15 Dec 2018


FMABC celebra ‘Setembro Vermelho’

Publicado em Saúde
Avalie este item
(0 votos)

Professores e alunos do curso de Farmácia da Faculdade de Medicina do ABC comemoram, nesta terça (25), o “Setembro Vermelho”, com ações voltadas à prevenção das doenças cardiovasculares. Sob orientação das docentes Ana Elisa Prado Coradi e Sonia Hix, os acadêmicos estarão das 9h às 12h nos ambulatórios de especialidades do prédio Anexo III, no próprio campus universitário, orientando a população sobre os principais fatores de risco para as doenças do coração – entre os quais a hipertensão, o diabetes e as dislipidemias.

Além de palestras teóricas, haverá medição da pressão arterial, testes de glicemia capilar (diabetes), orientações farmacêuticas e distribuição de folhetos explicativos para pacientes, acompanhantes e funcionários. Sob responsabilidade do curso de Nutrição da FMABC, também haverá medição de peso, altura e cálculo de índice de massa corpórea (IMC), assim como orientações nutricionais.

“Aproveitamos o Dia Mundial do Coração, definido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para 29 de setembro, e também o Dia Internacional do Farmacêutico, celebrado em 25 de setembro, para fazermos uma comemoração conjunta. Pacientes e acompanhantes receberão orientações importantes para a prevenção dos principais problemas do coração, que engloba, entre outros itens, hábitos de vida saudáveis, prática regular de exercícios físicos e alimentação adequada”, destaca a professora Sonia Hix, que coordena o curso de Farmácia da Faculdade de Medicina do ABC.

ATENÇÃO COM O CORAÇÃO- De acordo com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), as doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no mundo. Em 2016, 17 milhões de pessoas foram vítimas de problemas coronarianos, como ataques cardíacos e derrames. Em função dos números assustadores, a Organização Mundial da Saúde definiu o dia 29 de setembro como Dia Mundial do Coração, a fim de alertar a população sobre os cuidados com o órgão.

Especialistas calculam que 80% das ocorrências poderiam ser prevenidas com medidas simples de hábitos saudáveis, como evitar a ingestão de bebidas alcoólicas, o cigarro e o sedentarismo. A prática regular de atividades físicas e uma dieta balanceada, com baixas concentrações de sódio e açúcares, também ajudam a evitar as doenças.

Segundo o Ministério da Saúde, colesterol alto e sedentarismo são fatores de risco importantes para o aparecimento de doenças cardiovasculares. No entanto, a principal vilã é a hipertensão. Quando não controlada, provoca lesões na aorta ao sobrecarregar o coração. Nessas situações, o paciente pode desenvolver insuficiência cardíaca – quando o órgão aumenta de tamanho por conta da pressão nos vasos. Os acometidos pela doença têm sintomas como falta de ar e inchaço nas pernas.

Outra ocorrência recorrente é o infarto do miocárdio, que se manifesta quando o coração perde irrigação sanguínea, já que as artérias estão obstruídas por placas de gordura e a circulação fica comprometida. De acordo com o Ministério da Saúde, no Brasil, 300 mil pessoas sofrem infartos todos os anos. Em 30% dos casos o ataque cardíaco é fatal (com informações do Ministério da Saúde).

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Website.: www.folhadoabc.com.br/media/k2/users/anos.png

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu