18 Jun 2024


Santo André herda dívida de R$ 110,373 mi de Aidan

Publicado em Política
Avalie este item
(0 votos)

Santo André herda dívida
de R$ 110,373 mi  do governo Aidan

Santo André está com um rombo nos cofres públicos de R$ 110.373 milhões. A herança foi deixada pelo governo Aidan, segundo anunciou o prefeito Carlos Grana, em coletiva de imprensa, na segunda (21). O maior déficit foi apresentado pelo Semasa, com R$ 26,5 milhões, seguido do Tesouro, R$ 21, 7 milhões, do Craisa, R$ 17 millhões e da Saúde, com R$ 18, 6 milhões.


Para tentar acabar com essa dívida, a solução apontada pelo o secretário de Finanças, Antonio Carlos Granado, é a contingência de cerca de R$ 500 milhões nos recursos do orçamento anual. "Vamos cobrir o rombo, essa herança que não foi honrada com o orçamento de 2012", afirmou.
Grana reconheceu que "esse valor compromete de forma substancial alguns investimentos que queríamos realizar logo no início do governo". Apesar do orçamento da cidade ser R$ 2, 4 bilhões, o prefeito afirmou que será necessário "fazer um esforço para que haja um equilíbrio entre a receita e as despesas".
Segundo o chefe do Executivo, cada uma das áreas está tomando as medidas necessárias para enfrentar esse desafio. "Seja no sentido de manter os serviços imprescindíveis para a cidade, bem como buscar ações de redução de custo", completou.
O grande vilão do déficit público, identificado nos relatórios de transição dos governos, foram os serviços terceirizados. "O que nos identificamos no outro governo é que boa parte desse rombo financeiro provem dos serviços que foram terceirizados como convênios, contratos, parcerias, fornecedores. Agora, estamos realizando novos relatórios, com essas entidades, ONGs prestadores de serviços que comprovem efetivamente o número de servidores que prestam serviços, seja para Saúde, Educação, Cultura, etc", revelou.
Como se não bastasse o rombo financeiro, ainda foi necessário ações de urgência para a cidade, para que serviços básicos não continuassem interrompidos. "Na iluminação pública, assinamos um contrato com a prestadora de serviços, na quarta (23), pois desde julho do ano passado não havia contrato em vigor; e o outro na roçagem, também já assinamos o contrato", contou Grana.
Indagado sobre a possibilidade de receber ajuda com recursos do governo federal, o prefeito afirmou que "mesmo com a dificuldade financeira, acredita muito na eficiência, criatividade e competência do secretariado e que espera receber apoio não só do governo federal, mas do estadual também".
Grana garantiu ainda que "fará todo o esforço" para que mesmo com essa dificuldade financeira, possa iniciar a execução do programa de governo, que é o seu compromisso com a cidade.

 

Última modificação em Sexta, 25 Janeiro 2013 09:29
Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Main Menu

Main Menu