estados e municípios. “Não é a União que sustenta os estados brasileiros, mas os estados que sustentam a União”, disse Doria.

VACINAÇÃO- O governo de São Paulo irá entregar 21 milhões de doses da vacina do Butantan para o Ministério da Saúde, o que corresponde a 17% a mais das doses previstas. “O Instituto Butantan está trabalhando 24h por dia, sete dias na semana para agilizar a entrega dessas doses”, garantiu Doria. Segundo o governador, até o final de abril serão 46 milhões da Coronavac, entregues ao Ministério da Saúde e 100 milhões de doses até agosto.

Nesta quarta (3), 900 mil doses da Coronavac serão entregues ao Ministério da Saúde e, na quinta (4), chegarão ao Brasil mais 8 mil litros de insumos vindos da China, que serão destinados à produção de 14 milhões de novas doses.

Participaram da coletiva os secretários estaduais, de Saúde, Jean Carlo Gorinchteyn; de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen; Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi; o coordenador e o secretário-executivo do Centro de Contingência do Coronavírus em São Paulo, respectivamente, Paulo Menezes e João Gabbardo dos Reis, além da coordenadora do de Controle de Doenças do Estado, Regiane de Paula e da diretora do Centro de Vigilância Sanitária do Estado, Cristina Megid.

BOLETIM-  Gorinchteyn também atualizou o número de casos no Estado:

- 2.044.699 casos confirmados

- 59.546 óbitos

- 7.173 pacientes internados em UTI

- 8.567 pacientes internados em enfermaria

A taxa de ocupação dos leitos de UTIs no Estado é 73,2% e na Grande São Paulo de 74,3%. “Imploramos que a população colabore. Estamos todos no mesmo barco e estamos todos em risco”, disse o secretário. O Estado bateu novo recorde de pacientes internados em UTI Covid, que é 14,7% maior que o pico observado na 1ª onda, em 29 de julho de 2020, com 6.250 pacientes.

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu